Treinar Cansado – Vale A Pena? Quais As Desvantagens?

Você já deve saber das vantagens do exercício físico, mas e as desvantagens do excesso e do treino cansado? Confira tudo, aqui no Quero Viver Bem!

Os afazeres do dia a dia têm sido cada vez mais puxados e nossa rotina cada vez mais apertada. Não temos tempo para mais nada e parece que o dia já não tem mais 24 horas. Estamos sempre cansados e sem disposição para nada que fuja da rotina trabalho, casa e família.

Porém, o apelo dos profissionais da área da saúde para a diminuição do alto índice de sedentarismo tem chamado nossa atenção. A importância de praticar uma atividade física regular é evidente. Diminuir os riscos de doenças crônicas e silenciosas, manter controlado peso ideal e os exames de sangue com resultados positivos depende só de nós.

Atividade física aliada a bons hábitos alimentares tem o poder de nos mantermos com saúde e ativos por mais tempo. Nas últimas décadas, muitos estudiosos realizaram pesquisas comprovando a diferença de saúde de um indivíduo inativo e com maus hábitos alimentares em relação a um indivíduo praticante de atividade física e que presa por uma alimentação balanceada. Os resultados são indiscutíveis!

[CONFIRA TAMBÉM: O QUE COMER DEPOIS DO TREINO?]

Os ativos fisicamente e que se alimentam bem vivem mais e com melhor qualidade. Por isso temos que nos preocupar em como estamos levando nossa rotina de vida. Precisamos arrumar um tempinho na agenda turbulenta para nos dedicarmos a um exercício que traga prazer, além de todos os outros benefícios à saúde.

Mas, será que adianta treinar quando estamos cansados? Será que vale a pena fazer atividades físicas depois de uma noite mal dormida? Vamos falar um pouquinho sobre isso, agora, no Quero Viver Bem!

Efeitos de treinar cansado

Praticar exercícios físicos e descansar/dormir regularmente deveriam estar na nossa lista de prioridades. No entanto, nem sempre isso é possível pensando nas muitas outras pressões que a sociedade atual impõe. Pesquisadores afirmam que uma das maiores causas das fugas das atividades físicas são a falta de tempo.

Especialistas frisam que o melhor é descansar. Cumprir a ficha de exercícios quando nem se pode recuperar bem do último treino não é a melhor opção. Se está na dúvida entre dormir um pouco mais para se recuperar ou levantar mais cedo e ir treinar, mesmo cansado, escolha a primeira opção.

Quando dormimos pouco, nossos músculos não se recuperam da maneira que precisam e o risco de lesões durante o exercício aumenta – além de que a falta de sono e descanso prejudica a saúde e o exercício já não é tão eficaz. Quando acumulamos o cansaço, os malefícios começam a aparecer: nos irritamos mais facilmente, diminuímos nossa capacidade de concentração, reduzimos nossa imunidade e atraímos doenças, como gripes e resfriados.

exagero de peso no treino

Durante o sono, o organismo produz muitas substâncias importantes, entre elas a testosterona e o GH (hormônio de crescimento). Esses são significativos para a construção muscular – por isso que tão importante quanto fazer atividade física é descansar e se recuperar bem dela.

Mas, não deixe de fazer exercício! Nos dias mais cansativos, opte por treinos leves, como uma caminhada ou outro exercício aeróbico. A prática regular de atividade física também traz uma melhora para o sono.

Percebeu? Um depende do outro para funcionar bem! O sono é amigo da atividade física e a atividade do sono. Os dois em conjunto se ajudam para melhorar como um todo a qualidade de vida.

[LEIA TAMBÉM: RECUPERAÇÃO PÓS-TREINO]

É importante procurar saber qual o seu melhor horário para realizar exercício físico: de manhã, de tarde ou de noite. Cada indivíduo tem o período do dia que está mais disposto e rende mais no treino.

Ainda, é importante lembrar que, se optar por treinos noturnos, atente-se em terminá-lo, pelo menos, 3 horas antes do seu horário de dormir, pois o exercício libera uma substância chamada adrenalina, que pode te deixar ainda mais “ligado” e atrapalhar a qualidade do seu sono.

como dormir melhor

Durante o descanso, o corpo recebe todos os benefícios da atividade física. Quando treinamos casados, terminamos o treino pior do que quando começamos e acabamos por não receber os benefícios adequados. Quando nos exercitamos, gastamos energia, desprendemos os resíduos tóxicos e consumimos nutrientes, além de provocar lesões nos ossos e nos músculos.

[CONFIRA TAMBÉM: 5 HÁBITOS PARA DORMIR MELHOR]

Depois de tudo isso, para a recuperação, precisamos repor essas energias e esses nutrientes gastos, reconstruindo as lesões musculares e ósseas. Para a efetivação em 100%, é necessário uma boa nutrição e um excelente descanso. Sem o descanso e a regeneração de todo esse trabalho, não tem como realizar um novo desgaste, não é mesmo?


Este texto foi revisado pelo Profissional: Marlise Carvalho (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário