Treinos de Braço – Principais erros cometidos e como evitá-los

O treino de braço é importante, mas de nada adianta fazê-los da forma errada. Confira aqui os erros mais comuns dos exercícios para os braços e como evitá-los. Passo a passo dos 6 principais movimentos!

Emagrecer, construir músculos ou manter a saúde, esses são os incríveis benefícios que os exercícios físicos regulares podem trazer para a sua vida. A cada dia que passa, aumenta o número de pessoas em busca de atividades físicas para conseguir atingir os objetivos.

Existem tantas modalidades, como ioga, corrida, natação e musculação – esta última, uma das preferidas para definir e modelar o corpo. Entretanto, é preciso ficar atento à execução dos exercícios!

Hoje, vamos citar o principal grupamento muscular onde ocorrem os maiores erros na hora de exercitar os braços.

Principais erros cometidos nos treinos de braço

A maioria dos homens que pratica a musculação querem ter braços volumosos, talvez porque sentem-se mais fortes mediante essa característica. Devido a essa vontade extrema de trabalhar essa região, alguns erros podem ser cometidos, veja os 4 principais deles:

treino de braço os principais

1- Execução muito rápida

Na musculação, o peso vence a resistência, ou seja, quando realizamos um movimento, ele deve ser controlado, não pode ser muito rápido, não importa qual seja o objetivo: fortalecimento ou hipertrofia. Além disso, os resultados também ficam comprometidos quando a intensidade aplicada no treino é incorreta.

Dica de como prevenir o erro: Quando for executar um exercício de braço, não desça rápido com o peso, pois isso aumenta o risco de lesões. Ao retornar ao movimento inicial, dê atenção à intensidade e velocidade, desse modo você evita a execução muito rápida e pontos de descanso.

Existe um tempo certo para o exercício, se você tiver dúvida, chame um instrutor para te auxiliar.

2- Amplitude insuficiente

É sempre bom lembrar que alguns exercícios exigem movimentos com amplitude reduzida, como as flexões do carpo.

No entanto, os exercícios para tríceps precisam ter máxima amplitude e você necessita ter atenção nisso.

Dica de como prevenir o erro: Se você tem dificuldade de atingir a amplitude máxima nesse exercício,precisa colocar mais intensidade, para resolver essa questão.

treino para bíceps ero

3- Exagerar nos exercícios

Menos é mais – essa regra vale para a musculação! Não adianta fazer muitos exercícios e sobrecarregar os músculos, o objetivo é ter intensidade e qualidade na execução, para conseguir os resultados. Um erro muito comum, por exemplo, é querer ir rapidamente para atividade e se esquecer de fazer os alongamentos (já mostramos como fazer os alongamentos para o braço).

Alguns praticantes pensam que aumentando o número de séries terão mais resultados, mas na realidade o efeito pode ser contrário.

Dica de como prevenir o erro: Obedeça o seu plano de treino, faça o dia de descanso no grupo muscular e siga as instruções do profissional de educação física.

4- Execução errada dos movimentos

É bem comum nas academias perceber que muitos praticantes de musculação, na urgência de ficarem sarados, usam os músculos do ombro, da lombar e do abdômen para impulsionar o peso para cima e tirar a carga específica para o bíceps.

É comum na rosca direita acontecer isso, entretanto é um erro. É necessário melhorar a postura e resistência corporal para a realização do exercício.

Dica de como prevenir o erro: O acompanhamento do educador físico é essencial para ajudar no final da execução, onde ocorre a falha no exercício. Desse modo, você começa a corrigir esse erro.

treino de braço erros comuns

Os 6 principais exercícios para o braço

  1. Rosca com barra de pegada fechada – Trabalha a força dos músculos do bíceps e dos antebraços. É realizado com uma barra, tronco ereto e cabeça erguida. Não pode se balançar ou inclinar as costas durante o exercício.
  2. Tríceps de testa – Fortalece e define a região do tríceps. Para fazer esse exercício, é preciso deitar em um banco e segurar uma barra W. Somente os antebraços devem se mexer, os ombros e braços não. 
  3. Bíceps no banco – Fortalece o bíceps de forma isolada. Para executar esse exercício, é preciso sentar no banco e pegar na barra, fazendo os movimentos de inclinação enquanto inspira. Depois, abaixe a barra até o antebraço e o bíceps ficarem totalmente estendido.
  4. Barra fixa – Promove bastante força na parte superior do corpo e no bíceps. Para fazer corretamente esse exercício, é preciso pendurar-se na barra com os pés cruzados. Depois, dobre os cotovelos e parta para cima em direção à barra e faça uma pequena pausa, retornando à posição inicial.Respeite seu condicionamento físico e não exagere nas repetições. 
  5. Extensão de tríceps com pegada neutra – Promove a força no tríceps. Não pode colocar os pés no banco durante e execução. Para fazer o exercício, deite de costas em um banco, segurando halteres. Em seguida, flexione os cotovelos e abaixe os halteres, de modo que eles fiquem acima dos ombros. Não mova a parte de cima dos braços.

principais erros nos treinos de braço

Agora que você já sabe os principais erros cometidos no treino de braço, tenha cuidado e não execute o exercício muito rápido. Não exagere no número de repetições, não erre a execução e dê a amplitude necessária para cada movimento. Desse modo, você atingirá rápido os resultados almejados.

Para quem quer aperfeiçoar ainda mais os treinos confira aqui como fazer os melhores exercícios para o braço para alcançar a hipertrofia.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário