Como fazer soro caseiro – Passo a Passo e dicas de quando usar

A receita de soro caseiro é a solução mais prática para a reidratação oral, a fim de repor os sais minerais essenciais e os líquidos perdidos durante situações de diarreia e/ou vômito. A solução é incentivada pelo Ministério da Saúde e pelos médicos gerais, desde a década de 1970, como uma prática fundamental no tratamento de viroses, sobretudo entre crianças.

Ingredientes

  • 1 litro de água filtrada, fervida ou mineral engarrafada;
  • 1 colher de sopa bem cheia de açúcar (20g);
  • 1 colher de café de sal (3,5 g).

Modo de preparo

  1. Misture todos os ingredientes até que fiquem bem dissolvidos;
  2. Tome em grandes goles, se preferir, ainda morno.

Receita de soro caseiro para 1 copo de 200 ml

Abaixo, seguem as medidas corretas para a preparação de um copo inteiro de soro caseiro:

soro caseiro ingredientesIngredientes

  • 1 copo de água de filtrada, fervida ou mineral engarrafada (200ml);
  • 2 colheres de sopa rasas de açúcar;
  • 1 colher de café de sal.

Modo de preparo

  1. Misture todos os ingredientes em um copo de 200ml ou 300 ml, até dissolver bem;
  2. Tome em seguida.

Como armazenar?

O soro caseiro não deve ser armazenado por mais de 24 horas. Para guardá-lo, coloque-o em uma garrafa de vidro, bem fechada, e mantenha-a dentro da geladeira. Não é recomendado tomar o soro de um dia para o outro, principalmente se houver suspeita de viroses.

Para que serve?

O soro caseiro só é útil para reidratar o corpo e suprir a falta de alguns nutrientes essenciais. Em alguns casos, ele pode aliviar sintomas, como a dor de cabeça ou o desconforto intestinal. No entanto, não é indicado para tratar viroses, diarreia ou vômitos, já que sua utilidade é exclusivamente de reposição de líquidos e vitaminas.

Deve-se usar soro caseiro em casos de:

  • Insolação;
  • Diarreia;
  • Vômitos frequentes;
  • Pressão baixa;
  • Mal-estar;
  • Desistiria;
  • Desidratação;
  • Enxaqueca;
  • Viroses.

Como tomar?

A forma correta de tomar é dividida em várias vezes ao dia, de preferência ainda morno.

Para adultos e crianças acima de 12 anos

Não é recomendado tomar mais de meio copo de uma só vez. O uso deve ser distribuído ao longo do dia,em pequenas porções de 100ml a 200 ml, no máximo. Como o gosto pode não ser muito agradável, é possível incluir alimentos crus, como maçã bem lavada, acompanhados de bastante líquido.

Para o bebe

Deve-se dividir 200 ml de soro caseiro em duas ou três aplicações diárias. O soro pode ser colocado dentro de uma mamadeira, a fim de facilitar a administração, no entanto, ela deverá estar devidamente esterilizada.

Bebês que ainda estão na fase de amamentação não devem tomar soro caseiro sem que seja recomendado por um médico. Nos postos de saúde, é possível encontrar as medidas prontas – caso deseje, é só solicitar.

Para cães e gatos

Cachorros, sobretudo filhotes, costumam ter casos frequentes de diarreia e vômitos, desencadeados por vermes intestinais. Essas situações podem ser tratadas com o uso de soro caseiro, mas, assim que houver melhora, recomenda-se administrar vermífugos.

Se o cachorro for pequeno, recomenda-se 50 ml a 100 ml por vez. Já se for de médio a grande porte, recomenda-se de 100 ml a 200 ml, de duas a três vezes ao dia. Pode-se fazer a aplicação com ajuda de uma seringa.

A mesma indicação é válida para gatos, tanto adultos como filhotes.

soro caseiro para cachorro

Soro caseiro para inalação

Ao contrário do soro fisiológico caseiro, o soro para inalação não tem a função de repor líquidos, mas sim de aliviar os sintomas de resfriado, sinusite ou rinite alérgica, entre outras doenças que afetam o trato respiratório.

Para preparar, basta mistura 200 ml de água filtrada ou fervida com uma colher de chá rasa de sal. O sabor não deve ser mais salgado do que uma lágrima. Para inalar, basta ferver a mistura, retirá-la do fogo e, com a ajuda de um pano, cobrir a cabeça para que se possa respirar o vapor. Também, é possível utilizar o soro com a ajuda de inaladores.

Dependendo da situação, pode ser recomendado acrescentar ingredientes ao soro para inalação, como alecrim, que ajuda a aliviar inflamações; camomila que relaxa as vias respiratórias; e capim-limão, que desobstruir as vias respiratórias.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário