Tabela IMC – Veja aqui como Funciona a Tabela que Indica Seu Peso Ideal

Estar dentro do peso ideal é o desejo de todas as pessoas. Em alguns casos o desejo se dá devido à questões estéticas, outras vezes a pessoa precisa emagrecer ou engordar por questões de saúde. Consulte aqui a tabela do IMC e veja qual o peso ideal e em que categoria você se enquadra!

O peso de uma pessoa é um grande indicador de sua saúde. É preciso estar no peso ideal para ser ainda mais saudável. Porém, esse pensamento já tem ficado ultrapassado, tendo em vista que uma pessoa considerada magra de mais pode ser saudável e estar em dia com todos seus nutrientes e vitaminas. Já outra considerada mais cheinha que o normal, também pode estar com os níveis de glicose e colesterol dentro dos recomendados.

O Índice de Massa Corporal, ou popularmente conhecido por IMC, é um cálculo que ajuda a pessoa a saber de está ou não dentro do seu peso ideal. É uma conta conhecida há anos e muito fácil de fazer, que já ensinamos anteriormente. Para calcular seu IMC é preciso saber seu peso e altura. Então tenha esses dados em mãos antes de continuar a ler o post.

Como funciona o IMC?

tabela imc

O IMC leva em consideração quanto uma pessoa pesa e qual sua altura. Assim é possível saber se ela está dentro do peso considerado saudável, de acordo com sua altura ou não. Porém o IMC é um cálculo falho, pois cada pessoa tem seu próprio organismo. Para crianças, atletas com músculos muito desenvolvidos, o cálculo pode não funcionar, tendo em vista que essas pessoas podem pesar mais do que aparentam.

Um músculo pesa muito mais do que gordura. Então duas pessoas podem ter o mesmo peso, altura e IMC e uma ser obesa, enquanto a outra é malhada e com músculos definido. Por isso sempre preste atenção em outros aspectos da sua saúde para saber como está seu corpo. Afinal, a saúde é muito mais importante do que o peso.

E caso esteja achando que está acima do peso e queira emagrecer por questões estéticas, lembre-se que você pode estar emagrecendo, sem que isso interfira no ponteiro da balança, caso esteja fazendo exercícios de musculação.

Como calcular?

Para calcular seu IMC você deve dividir seu peso por sua altura ao quadrado. Ou seja, IMC = Peso / altura x altura.

Para quem não é tão bom assim em matemática, você deve primeiro multiplicar seu peso pelo seu peso. Depois você dividi o quanto mede de altura pelo resultado do cálculo da multiplicação. Sua altura deve estar em metros e seu peso em KG.

Estou no peso ideal?

Como já explicamos acima, depende! A tabela do IMC serve apenas como um indicativo para você se basear. Ela não deve ser considerada 100% já que uma pessoa pode ter por exemplo, ossos maiores ou músculos e outras serem mais cheinhas mesmo. É mais fácil utilizá-la, pois você não precisa fazer o cálculo do IMC, basta olhar na linha de cima qual seu peso e acompanhar na coluna do lado esquerdo sua altura. Depois de achar o pondo de encontro onde elas se encaixam, veja a cor do quadradinho. Consulte onde você se encontra na tabela do IMC:

tabela IMC

  • O azul marinho indica que a pessoa está muito abaixo do peso de uma forma muito grave.
  • O azul escuro indica que está abaixo do peso de uma forma grave.
  • O azul claro indica que ela está um pouco abaixo do peso ideal.
  • O verde indica que a pessoa está dentro do recomendado do IMC.
  • A cor amarela indica um sobrepeso.
  • O laranja claro indica obesidade nível 1.
  • Laranja escuro mostra que a obesidade está no nível 2.
  • O vermelho indica obesidade mórbida.

Consequências

Muita gente acha que estar fora do peso certo, seja acima ou abaixo do indicado, é apenas uma questão estética, mas não. O problema de peso afeta diretamente a saúde. Veja alguns problemas que podem acontecer:

  • Abaixo do peso: deficiência de vitaminas e nutrientes, queda de cabelo, falta ou atrasos na menstruação, fadiga, stress, ansiedade, anemia.
  • Acima do peso: problemas de circulação, fadiga, varizes, angina, diabetes, infarto, aterosclerose, apneia do sono, falta de ar, refluxo, escaras, dificuldades de locomoção, riscos maiores de AVC.

Quando se mantém dentro do peso e possui uma alimentação equilibrada a pessoa aumenta sua qualidade de vida, se sente mais dispostas, repõem todos os nutrientes que seu corpo precisa e diminui as chances de ter diabetes, problemas cardíacos e vasculares.

Ao perceber uma variação muito grande de peso consulte um médico, você pode fazer um acompanhamento de dieta com um nutricionista e exercícios físicos.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário