Valores de pressão arterial alta e baixa

As artérias são vasos sanguíneos de grande calibre, que contêm uma espessa camada de músculo. A função delas, basicamente, é a de conduzir sangue para todos os tecidos e órgãos, e, assim, levar oxigênio e nutrientes para o desempenho das funções do corpo.

Existem diversos fatores que determinam a saúde cardiovascular, e dentre eles está a pressão arterial. A seguir no Quero Viver Bem, descubra o que ela significa e como pode impactar na saúde do indivíduo.

como medir pressao

O que é a pressão arterial?

Agora que você já sabe que as artérias são vasos espessos, imagine que constantemente eles precisam realizar movimentos com o intuito de distribuir o sangue, vencendo a gravidade e outras barreiras físicas.

A pressão arterial é definida como a força exercida pelo sangue sobre as artérias, para que ele possa ser transportado de forma eficaz e ágil. A medida desse valor é feita em milímetros de mercúrio, expressos por mmHg.

Existem diversos fatores que influenciam na mudança dos valores, alterando-os o tempo todo. A atividade física é um exemplo, bem como a quantidade de sal ingerida, a presença de doenças, o tabagismo e muitas outras causas.

Utiliza-se, principalmente, um aparelho chamado esfingmomanômetro para aferir a pressão. Atualmente, já existem aparelhos digitais que permitem a medida pelo próprio paciente.

[VEJA TAMBÉM: SINTOMAS DA PRESSÃO ALTA]

Valores normais de pressão

Ao aferir a pressão arterial, basicamente, são encontrados dois valores:

  • Pressão sistólica: é o valor correspondente ao momento em que há sístole (contração do coração). O valor normal em indivíduos saudáveis, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, é de 120mmHg;
  • Pressão diastólica: corresponde ao momento de diástole (relaxamento cardíaco), quando há queda no valor. A normalidade fica em torno de 80mmHg.

 

sintomas de pressao alta

[LEIA TAMBÉM: COMO SABER SE MINHA PRESSÃO ESTÁ ALTA? ]

O que é a hipertensão arterial

A hipertensão arterial é encarada como doença quando persistente e manifestada em diversos momentos do dia. Seu impacto negativo na saúde ocorre pelo fato de a pressão gerada contra a parede das artérias ser alta, e também por indicar um grande esforço do coração.

Geralmente, ocorre por conta de:

  • Diabetes;
  • Doenças do rim;
  • Doenças da tireoide;
  • Alimentação rica em sódio e gorduras;
  • Sedentarismo;
  • Sobrepeso;
  • Tabagismo;
  • Uso de anticoncepcionais orais.

O principal “perigo” existente na hipertensão arterial está nas lesões nas paredes dos vasos. Ao longo do tempo, aumentam-se as chances de formação de trombos, infarto do miocárdio e AVC.

O que é a hipotensão?

Ao contrário da hipertensão arterial, a hipotensão é um estado em que o sangue exerce pouca força contra a parede dos vasos, o que indica menor força exercida também pelo coração.

Ela pode ocorrer nas seguintes situações:

  • Quando há perda de sangue;
  • Perda de líquidos em geral, como em situações de vômito ou diarreia;
  • Após repouso prolongado;
  • Como consequência do uso de medicamentos (ex: diuréticos).

Além da situação acarretar em desconfortos para o paciente, a hipotensão pode gerar náuseas, tonturas e, até mesmo, desmaios, os quais podem resultar em quedas.

[CONFIRA TAMBÉM: ALIMENTOS PARA BAIXAR A PRESSÃO ARTERIAL]

medir pressao

Alterações nos valores da pressão arterial

Espera-se que um valor normal de pressão arterial seja de 120mmHg para a pressão sistólica, e 80 mmHg para a pressão diastólica.

Outros valores devem ser considerados a parte:

  • Hipotensão: assim classifica-se quando a pressão sistólica é menor que 120mmHg e/ou a diastólica menor que 80mmHg;
  • Pré-hipertensão: quando a sistólica está dentre 121mmHg e/ou a diastólica entre 81 e 89mmHg;
  • Hipertensão: quando a pressão sistólica está superior a 140mmHg, e/ou a diastólica acima de 90mmHg.

Vale destacar que, para que haja um diagnóstico, várias aferições são necessárias, sempre solicitadas e orientadas por um cardiologista. Também, existem outros exames que podem ser solicitados para o diagnóstico, como o MAPA.

Como manter a pressão sanguínea ideal?

A melhor forma de manter a pressão sanguínea em seus valores normais é cuidando da saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

Para isso, alguns cuidados devem ser tomados:

  • Evitar o tabagismo;
  • Abandonar alimentos excessivamente gordurosos;
  • Reduzir o sal da dieta;
  • Hidratar-se com mais de 2 litros de água diariamente;
  • Realizar atividade física com frequência;
  • Tratar as doenças crônicas de forma adequada;
  • Visitar um médico regularmente para realizar acompanhamento e os exames de rotina.

Gostou? Veja, também, o conteúdo completo sobre Por que a pressão alta (hipertensão) é chamada assassina silenciosa?


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um Comentário