O que comer depois do treino?

Quando realizamos algum tipo de atividade física, “gastamos” nossas reservas de energia e usamos bastante as fibras musculares, principalmente em treinos pesados. Para nos recuperarmos, utilizamos os alimentos para repor as energias gastas.

Após o treino, é indicado comer alimentos com alto teor de proteínas, que irão ajudar a fazer a recuperação adequada dos músculos – processo que irá garantir o ganho de massa muscular. Fibras também devem ser incluídas no cardápio, pois elas dão a sensação de saciedade e auxiliam no aumento de massa magra.

Saiba, também, que o período do pós-treino é o momento ideal para consumir carboidratos, porque depois das atividades físicas o gasto calórico do organismo aumenta. Dessa forma, a energia será consumida com mais velocidade e garantirá força para a recuperação muscular. Em outros períodos do dia (com exceção do pré-treino), o carboidrato consumido corre mais risco acumular-se na forma de gordura.

Porém, tudo isso irá depender do seu objetivo: se você quer emagrecer, ganhar massa muscular ou apenas manter o corpo saudável.

o que comer depois do treino

Alimentos para comer depois do treino

  • Proteínas: importante nutriente para o pós treino, independente do objetivo. Auxilia na reparação e construção dos músculos. Exemplos: ovos, frango, carne, peixe, whey protein, queijos, leite, iogurte.
  • Carboidratos: também indicado para todos os praticantes de atividade física, mais ainda para quem quer aumentar a massa magra. Principal fonte de energia do organismo. Exemplos: banana, arroz integral, aveia, pão integral, tubérculos (batatas).

Confira, também, a lista de alimentos para ganhar massa muscular.

Pesquisas apontam que cerca de 70% dos resultados de um treino (seja para hipertrofia ou emagrecimento) dependerão da alimentação no pré-treino e pós-treino. Isso significa que de nada adianta se esforçar ao máximo durante os exercícios sem repensar na alimentação adequada à carga de atividades físicas.

Opções saudáveis para o pós treino

  • Frango grelhado com batata doce cozida;
  • Carne moída com arroz integral;
  • Pão integral com ovo;
  • Iogurte com aveia;
  • Whey protein batido com banana;
  • Sanduíche de pão integral com patê de atum;
  • Panqueca feita com ovos, banana e aveia;
  • Crepioca recheada com queijo e peito de peru.

Essas são apenas algumas sugestões, você pode combinar as proteínas e carboidratos que mais gostar, conforme a quantidade recomendada pelo seu nutricionista.

Lembre-se que as refeições pré e pós treino são importantes, mas é preciso ter uma alimentação balanceada também nas outras refeições, garantindo assim o aporte nutricional necessário.

Consulte um nutricionista para saber quais tipos de alimentos consumir e as quantidades ideias, pois elas variam bastante dependendo do objetivo, idade, sexo, nível de atividade física e outros fatores.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário