Os perigos de fazer exercício de estômago vazio – Porque não devemos treinar sem comer

Existe o senso comum de que fazer exercícios de estômago vazio ajuda a queimar mais gordura por usar os estoques que o organismo já tem como fonte de energia, porém essa prática pode ser muito perigosa para saúde e não é recomendável. De acordo com estudos realizados pela National Strength and Conditioning Association, malhar de estômago vazio não acelera o emagrecimento e só trás males ao organismo.  Confira aqui quais as desvantagens que esta prática equivocada trás:

consequencias de treinar sem comer

Perda de Musculatura

Quando a pessoa treina sem ter se alimentado adequadamente o organismo trabalha em estado de esgotamento e precisa de uma fonte energética para manter o esforço. Ao contrário do que se pensa o organismo usa a proteína dos músculos invés de usar os estoques de gordura acumulada. O resultado é que além de treinar e não ganhar músculos a massa magra sofre uma grave redução.

Um dos estudos avaliou ciclistas divididos em dois grupos: o primeiro grupo treinava em jejum enquanto o segundo grupo iniciava o treino após comer carne. Ao avaliar a perda calórica do primeiro grupo os cientistas descobriram que 10% das calorias eram de proteína muscular. O outro grupo usou a proteína ingerida e os estoques de gordura como fonte de energia.

Aumento da Fome

comer antes do treinoAo treinar sem comer o corpo entende que há uma privação de alimentos, ou seja, a tendência é desacelerar o metabolismo e mandar para o cérebro sinais de fome constante com o objetivo de estocar energia para o momento de crise. Assim, é comum a pessoa ficar suscetível a quebrar a dieta e comer muito além de sua queima calórica.

Uma das pesquisas mostrou que mulheres que consumiam 45 gramas de carboidrato no pré treino sentiam menos fome do decorrer do dia e tinham mais facilidade em manter a alimentação adequada.

Hipoglicemia

Ao praticar uma atividade física é comum que os níveis de açúcar no sangue despenquem, principalmente se o indivíduo não se alimentou corretamente.  O rendimento físico cai drasticamente e a pessoa pode ter diversos sintomas como: palpitações, tremores, palidez cutânea, sudorese fria e até desmaio.

Outro sintoma bastante comum é a desorientação, assim a pessoa pode não conseguir dizer que está passando mal. Se uma crise de hipoglicemia não é identificada rapidamente e tratada o quadro pode evoluir para parada cardíaca e morte.

Se perceber que alguém está passando mal durante a atividade física e apresentar alguns dos sintomas citados acima ofereça algo que contenha açúcar, de preferência algo líquido para que faça efeito rápido, como é o caso do refrigerante.

importancia de treinar antes de comer

Retenção de Líquidos

A falta de alimentação adequada é um grande problema para o corpo. Em situações estressantes ou de crise as glândulas suprarrenais liberam grande quantidade de cortisol no organismo. Esse hormônio tem o objetivo de regular a pressão arterial, regular os níveis de açúcar no sangue, melhorar o sistema imunológico, tratar inflamações e controlar o estresse. Quando os níveis de cortisol entram em desequilíbrio desencadeia diversos processos no corpo, como perda de massa magra, desidratação e retenção de líquidos.

O que comer antes do treino?

É importante se alimentar antes de treinar, porém nem todo alimento pode ser indicado para esse momento. Alimentos que contenham açúcar e/ou carboidratos são ideias para o pré-treino:

  • Barrinha de cereais
  • Frutas
  • Pão integral
  • Biscoito integral

Esses nutrientes devem ser consumidos junto com uma fonte de proteína magra como peito de peru, filé de frango ou carne vermelha sem gordura. A proteína irá contribuir com o ganho de massa muscular e servirá como uma fonte calórica para que o organismo não procure energia nos músculos.

Esses alimentos fornecerão oxigênio e energia para os músculos durante os exercícios, evitando a fadiga. Esse tipo de alimento também é indicado para o pós-treino, pois irá repor todos os nutrientes que foram perdidos na atividade e darão disposição para o restante do dia. Você pode preparar lanches com pão integral e uma fonte de proteína ou comer biscoito integral com iogurte desnatado.

A dica é preparar um cardápio semanal com todas as refeições, assim não correrá o risco de esquecer de comer antes e depois de malhar. Outro benefício é que fica mais fácil seguir a dieta com tudo planejado.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Um Comentário

  1. Neusa Benites

Deixe um Comentário