Spirulina – Benefícios, Como usar, Indicações e Contraindicações

Você está buscando um suplemento para aumentar o seu desempenho e a sua disposição? Então, confira, aqui no QVB, os benefícios do Spirulina para a saúde!

A spirulina é um composto com biomassa de cianobactérias, o que significa dizer que são algas verde azuladas, que têm o nome popular de spirulina.

Até o século 16, a spirulina era cultivada pelos astecas, inclusive sendo usada como uma das principais fontes de alimento. A partir daí, com a drenagem dos lagos e rios, o uso da spirulina caiu em desuso e foi redescoberta somente por volta de 1940. Então, passou a ser estudada e novamente cultivada em larga escala, porém, dessa vez, sendo explorado o seu lado medicinal.

Trata-se de um alimento muito rico em nutrientes, se popularizando no tratamento da desnutrição e como suporte alimentar em missões espaciais. Em sua composição, encontramos muitas proteínas, vitaminas do complexo B, principalmente a tiamina e riboflavina, minerais, ácidos graxos, ácido Gama linolênico, ácido alfa-linolênico, ácido linoleico e ácido estearidônico.

Além disso, ela é rica também em proteínas, aminoácidos e minerais, como manganês, potássio, magnésio e sódio. Por todos esses motivos, Spirulina é considerada um superalimento.

[CONFIRA TAMBÉM: COENZIMA Q10]

Spirulina

Tabela nutricional Spirulina

Cada 7 gramas de spirulina (o equivalente a um uma cápsula) contém:

  • 20 calorias;
  • 3g de proteínas;
  • 3,7g de carboidratos;
  • 0,3g de fibra;
  • 1g de gorduras.

Benefícios da Spirulina

Normalmente usada como suplemento alimentar, ela repõe alguns nutrientes no corpo humano, sendo inclusive ideal para pessoas veganas ou vegetarianas, por ter um alto valor proteico.

Quer saber mais a respeito dos benefícios desse suplemento? Confira, a seguir, as 7 principais contribuições deste produto.

[CONFIRA TAMBÉM: SUPLEMENTO ESTROGÊNIO]

Emagrecimento

A spirulina tem sido largamente divulgada na ajuda de dietas e regimes para emagrecimento, pois supre a quantidade nutricional diária em algumas dietas para esse fim específico.

Também, por ser um alimento de digestão lenta, faz com que o organismo se sinta mais saciado e por mais tempo, reduzindo, assim, a vontade de comer todo o tempo.

Tonificação dos músculos

As proteínas contidas na spirulina são grandes aliadas para o ganho de massa muscular, pois são fundamentais na construção e reparação do tecido muscular, aumentando a força muscular sem afetar a resistência física.

O uso da spirulina é indicado inclusive no alívio do acometimento de pequenas lesões musculares. Seu conteúdo antioxidante ajuda a conter a fadiga muscular, sendo apropriado para o consumo de quem faz muitos exercícios físicos.

Combate ao câncer

Também por ser uma fonte de antioxidantes, confere uma proteção contra inflamações crônicas que podem gerar o câncer – principalmente o câncer de boca.

Além da ficocianina, que confere o tom verde azulado dessa bactéria, inibe a produção de células do processo inflamatório, agindo diretamente na prevenção do câncer.

Combate à anemia

A alta concentração de ferro, que é responsável pelo transporte de oxigênio para as células e pela fabricação de hemoglobina, faz com que a spirulina seja perfeita para esse fim.

[CONFIRA TAMBÉM: L-CARCITINA]

Saúde dos ossos

A spirulina tem uma grande concentração de cálcio (180% maior que o leite), e isso contribui no fortalecimento dos ossos e na prevenção de osteoporose. Principalmente se ingerido com leite, esse fator é super potencializado, sendo, portanto muito indicada para quem passou por algum quadro de fratura em qualquer parte do corpo, ou encontra-se com osteoporose.

Spirulina

[CONFIRA TAMBÉM: PASSIFLORA]

Controle do colesterol

Por conter ácidos graxos da família Ômega, que é conhecida por baixar os níveis de colesterol ruim no sangue, a spirulina serve também a esse propósito. A ficocianina inibe a atividade da lipase pancreática e reduz a absorção de colesterol, além de reabsorver a bile.

Outros benefícios nesse sentido ainda estão em estudos, principalmente por pesquisadores europeus da Liverpool University Hospitals, na Inglaterra, que visam aprovar vários outros benefícios da spirulina na saúde cardiovascular.

Concentração de betacaroteno

Essa substância encontrada em quantidades significativas na spirulina ajuda na saúde do cabelo, dos dentes, das gengivas, das membranas mucosas, dos olhos e da pele. 

Por ser um antioxidante, o betacaroteno protege as células dos radicais livres, que podem causar o envelhecimento precoce e algumas doenças.

Controle da glicemia

Estudos feitos em ratos e em humanos verificaram que a spirulina é capaz de reduzir o açúcar no sangue, sendo um bom alimento para os diabéticos.

Esses são apenas alguns poucos benefícios o que o consumo da spirulina traz para o ser humano. Há muitos outros comprovados e muitos outros ainda em estudos.

É sempre bom lembrar que a spirulina é um suplemento alimentar que não substitui nenhum tipo de remédio, muito embora, em muitos casos, ela venha complementar alguns tipos de tratamentos médicos.

[CONFIRA TAMBÉM: TRIBULUS TERRESTRIS]

Onde comprar?

A spirulina é facilmente encontrada em Farmácias de Manipulação, em forma de cápsula. Sua formulação em pó pode ser encontrada em casas de produtos especializados e em lojas de produtos alimentares para fisiculturismo.

Spirulina

[CONFIRA TAMBÉM: GINKGO BILOBA]

Contraindicações

A spirulina é contraindicada para gestantes, lactantes e crianças. O ideal é que se passe por um nutricionista para que este receite a quantidade necessária no dia.

Seu consumo varia entre 1 e 8 gramas diárias. Ela também pode ser consumida in natura, mas as formas mais comuns são em comprimidos e em pó.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário