Rivotril – Gotas e Comprimido. Para que serve? Veja como tomar

Você sabe para que serve o Rivotril? Confira aqui as informações da bula oficial do medicamento, incluindo como tomar, indicações, contraindicações e a lista de efeitos colaterais.

O Rivotril é um medicamento que pertence ao grupo dos benzodiazepínicos, sendo que o seu principal objetivo é atuar em algumas funções do sistema nervoso, conferindo uma leve sedação, relaxamento muscular e ação tranquilizante. Além disso, o Rivotril também é utilizado por suas propriedades anticonvulsivantes.

O uso do Rivotril para tratar diversos males ligados ao sistema nervoso está sendo cada mais difundido entre pessoas de todas as idades. A vida moderna trouxe inúmeros distúrbios emocionais, em que são exigidos tratamentos para controlar esses problemas – e um deles é medicamentoso.

Indicação do Rivotril

rivotril bulaO Rivotril é um dos ansiolíticos mais conhecidos no mercado e está associado ao tratamento de inúmeras condições de saúde, entre elas:

  • Transtorno de Ansiedade Generalizada;
  • Síndrome do Pânico;
  • Transtorno Bipolar;
  • Tratamento de manias;
  • Depressão;
  • Distúrbios epilépticos;
  • Síndrome de West;
  • Síndrome de Lennox;
  • Síndrome das pernas inquietas;
  • Vertigens;
  • Síndrome da boca ardente;
  • Problemas de equilíbrio.

A posologia do Rivotril é, geralmente, uma dose única diária. Ele é vendido em forma de comprimidos, sublingual ou em gotas, entretanto pode ser adquirido somente com prescrição médica.

As doses para cada pessoa podem variar, sendo que somente um médico poderá fornecer a receita do tratamento de forma individualizada. A ação do Rivotril pode durar de 6 a 8 horas em crianças e de 8 a 12 horas em adultos.

Geralmente, os médicos indicam começar o uso do Rivotril com uma quantidade pequena, se necessário aumentam a posologia aos poucos.

Contraindicações do Rivotril

O Rivotril é um medicamento que proporciona alívio rápido aos sintomas, por isso, muitas pessoas que sofrem com distúrbios emocionais fazem uso desse recurso. Entretanto, ele é contraindicado nos seguintes casos:

  • Pacientes que sofrem de Síndrome de Pânico e possuem algum histórico de apneia do sono;
  • Portadores de glaucoma agudo de ângulo fechado – aqueles que possuem glaucoma de ângulo aberto só podem usar esse medicamento, caso esteja tratando o problema;
  • Pessoas que possuem problemas no fígado;
  • Pacientes com insuficiência respiratória;
  • Alérgicos aos componentes do Rivotril.

rivotril como usar

Cuidados com o Rivotril

O Rivotril não cura nenhuma doença. Atualmente há uma grande quantidade de pessoas que tomam essa medicação para tratar de distúrbios de ansiedade e pânico, sem muito rigor dos médicos.

Quando o paciente para de tomar a medicação, é muito provável que os sintomas apareçam novamente, por isso, alguns especialistas na área incentivam o uso de outras terapias não medicamentosas para conter o problema.

Embora muitos pacientes precisam da medicação, é preciso alertar para as reações – que, inclusive, constam na bula. Algumas delas são:

  • Queda em idosos;
  • Convulsões;
  • Amnésia, alucinações, histeria, insônia;
  • Pensamento suicida;
  • Nervosismo, irritabilidade, agitação;
  • Dores de cabeça;
  • Tremores;
  • Problemas na fala;
  • Dor no tórax;
  • Palpitações;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Distúrbios oculares;
  • Distúrbios no sistema respiratório;
  • Respiração ofegante;
  • Renite, faringite.

É importante lembrar que usuários de Rivotril não podem operar máquinas ou dirigir, em alguns casos, pois o medicamento pode ocasionar lentidão nas ações, apagões, falhas de memória e concentração.

O objetivo dessas informações não é assustar as pessoas, mas sim alertá-las, pois existem mais possíveis efeitos colaterais e medidas de precaução contidas na bula oficial em pdf do medicamento.

O Brasil está entre os Países que mais receitam o Rivotril. Em alguns lugares, como nos Estados Unidos, o uso desse medicamento é feito com mais cautela.

Alguns especialistas defendem que o tratamento para ansiedade e pânico não deve ser somente medicamentoso e sim terapêutico, em que as causas do problema devem ser investigadas para o controle.

rivotril para que serve

Qual médico pode receitar o Rivotril

Medicamentos como o Rivotril podem ser receitados por médicos de diversas especialidades, como:

  • Neurologistas;
  • Psiquiatras;
  • Clínicos;
  • Cardiologistas;
  • Endocrinologistas;
  • Ginecologistas.

Uma pesquisa mostrou que o psiquiatra não é o profissional que mais receita o Rivotril, mas sim, as outras citadas.

Geralmente, o Rivotril não é usado como alternativa a longo prazo, os próprios médicos indicam a busca de novos recursos para tratar ansiedade, pânico e outros distúrbios emocionais. O paciente também deve acreditar em novas terapias para controlar o problema, pois medicamentos como Rivotril viciam e podem causar dificuldades para o desmame.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário