Remédio caseiro para refluxo – 7 opções naturais!

Está procurando soluções caseiras para aliviar os sintomas do refluxo? Confira, aqui no Quero Viver Bem, algumas opções naturais para te ajudar!

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é uma condição crônica, na qual o suco gástrico do estômago retorna ao esôfago. Essa condição, se não for devidamente tratada, pode evoluir para outras doenças, tais como esofagite, estenose do esôfago e esôfago de Barret.

Entre os sintomas mais comuns associados a este problema estão azia, gosto ruim na boca, mau hálito, vômito, dor torácica, desgaste do dente, entre outras, que trazem muitos transtornos para as pessoas portadoras desse problema.

Em alguns casos, esses transtornos podem ser amenizados por remédios naturais que feitos em casa. A seguir no Quero Viver Bem, confira 7 remédios naturais que podem ajudar a amenizar os sintomas do refluxo, sempre lembrando que, se os sintomas persistirem, é bom procurar um médico, assim como para tratamento do esfíncter e da hérnia de hiato.

refluxo gastresofágico sintomas

[VEJA TAMBÉM: REFLUXO EM BEBÊ]

Água com limão

A água com limão atua na redução eficaz da acidez no esôfago, além de diminuir a dor causada pelo refluxo. O limão é um digestivo natural, que proporciona o melhor equilíbrio dos ácidos produzidos pelo estômago. Para ingerir, misture meio copo de água morna ao suco de meio limão. Beba essa mistura antes das principais refeições.

suco de limão

Gengibre

O gengibre é uma raiz que também tem propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, além de substâncias que regulam a digestão e reduzem a quantidade de ácido clorídrico. Para ingerir em forma de chá, aqueça uma xícara de água e, quando ferver, acrescente 10g de gengibre cortado em rodelas, deixando repousar por 5 minutos e bebendo antes das refeições. Se quiser, adoce com uma colher de chá de mel.

Gengibre2

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã tem efeitos alcalinizantes, que ajudam a equilibrar o pH do estômago. Consumir de duas a três colheres de sopa diluído em água antes das refeições vai ajudar a melhorar o nível de acidez.

Vinagre de maça2

[VEJA TAMBÉM: DIETA PARA QUEM TEM REFLUXO]

Chá de camomila

A camomila é um calmante natural, também utilizada para tratamento de ansiedade e depressão. Ela pode ajudar a diminuir os problemas no estômago, controlando a má digestão. É recomendado tomar de 2 a 3 xícaras por dia.

cha de gengibre e camomila

Bicarbonato de sódio

Bicarbonato é ótimo para aliviar aquela sensação de queimação no estômago. As propriedades dele agem como um neutralizador natural da acidez estomacal, devido ao seu alto pH. Basta misturar uma colher de chá em um copo de água mineral.

bicarbonato de sódio

[VEJA TAMBÉM: TRAVESSEIRO ANTIRREFLUXO]

Babosa

A babosa, também conhecida como Aloe Vera, tem efeito antioxidante, anti-inflamatório e cicatrizante, reduzindo a dor e a queimação. Para preparar o suco, descasque as folhas com cuidado, retire a polpa e misture com água ou algum suco de sua preferência (evite as frutas ácidas). Também pode ser misturado com mel.

Procure ingerir por volta de uma hora antes das refeições.

Banana e maçã

As duas frutas atuam contra o refluxo, por apresentarem antiácidos naturais que combatem os principais sintomas do refluxo. A banana age diretamente na acidez, e as fibras da maçã favorecem o funcionamento do organismo. Recomenda-se ingerir as frutas in natura no café da manhã.

banana

Cuidados contra o refluxo

É sempre importante lembrar que esses tratamentos são apenas paliativos para diminuir os sintomas causados pelo refluxo. É preciso, durante esse período, atentar-se para os hábitos alimentares. Se o problema persistir, procure um médico para que a situação não se agrave.

Algumas práticas simples podem ajudar a evitar o refluxo e seus sintomas, como:

  • Não tomar líquidos durante as refeições;
  • Fazer refeições leves durante a noite;
  • Evitar frituras e demais alimentos gordurosos;
  • Evitar alimentos muito temperados e apimentados;
  • Comer devagar e mastigar bem os alimentos;
  • Evitar café, chá preto e refrigerantes;
  • Evitar alimentos processados ou adoçados artificialmente;
  • Não tomar medicamentos sem orientação médica.

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário