Vitamina K1 – Para que serve? Alimentos ricos e os riscos da deficiência e o excesso

Você já ouviu falar na vitamina K1 e nos seus benefícios? Confira, aqui no Quero Viver Bem, quais as vantagens de ingerir alimentos ricos nesta substância!

A vitamina K1 também é conhecida como filoquinona. Quando consumida, vai diretamente para o fígado, onde, após devidamente metabolizada, garante que a coagulação do sangue seja normal.

Esse nutriente compõe um dos tipos das variações das vitaminas K que são: K1, K2 e K3. E são lipossolúveis, ou seja, necessitam de gordura para serem absorvidas pelo organismo.

Confira mais sobre esse nutriente, para que ele serve e como encontra-lo, só aqui no Quero Viver Bem!

Vitamina k1

Para que serve a vitamina K1?

No geral, os benefícios da vitamina K são mensurados contendo as 3 variações, entretanto, a vitamina k1 é tida como um anti -hemorrágico poderoso. Além disso, entre todas, é justamente a vitamina k1 (filoquinona) a grande preferida em utilizações clínicas.

Por exemplo, ela é ministrada em pacientes submetidos à cirurgia da bexiga, pois os riscos de sangramento podem ser um problema.

Além disso, grávidas antes do parto também podem receber uma dosagem de vitamina K1 para protegê-las contra hemorragias. Isso também ocorre em recém-nascidos prematuros.

Outro tratamento que utiliza a vitamina K1 é a Hipoprotrombinemia (baixas quantidades de protrombina).

Um dado importante a respeito dessa vitamina é que, clinicamente, ela serve para converter em vitamina K3 no corpo, pois se usar diretamente a K3 o indivíduo poderá elevar a bilirrubina no sangue.

Mediante a essas informações, a K1 apresenta os seguintes benefícios:

  • Ajuda na coagulação sanguínea;
  • Previne hemorragias em pacientes em cirurgia, gestantes e bebês, sobretudo prematuros;
  • Contribui para a boa saúde dos vasos sanguíneos.

É importante salientar que a vitamina K1, quando usada clinicamente para algum tratamento específico, pode ter interações em medicamentosas com anticoagulantes orais, antiácidos que contém alumínio e alguns antibióticos.

Vitamina k1

Quais são os alimentos ricos em vitamina K1?

A vitamina K1 pode ser encontrada em frutas e vegetais, especialmente os folhosos verde-escuros. São eles:

É necessário consumir pelo menos 50 gramas diárias de vegetais e frutas que contêm o nutriente para garantir o aporte de vitamina K1, ou seja, é fácil de suprir a necessidade do organismo.

Riscos da deficiência

A carência da vitamina K1 pode causar hemorragias sanguíneas, no entanto, a deficiência é muito rara de acontecer em um indivíduo saudável, uma vez que o nutriente é facilmente obtido.

No entanto, pessoas que se submeteram a cirurgia bariátrica também podem necessitar de suplementação. O mesmo ocorre com quem tem dificuldades de absorver gorduras.

Em alguns casos, pode-se desenvolver a deficiência depois de tratamentos muito prolongados com o uso de antibióticos.

Um dos sintomas da falta da vitamina K1 é o sangramento do nariz e da gengiva.

Os riscos maiores são em pacientes em cirurgia, gestantes em partos e recém-nascidos. Por isso, os especialistas administram dosagens dessa vitamina clinicamente, conforme a necessidade.

Vitamina k1

Riscos do excesso da vitamina K1

Não é só a deficiência de um nutriente que pode causar malefícios à saúde, o seu excesso também, como é o caso da vitamina K1 com relação às hemorragias.

É verdade que esse nutriente evita que um indivíduo tenha hemorragias, entretanto, se o uso for em excesso, certamente o problema será reverso, com a intensificação da incidência de embolias e tromboses.

Obviamente que esse não é único fator que pode causar os problemas citados, mas o excesso dessa vitamina pode ser um agravante.

O efeito da vitamina K1 como anticoagulante também pode interferir na eficácia de medicamentos usados para o controle da diabetes e de problemas cardíacos.

Entenda que o excesso da vitamina K1 não ocorre por ingerir alimentos com esse nutriente, mas sim com a suplementação indevida. Portanto, jamais faça uso desse recurso sem a orientação médica.

A dosagem recomendada diária de vitamina K em adultos é de 25mg. Mas, procure a orientação de um nutricionista para saber mais á respeito. Não se automedique!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário