Sintomas da azia – O que é? Causas e Sinais

Você sabe quais são os sintomas da azia? Confira as causas, os sinais e as formas de tratamento, só aqui no Quero Viver Bem!

A azia é um problema que atinge cerca de 10% dos brasileiros adultos, de forma crônica, ou seja, por um longo período. Ela é responsável por provocar um sintoma típico: a sensação de queimação no estômago, podendo se estender até a garganta.

Essa queimação costuma ser deixada de lado por algumas pessoas ou confundida com outros problemas menores, mas é importante estar sempre atento ao sintoma, para evitar complicações e doenças no aparelho digestivo, como a gastrite e a úlcera.

Para auxiliar nessa tarefa, preparamos uma lista com todos os sintomas da azia, bem como suas principais causas e suas formas de diagnóstico e tratamento. Confira e aprenda a combater esse problema e garantir uma ótima saúde, aqui no Quero Viver Bem!

O que é a azia?

sintomas da azia3

A azia é um sintoma base/principal que indica que algo não vai bem com o sistema digestivo. Ela se caracteriza por provocar sensação de queimação no estômago, podendo ser suave (em casos leves) ou intensa (em quadros graves).

De modo geral, o problema pode ser um caso isolado ou indicar a presença de doenças, como gastrite, úlcera, hérnia de hiato e refluxo gastroesofágico – opção mais comum, na qual o suco erosivo gástrico escapa para o esôfago, órgão que não tem estrutura para receber esse material.

Sintomas da azia

A queimação no estômago é o sintoma principal e mais marcante da azia, mas esse problema também pode desencadear outros secundários, que são bastante incômodos, como:

  • Sensação de queimação que se origina na boca do estômago e, em alguns casos, pode se estender pelo esôfago e pela garganta;
  • Dor intensa torácica, que muitas vezes é confundida com infarto ou dor da angina (problemas cardíacos);
  • Doenças associadas ao pulmão e sistema respiratório, como asma, bronquite e pneumonia. Nesse caso, tais enfermidades surgem de forma repetitiva;
  • Tosse seca;
  • Inchaço abdominal;
  • Indigestão e sensação de estômago cheio;
  • Arroto involuntário e constante;
  • Gosto amargo ou ácido na boca.

Um detalhe importante é que esses sintomas costumam aparecer nas duas primeiras horas após a refeição, durante o processo de digestão. Além disso, também são recorrentes ao se deitar.

Principais causas da azia

sintomas da azia

Doenças preexistentes

A azia pode estar associada a doenças preexistentes, como gastrite, úlcera, refluxo gastroesofágico e hérnia de hiato. Geralmente, tratando esses problemas, é possível eliminar a azia.

Exagero em refeições

Comer muito não é um bom negócio, porque o estômago se expande demasiadamente, o que dificulta o fechamento do esfíncter do esôfago e faz com que a comida e o suco gástrico retornem ao órgão e à garganta, provocando a azia.

Tabagismo

O fumo provoca má digestão e relaxa o esfíncter esofágico, o que significa que aumenta o risco de refluxos e azia. Parar de fumar elimina esses problemas em curto prazo.

Excesso de cafeína

Alimentos e bebidas com cafeína (café, chás e chocolate) são inimigos e podem desencadear o problema, porque essa substância aumenta a movimentação do estômago, maximizando o risco de refluxo e azia.

Obesidade

A gordura abdominal aumenta a pressão feita sobre o estômago, maximizando o risco de refluxo e sensação de queimação típica da azia. Nesse caso, recomenda-se uma melhor alimentação e a perda de peso como métodos de tratamento.

Por que os sintomas da azia acontecem?

Os sintomas da azia ocorrem porque o suco gástrico, que é responsável pela digestão dos alimentos, escapa do estômago e faz o caminho inverso de tudo o que foi ingerido, passando pelo esôfago e chegando até a boca.

O grande problema é que esse suco, que consegue digerir alimentos fibrosos como a carne, é altamente corrosivo, e demais órgãos não estão preparados para recebê-lo, o que acaba provocando irritações e queimação. Em alguns casos, a substância deixa feridas e prejudica, até mesmo, a qualidade dos dentes.

Consulte um médico

Embora os sintomas da azia surjam inicialmente de forma leve, é essencial acompanhar se tais reações vão embora em poucos dias ou se permanecem e se intensificam.

Se forem constantes e durarem por mais de uma semana, procure um médico, que pode ser desde o clínico geral até o gastroenterologista. O profissional analisará o paciente e pedirá exames para diagnóstico, como a endoscopia e o pHmetria.

O tratamento terá como base combater o que provoca a azia, com uso de medicamentos e alteração na alimentação, adotando hábitos de vida mais saudáveis. Se o caso for grave, uma intervenção cirúrgica pode ser indicada.

Gostou? Confira, também, remédios caseiros para queimação no estomago e azia!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário