Whey Protein Para Ganhar Massa Muscular: Saiba Como Funciona

O Whey Protein, que também pode ser chamado de proteína do soro do leite é o principal suplemento alimentar usado por aqueles que querem conseguir massa magra e também buscam a perda de peso. Este suplemento age melhorando o rendimento de maneira eficaz e rápida de praticantes de exercícios físicos, além de auxiliar na recuperação do organismo após todo o desgaste e estresse que a atividade física causa.

Entre os benefícios presentes na composição do suplemento estão: a ação antioxidante, fortalecimento do sistema imunológico, a presença da vitamina D, que auxilia no fortalecimento muscular, além do melhor aproveitamento da “janela das oportunidades”, fazendo assim a nutrição dos músculos mais eficaz e melhorando a absorção de proteínas.

Como Consumir?

Seu consumo em geral pode ser feito em sua mistura com água ou leite, numa proporção média de 200 ml de líquido para 30 ou 40 gramas de suplemento. Os momentos de consumo mudam de acordo com a necessidade de cada um, já que o produto pode ser ingerido logo ao acordar, devido ao grande espaço de tempo sem alimentação; No pós treino para auxiliar na recuperação dos músculos e aproveitar a “janela de oportunidades”; Como também pode ser consumido no pré treino, dependendo do foco do consumidor.

Onde Encontrar?

Devido ao sucesso nas academias, a procura pelos suplementos aumentam a cada dia, por isso os valores variam e é necessário pesquisas e até mesmo pechinchar, além da diferença de valores de loja para loja, os tipos do suplemento no mercado se diferenciam pela porcentagem de absorção de proteína pelo organismo e quantidade de gordura e lactose presentes no composto, assim, em sua maioria, os suplementos encarecem a medida que a gordura e a lactose diminuem, desta maneira o Whey Hidrolisado acaba sendo mais caro do que o Whey Concentrado.

Quais São Os Tipos De Whey?

Existem diversos tipos de suplemento, que devem ser adequados ao objetivo, dieta, corpo e necessidade de cada um.

Estão entre os mais procurados, por conta de sua ausência ou mínima quantidade de gordura e lactose o Whey Hidrolisado e o Isolado.

Hidrolisado

Esse Whey é livre de gorduras e lactose, além disso, ele passa por um processo onde as proteínas são quebradas em partículas bem pequenas (a hidrólise), o que faz com que a absorção pelo corpo chegue perto de 100% da quantidade ingerida.

Para ter resultados melhores é indicado que se consuma o Whey hidrolisado no pré e/ou pós treino, assim a quantidade de aminoácidos na corrente sanguínea será grande.

Isolado

Aqui, o produto é livre de gordura e com baixo teor de lactose, isso devido a um processo chamado microfiltração.

Embora a versão hidrolisada seja mais eficaz, com o uso do Whey isolado ainda há grande absorção de proteína pelo corpo.

É indicado que se tome a solução em momentos onde o corpo pede mais proteína, como por exemplo ao acordar, já houve um período grande de tempo sem alimentação e no pós treino, para intensificar o fortalecimento muscular.

100% Pure Whey

Este Whey Protein é formulado à partir da proteína concentrada do soro do leite, que passa pelo processo mais simples de filtragem e detém maior quantidade de gordura e lactose do que os outros tipos de Whey Protein. Este processo de filtragem resulta num Whey Protein menos concentrado e mais barato do que o isolado por exemplo.

Concentrado

Esse Whey é uma ótima fonte de suplementação onde existe a técnica de ultra filtragem, que segura as moléculas maiores de proteína, porém, por causa da presença de gordura e lactose, a absorção pelo organismo diminui um pouco em relação aos outros 2 suplementos.

Como o Whey concentrado tem uma absorção um pouco mais lenta, é recomendado que se faça consumo do suplemento entre as refeições.

Efeitos Colaterais

O uso excessivo do suplemento que age principalmente no aumento da absorção de proteínas pelo corpo pode causar problemas como:

  • Insuficiência renal, já que os rins precisam excretar o excesso de proteínas e com constante trabalho ficam sobrecarregados;
  • Inchaço, já que com a insuficiência dos rins, o controle hídrico do corpo fica prejudicado e o que as vezes pode parecer um músculo crescido, na verdade é apenas o seu corpo inchado;
  • Acne, já que substâncias presentes na proteína do leite causam o problema dermatológico.

Embora a lista assuste, é importante ressaltar que tais efeitos colaterais só ocorrem com o uso excessivo de suplementos, ou seja, caso eles sejam usados de maneira correta e sobre supervisão médica só haverá a potencialização de processos naturais do corpo humano.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário