Remédios caseiros para frieira – 6 tratamentos para curar a dor e a coceira!

Sofre com frieiras? Confira, aqui no Quero Viver Bem, 6 soluções naturais e caseiras de remédios para solucionar o seu problema!

A frieira, ou pé-de-atleta, é um tipo de micose, transmitida pelo fungo Tricophyton, que se desenvolve especialmente entre os dedos do pé e da mão. As principais causas de contaminação são contato com ambientes, objetos ou diretamente com pessoas contaminadas (uma vez que é transmissível) ou por manter os pés abafados com o uso prolongado de sapatos fechados.

Os principais sintomas da frieira são sensibilidade, coceira, dor, ardência e rachaduras/fissuras e manchas vermelhas e arredondadas no local contaminado. Mas, não pense que o problema não tem solução!

Neste artigo, apresentaremos alguns remédios caseiros para frieira ajudar no seu tratamento. Confira, a seguir no Quero Viver Bem, 6 dicas incríveis!

Alho

alho

O alho é um bom aliado no combate à frieira porque tem propriedades antimicrobianas.

Ingredientes:

  • 3 dentes de alho;
  • Panela ou pote com água.

Modo de preparo: amasse os dentes de alho e coloque-os na água. Deixe repousar por aproximadamente cinco horas e aplique a mistura diretamente na pele.

Também é possível aplicar o dente de alho amassado diretamente na frieira, durante o banho.

Batata

O uso deste tubérculo é recomendado para o tratamento da frieira, por ajudar a reduzir a inflamação causada pelo problema, reduzindo, também, consequentemente, a sensação de dor e queimação, por ser antioxidante e anti-inflamatória.

Ingredientes:

  • 1 batata.

Modo de preparo: corte uma fatia de batata crua, amasse-a e aplique diretamente no local com frieira. Deixe na pele de 15 a vinte minutos, duas vezes por dia.

Gengibre

Gengibre

Assim como a batata, o gengibre também tem poder anti-inflamatório, ajudando a tratar o problema.

Ingredientes:

  • 1 raiz de gengibre;
  • 1 panela com água.

Modo de preparo: amasse a raiz de gengibre e cozinhe por cerca de vinte minutos. Deixe a mistura amornar e aplique diretamente na pele, no local afetado pelo problema. Aplique duas vezes por dia.

Maçã

Maça

A maçã também ajuda a combater a inflamação da pele e pode ser uma poderosa aliada. Você pode tanto lavar com vinagre de maçã, misturado com água (4 vezes mais água que vinagre), como com suco.

Suco de maçã

Ingredientes:

  • 1 maçã;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo: esprema a maçã e misture-a com água, deixando-a em estado pastoso. Aplique diretamente na frieira.

Bicarbonato de sódio

bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é um bom remédio natural não só para o tratamento da frieira como também de uma série de problemas.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio;
  • Meia xícara de vinagre de maçã;
  • Duas xícaras de água.

Modo de preparo: coloque tudo numa bacia e misture bem. Depois, coloque os pés ou as mãos na bacia, deixando agir de 15 a 20 minutos.

Cebola

A cebola pode ajudar no combate à proliferação de fungos na região afetada, sendo, portanto, um bom remédio natural para o tratamento!

Ingredientes:

  • 1 cebola.

Modo de preparo: corte um pedaço da cebola, sem casca, e esmague-o bem, até ele começar a soltar líquido. Depois, basta aplicá-lo diretamente na região afetada, deixando agir por cerca de dez minutos. Depois, lave bem a região com água limpa.

Como evitar a frieira

  • Opte por calçados bem-ventilados, para evitar a sudorese, que pode desencadear a proliferação do fungo;
  • Troque frequentemente de meia e evite o uso de meias de tecido sintético;
  • Mantenha a boa higiênico dos pés, lavando-o diariamente e enxaguando-os bem, especialmente entre os dedos;
  • Não compartilhe meias e calçados, pois a doença pode ser transmitida tanto pelo contato com outros infectados, quanto pelo simples contato com itens usados;
  • Evite andar descalço;
  • Mantenha as unhas limpas e cortadas, pois a contaminação também pode acontecer por meio delas.

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário