Vasodilatadores – Benefícios, Como usar, Indicações e Contraindicações

Vasodilatadores são medicamentos, suplementos ou alimentos que têm como finalidade promover a dilatação dos vasos sanguíneos.

Por ter ação direta em nossos vasos, os vasodilatadores possuem inúmeros benefícios para a saúde. No entanto, o uso deles deve ser feito com cautela!

Entenda mais sobre quais são os benefícios dos vasodilatadores, como fazer o consumo de forma adequada, quais são as indicações e contraindicações e a quantidade diária, só aqui no Quero Viver Bem!

Vasodilatadores

Benefícios dos vasodilatadores

O processo de vasodilatação, em nosso organismo, pode ser controlado pelo próprio corpo, pois se integra com a própria tarefa da termorregulação (regulação da temperatura do organismo).

Já um vasodilatador em si é classificado como uma substância que pode provocar essa vasodilatação, possibilitando o maior fluxo sanguíneo.

Isso se reflete na presença de substâncias que servem para esse propósito, aumentando o diâmetro do vaso sanguíneo, melhorando o fluxo de sangue neles e, como consequência, favorecendo um maior transporte de oxigênio, glicose, aminoácidos e outros nutrientes para os músculos.

Por isso – na teoria – os vasodilatadores são compostos por inúmeros minerais, vitaminas e aminoácidos.

Olha só o que eles podem fazer para o seu organismo:

  • Aumentam a resistência;
  • Contribuem para uma melhor performance esportiva;
  • Diminuem a pressão arterial;
  • Protegem o miocárdio pelo aumento da circulação coronária;
  • Favorecem uma regeneração mais rápida do corpo;
  • Garantem uma maior perda de massa gorda;
  • Melhoram o ganho muscular;
  • Controlam a agregação plaquetária, diminuindo risco de trombose;
  • Promovem uma melhora na vida sexual;
  • Reduzem a sensação de fadiga.

Vitamina C

Basicamente, todos os benefícios dos vasodilatadores conseguem ser alcançados pelo aumento no transporte de nutrientes e oxigênio aos músculos.

Dependendo do vasodilatador, principalmente se tratando dos suplementos, você ainda pode se beneficiar com a ação antioxidante e anti-inflamatória. Isso previne o envelhecimento celular precoce, pois o vasodilatador irá combater os radicais livres.

Exemplos de suplementos vitamínicos minerais bastante utilizados que aumentam a produção dos vasodilatadores naturais são:

A arginina e a citrulina são precursoras do óxido nítrico e são indicadas com frequência para as pessoas que buscam aumentar a sexualidade.

Como usar os vasodilatadores?

A utilização de vasodilatadores vai depender da orientação do seu médico, assim como do tipo escolhido para o tratamento.

Como foi comentado, os vasodilatadores podem ser encontrados em forma de medicações, suplementos e alimentos. Portanto, o modo de consumo irá variar bastante.

O suplemento é geralmente produzido em forma de pó. Se sua preferência for por alimentos vasodilatadores, converse com um nutricionista antes.

beterraba valor nutricional

Vale destacar os principais alimentos vasodilatadores para fazer parte de sua dieta:

Inclusive, é a beterraba é considerada o melhor alimento vasodilatador natural, pois possui o nitrato inorgânico em sua composição.

Tal nitrato é uma substância que origina o óxido nítrico e relaxa os vasos sanguíneos. Os resultados são expressivos na melhora do rendimento físico.

Por serem vasodilatadores naturais, os alimentos não possuem qualquer composto químico e são uma incrível maneira de aproveitar os benefícios mencionados anteriormente.

A quantia de vasodilatadores que pode ser consumida por dia irá depender da sua escolha (suplemento ou alimento) – afinal uma medicação só é prescrita por um médico.

Mesmo que você escolha a alimentação, tome cuidado com as quantidades ingeridas.

Indicações e contraindicações

Vitamina-B2

 

O uso dos vasodilatadores é bastante recomendado para pessoas que buscam um maior ganho de massa muscular e que desejam uma melhora na performance durante um esporte.

Ou seja, pelo maior volume de sangue que chegará aos músculos, quem ganha mais com os benefícios dos vasodilatadores são os atletas e os praticantes de atividades físicas diversas.

Nada impede, entretanto, que outra pessoa opte por fazer o uso desse tipo de substância, mas todo consumo deve passar por aprovação de um profissional de saúde.

No caso dos suplementos, a composição pode acabar variando. Por isso, as contraindicações serão voltadas para o caso de haver alguma alergia ou hipersensibilidade a um componente, muito embora grande parte deles seja somente composto por ingredientes naturais.

O consumo para pessoas que praticam atividades físicas e atletas deve ser feito antes do treino ou ainda conforme a orientação do médico ou nutricionista.

Doses acima do estipulado podem provocar certos sintomas, tais como tonturas e dores de cabeça. Siga a recomendação do fabricante ou do médico.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário