Ricota é queijo? Receita de como fazer, Benefícios e Tabela Nutricional

Entenda aqui como é feita a ricota e compreenda quais são seus benefícios e a tabela nutricional completa deste lanche perfeito.

Ricota é o nome de um queijo magro, considerado saboroso, principalmente por ser uma espécie de massa mole com baixíssimo teor de gordura. Por ser muito recomendado em dietas com restrição de gordura ou mesmo para todos que buscam uma alimentação mais saudável, a ricota é curiosa por sua fabricação.

Descubra, aqui, como o queijo ricota é feito, sua composição, quais são os benefícios para a saúde e se existem malefícios no consumo!

Ricota: queijo que não é queijo?

A ricota não é propriamente um queijo, muito embora seja classificada nos mercados como tal. Mas você sabe qual é a razão disso? É bem simples. O dito “queijo” vem de um processo de fabricação diferente, feito a partir do soro do leite e não do leite, como no caso da maioria dos queijos. Esse soro corresponde a uma parte aquosa, responsável pela consistência mais mole, embora não pastosa.

Ainda tratando-se de sua forma de produção, o queijo ricota é de coloração branca e de sabor suave, que pode ser, ou não, levemente salgado. Esse curioso laticínio é, portanto, ser apontado como um subproduto da fabricação de queijos, como é o caso do provolone.

queijo ricota

Como fazer Queijo Ricota – Receita passo a passo

É importante dizer que o soro do leite é rico em albuminas e globulinas – proteínas de alto valor biológico –, coaguladas por meio do uso de calor e acidificação.

Originária da Itália, a ricota tem um preparo bem simples. Veja, de forma resumida, como o queijo ricota é criado industrialmente:

  1. Após feita a fabricação dos demais queijos, o soro de leite obtido precisa ser aquecido em uma temperatura em torno de 85 °C;
  2. Há a adição de agente coagulante, que pode ser fermento lático, vinagre, suco de limão ou outro;
  3. Quando as proteínas iniciam, o que se chama de “flocular”, isto é, a formação de flocos que aparecem na superfície, aumenta-se a temperatura para até 95 °C e interrompe-se o processo;
  4. Após, a massa formada é retirada e posta nas formas de queijo para dessorar (separação do soro);
  5. Um dia depois, o queijo ricota é retirado das formas e preparado nas embalagens plásticas – a vácuo ou não – e com armazenamento em temperatura refrigerada.

Agora, veja como você pode fazer uma deliciosa ricota caseira:

  1. Em uma panela alta, aqueça 1 litro de leite;
  2. Quando começar a levantar fervura, desligue o fogo e adicione de 3 a 8 colheres (sopa) de vinagre (vá adicionando uma por uma, até que comece a formar coágulos);
  3. Se quiser, adicione sal e deixe descansar por uns 20 minutos;
  4. Para separar a “massa” do soro, basta colocar em um pano fino e limpo e espremer bem;
  5. Transfira essa massa para um recipiente com tampa e leve a geladeira.

O soro do leite, também chamado de soro de queijo, é a fração que se separará da “massa” durante o processo de fabricação dos outros queijos. No Brasil, a ricota é especialmente elaborada a partir do soro de leite de vaca, ao contrário de outros países (como Itália e França) onde há uma elevada utilização de soro de leite de ovelha.

Independentemente disso, o queijo ricota é visto como uma alternativa de produto laticínio para quem busca algo apetitoso e saudável.

receita de ricota

Propriedades e Tabela Nutricional

A ricota é um alimento bem nutritivo e que possui poucas calorias, sendo que grande parte dos nutricionistas recomendam uma porção diária de 30 gramas – o equivalente a 2 pedaços pequenos de ricota. Essa porção oferece, aproximadamente, 52 calorias.

A partir do ponto de vista nutricional, o queijo ricota é composto por:

  • Cálcio, que auxilia na formação e manutenção dos ossos e da contração muscular,
  • Proteína de alto valor biológico – oferece todos os aminoácidos essenciais ao organismo, principalmente para crescimento, desenvolvimento, regulação e defesa do corpo;
  • Certos minerais, tais como selênio (antioxidante, agindo no sistema de defesa), fósforo (está relacionado à geração e regulação de energia), iodo (age em várias funções no sistema nervoso e cardiovascular) e zinco (associado ao crescimento e desenvolvimento do corpo);
  • Lactose, que naturalmente está presente no leite, muito embora o processo de fabricação da ricota faça com que o teor de lactose seja reduzido: um fator decisivo para pessoas com intolerância à lactose;
  • Vitaminas A, B, D e E.

Por curiosidade, o queijo ricota possui um equilíbrio entre a quantidade de potássio e sódio em sua composição.

Benefícios e malefícios do uso de queijo ricota

A ricota tem como grande vantagem seus diferentes jeitos de consumo. Você pode consumi-la como acompanhamento de pães e torradas, além de ser um ingrediente para receitas salgadas e doces, pastas, molhos e cremes.

Excelente fonte de proteínas, a ricota é vista como um alimento completo e interessante para muitas dietas. Veja seus vários benefícios na lista, abaixo:

  • Possui quantidade reduzida de sódio – esse mineral, quando em excesso no organismo, pode causar retenção de líquido, provocando inchaço e até aumento da pressão arterial;
  • Possui pouca gordura;
  • Fortalece os ossos e dentes;
  • Previne a osteoporose;
  • Acelera o processo de ganho de massa muscular magra;
  • Facilita a digestão;
  • Possui poucas calorias;
  • Ajuda a prevenir doenças crônicas, como os problemas cardíacos e o câncer.

De malefícios, o importante a ser abordado em relação ao queijo ricota é a variação no teor de sódio. Pela existência de diferentes marcas, o produto pode conter números significativos e bem distintos quanto a esse mineral. Por isso, é recomendável que se verifique o rótulo com as informações nutricionais antes da compra e, de preferência, fazer uma comparação com as marcas disponíveis. Procure sempre escolher a mais saudável, com menos sódio e com a menor quantidade de ingredientes. Ou então faça a sua própria ricota com a receita citada a cima, é muito fácil e saborosa!

Estudos realizados há alguns anos apontaram que as variações de sódio entre os fabricantes de queijo ricota chegaram a 10,5 vezes, enquanto que outros queijos brancos ultrapassaram 13 a 14 vezes. Cuide da saúde e use a ricota como uma opção consciente e adequada.

Por ter um sabor bem suave, a ricota vai bem com praticamente tudo, sendo possível ser usada tanto em receitas doces quanto em salgadas. É um bom alimento para ser incluído em dietas de emagrecimento, para ganho de massa magra ou mesmo para quem quer apenas ter uma alimentação mais saudável.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário