Vitamina B9 – Para que serve? Benefícios, Tabela Nutricional e Deficiência

Você sabe para que serve e quais os benefícios da vitamina B9? Confria, aqui no Quero Viver Bem, informações completas deste nutriente!

A vitamina B9 ou mais conhecida como ácido fólico, é uma das vitaminas do complexo B. Essa substância é solúvel em água e, portanto, facilmente eliminada pela urina. Além disso, o ácido fólico pode ser encontrado em alimentos ou em suplementos alimentares.

Quer saber mais? Confira, a seguir no Quero Viver Bem, informações completas sobre o assunto!

Para que serve a Vitamina B9?

B9

A Vitamina B9 tem uma função muito importante para o organismo. O ácido fólico é o responsável pela síntese e reparação do DNA, pelo crescimento e pela divisão celular e pela formação de hemácias e proteínas.

Ainda, a vitamina B9 é essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso e cardiovascular. Portanto, em vista de suas funções, é extremamente importante para a saúde e o funcionamento de todo organismo humano.

Benefícios da vitamina B9

Veja, a seguir, alguns dos principais benefícios ofertados por esta vitamina:

Contribui para a boa gestação

Durante a gravidez, o ácido fólico é essencial para a formação do tubo neural e o desenvolvimento do feto. É importante que a gestante comece a utilizar a suplementação de ácido fólico assim que souber que está grávida ou nos preparativos para a gestação.

Dessa forma, a ingestão da vitamina deve ocorrer sempre nas primeiras oitos semanas de gestação, pois esse é o período no qual o tubo neural e o sistema nervoso do feto estão em formação.

Ajuda na imunidade

O ácido fólico fortalece o sistema imunológico, assim como todas as outras vitaminas do complexo B.

Beneficia pele, cabelo e unhas

Assim como todas as outras vitaminas do complexo B, a vitamina B9 exerce papel fundamental para pele, cabelo e unhas saudáveis, já que auxilia no crescimento destes, combatendo, também, problemas de dermatite e acne.

Mantém a saúde do cérebro

Como dito anteriormente, a vitamina B9 é muito importante para o desenvolvimento do sistema nervoso e tubo neural durante a gestação. Mas não é só nisso que este nutriente se destaca!

O ácido fólico é um potente aliado do cérebro, pois auxilia na capacidade cognitiva, no sistema mental e no sistema emocional.

De maneira mais científica, a vitamina B9 atua como cofator na produção de serotonina, o neurotransmissor do humor. Por isso, de acordo com uma pesquisa americana, a deficiência de ácido fólico pode causar depressão.

Cuida do coração

Juntamente com as vitaminas B6 e B12, a B9 diminui a produção de homocisteína, que afeta negativamente o sistema cardiovascular, pois causa o enrijecimento dos vasos sanguíneos, aumentando a pressão arterial e o risco de contrair doenças cardiovasculares.

Alimentos ricos em ácido fólico

B9

 

O ácido fólico é tão importante a saúde que foi adicionado em um alimento bem comum na alimentação diária dos brasileiros: a farinha de trigo. Você já deve ter reparado que hoje em dia as farinhas de trigo e produtos derivado dela (pães, bolos, biscoitos) são compostos por “farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico”, não é? Além da farinha, outros alimentos possuem naturalmente essa vitamina (quantidades em 100 gramas de cada alimento):

  • Lentilha: 179 mcg;
  • Espinafre cozido: 103 mcg;
  • Quiabo cozido: 134 mcg;
  • Fígado de frango cozido: 770 mcg;
  • Fígado de peru cozido: 666 mcg;
  • Fígado de boi cozido: 220 mcg;
  • Feijão-preto cozido: 128 mcg;
  • Soja verde cozida: 100 mcg;
  • Brócolis cozido: 78 mcg;
  • Amendoim: 90 mcg;
  • Suco de laranja natural: 75 mcg;
  • Arroz branco: 48 mcg;
  • Ovo cozido: 20 mcg;
  • Beterraba: 68 mcg.

A recomendação de consumo diário de ácido fólico é de 240 mcg, podendo variar de acordo com a idade, sexo, se está grávida, entre outros.

Deficiência de vitamina B9

Infelizmente, são muitos os casos de deficiência de ácido fólico que não têm sintomas. Quando os níveis de vitamina B9 estão muito baixos, os sintomas se apresentar em falta de ar, fadiga, feridas na boca e dores de cabeça constante.

Ainda, o problema pode ocasionar, em crianças, o desenvolvimento cognitivo lento e, em adultos, a anemia. No caso das gestantes, a falta dessa vitamina no organismo acarreta na má formação neurológica do feto. 

A deficiência de vitamina B9 é realizada por meio de exame que determina a dosagem desta vitamina no sangue.

Alimente-se bem, tenha seus exames sempre em dia e, sob qualquer sintoma anormal, contate o seu médico o mais rápido possível!


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário