Quais são os principais riscos do excesso de sódio?

Veja aqui quais são os principais riscos do consumo alto de sódio na alimentação, como conseguir diminuir esse hábito e outras dicas.

O sal é um elemento da natureza muito importante para todas as formas de vida, isso porque é um íon que mantém o equilíbrio do meio em que as células se encontram, favorecendo a relação ácido base dos organismos vivos. Além disso, é responsável por fazer a retenção de água e é importante para a função neuromuscular.

O cloreto de sódio, mais conhecido como sal de cozinha, é de extrema importância para a sobrevivência. Infelizmente, o consumo excessivo é uma realidade, sendo que o valor máximo para a ingestão é de 5 gramas por dia, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) – entretanto, a média nacional é mais do que o dobro: aproximadamente 12 gramas.

 

Problemas Acarretados

Quais são os principais riscos do excesso de sódio?

O excesso desta substância no corpo humano é responsável pelo aumento de doenças crônicas, tais como problemas cardiovasculares, hipertensão e patologias renais. Além disso, pode-se ter o efeito cascata, em que uma coisa leva a outra, e assim por diante.

A elevada ingestão deste produto pode desenvolver hipertensão, e esta, por sua vez, pode ser responsável por um acidente vascular cerebral (AVC), infarto ou, até mesmo, aneurisma.

Hipertensão

O cloreto de sódio é um dos principais causadores do aumento da pressão arterial. Esse é um dos motivos que levam o coração a trabalhar muito mais para que ele possa bombear a mesma quantidade de sangue para o corpo todo.

A hipertensão ainda pode ocasionar mais patologias, inclusive, levar à morte do paciente, ocasionada, por exemplo, por acidente vascular cerebral.

Outro problema que pode acontecer é o aneurisma, que nada mais é do que o entupimento de uma veia – normalmente, a aorta, próxima ao coração ou no cérebro. A pessoa só sente os seus sintomas a partir do momento que a veia rompe-se, provocando uma hemorragia.

Retenção de água

Um dos problemas ocasionados pelo consumo em excesso do cloreto de sódio é o fato de que o elemento promove a retenção de líquidos, ou seja, isso acaba causando a sensação de inchaço. Essas células inchadas provocam as terríveis celulites.

Problemas Renais

Ingerir qualquer substância em excesso é saturar o nosso sangue. Infelizmente, quem sofre com isso são os nossos rins, já que eles são responsáveis pela filtragem de todas as impurezas e afins presentes. Portanto, o excesso de consumo de sódio pode sobrecarregar os rins e causar cálculo renal (pedra no rim).

Envelhecimento

Ele acaba provocando o envelhecimento precoce das células, já que desacelera o metabolismo, tornando-o mais lento e causando a morte das células.

Osteoporose

Ter uma grande quantidade deste elemento químico em seu corpo é perigoso, já que ele acaba desequilibrando a reação de formação dos ossos, utilizando o cálcio, o que provoca a osteoporose.

Como reduzir o consumo?

Quais são os principais riscos do excesso de sódio?

Para determinadas pessoas, o seu consumo é algo complicado, ainda mais porque a maioria dos alimentos industrializados contém sal. Mesmo aqueles que não usam o termo ‘’sal’’, todo produto industrializado acaba tendo um conservante, e é neste ponto que ele entra.

Use outros temperos

Por que não tentar diminuir o sal e complementar o tempero com pimenta, limão, ervas, cebola, etc. Procure inovar neste quesito e ver qual sabor mais lhe agrada.

Reduza aos poucos

Não tome a atitude de tirá-lo completamente. Uma opção interessante é fazer uma redução gradativa, desta forma, será mais fácil. Quando colocar comida no prato, por exemplo, seja em casa ou em restaurantes, não adicione mais sal, a comida já estará temperada. Para saladas procure utilizar vinagre, azeite ou limão.

Evite os industrializados

Como mencionado, evite os industrializados, que no geral possuem muito sódio, seja para salgar o alimento ou para conservá-lo. Salgadinhos, refrigerantes, miojo, temperos prontos, bolachas são os que mais apresentam o nutriente.

Ingira mais in natura

Opte sempre por alimentos naturais, isso é válido especialmente para frutas, legumes, verduras e outros.

 

Deve-se ter todo um cuidado acerca da ingestão do sal na alimentação, uma vez que, em excesso, ele proporciona problemas de saúde graves.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário