Saúde da Boca – Principais doenças, Como tratar?

Veja aqui quais são as principais doenças e como tratá-las. Confira aqui as principais dicas para deixar o seu hálito e boca saudáveis.

Embora ignorado por muitas pessoas,a saúde da boca é uma das primeiras que devemos nos preocupar, isso porque é a parte do corpo onde podem entrar inúmeros vírus prejudiciais à saúde.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o problema não está somente nas cáries, mas, também, em alguma alteração que pode acometer outras partes do organismo.

Por isso, alterações em gengivas, língua, aftas que não desaparecem depois de 2 semanas, mau hálito persistente e mudanças de cor das partes moles da boca devem ser investigados.

saúde da boca

Hábitos prejudiciais para a saúde da boca

O rosto e o sorriso são nosso cartão postal, é a primeira coisa que as pessoas têm contato, por isso é importante manter essa região bem cuidada. Para uma saúde perfeita da boca, não basta escovar os dentes 3 vezes ao dia. Existem outros hábitos que podem ser prejudiciais, confira:

1- Escova de dente antiga – não substituir a escova de dentes regularmente é um grande erro cometido pela maioria das pessoas. É essencial fazer isso a cada 3 meses e também depois de doenças infecciosas, comogripes, resfriados, aftas e inflamações na garganta;

2-Consumo de muitos doces e refrigerantes – é importante lembrar que o esmalte dos dentes não possui a capacidade de regeneração e o consumo desses alimentos pode causar o amolecimento do esmalte;

3- Mastigação de um lado só – esse é um erro muito comum, entretanto pode prejudicar a arcada dentária e promover o aumento na musculatura;

4- Tabagismo– o fumo deixa os dentes amarelos e também pode provocar mau hálito, inflamação na gengiva e até câncer na garganta;

5- Ranger dentes – esse fenômeno acontece enquanto a pessoa dorme, podendo, a longo prazo, desencadear o desgaste dos dentes, havendo a necessidade de restaurações frequentes. Essa condição é chamada de bruxismo e pode acontecer em pessoas ansiosas ou com problemas de oclusão;

6- Roer unhas – os dentes podem sofrer fraturas com esse tipo de hábito, além disso, as unhas carregam muitas bactérias que podem ser prejudiciais à saúde.

É importante ressaltar que existem muitos hábitos prejudiciais à saúde da boca. Os dentes jamais devem ser usados como ferramentas para abrir embalagens, roer tampas de canetas, ingerir alimentos muito duros, mascar chicletes, chupar dedo, entre outros vícios que podem danificá-los e contribuir para o transporte de microorganismos maléficos para nosso organismo.

autoexame da boca

Dicas de Higiene para a Saúde da Boca

Garantir uma boa saúde da boca exige disciplina e hábito, pois é a melhor forma de prevenir problemas dentários mais graves. Além disso, ajuda na manutenção de um corpo mais saudável, eliminando as chances de alojamento de bactérias.

Para conseguir uma boa saúde da boca, os passos essenciais são:

  • Comer somente nos horários certos, dessa forma você evitar que os dentes fiquem sem escovação a maior parte do dia;
  • Escovar os dentes após as principais refeições;
  • Usar fio dental diariamente;
  • Não fumar e ingerir bebidas alcoólicas com moderação;
  • Usar produtoscom flúor para enxaguar a boca.

A escovação correta é feita delicadamente, sem agredir a gengiva. Os movimentos são curtos e de trás para frente. Não esqueça de escovar a língua, para remover as bactérias, depois, use o fio dental.

Tratamentopara saúde da boca

Todos os anos fazemos exames preventivos, seja de sangue, imagens, entre outros. No entanto, a maioria das pessoas não associam essa prevenção com os dentes, o que é um grande erro, uma vez que a boca pode ser a porta de entrada de inúmeras doenças.

Quando cuidamos dos dentes isso se reflete no corpo. O tratamento odontológico é essencial, para evitar infecções que podem causar danos ao coração, aos pulmões e problemas nas gengivas, por exemplo.

O tratamento para a saúde da boca envolve:

  • Os cuidados diários de higiene com os dentes;
  • Consultar o dentista regularmente, em todas as fases da vida (infância, adolescência, idade adulta…) para a manutenção dos dentes e das gengivas.

Com a visita ao dentista é possível detectar outras condições que exigem cuidados mais avançados, como o uso de aparelhos dentários, cáries, bruxismo, periodontite, retração da gengiva, dente do siso, gengivite, entre outros problemas que podem acometer a saúde bucal.

A importância do acompanhamento profissional

Hoje em dia, o número de tratamentos para a saúde da bocaevoluíram muito. Os profissionais dentistas realizam inúmeros procedimentos de prevenção, manutenção e, também, resolução de problemas relacionados aos dentes, à boca e à gengiva.

Além disso, o profissional atua na parte estética e funcional, que visa a criação de próteses, clareamentos e implantes dentários. Esses são procedimentos que devolvem a vontade de uma pessoa sorrir novamente.

O acompanhamento de um profissional dentista é essencial, por isso, é indispensável colocar um horário na sua agenda para exames preventivos e de cuidados com a saúde. É indicado buscar um profissional dentista, ao menos, 2 vezes ao ano.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário