Remédio caseiro para prisão de ventre – 6 métodos eficazes de tratamento!

Está sofrendo com prisão de ventre? Confira, aqui no Quero Viver Bem, as 6 soluções caseiras para testar e aprovar, que vão te deixar leve e livre desse incômodo!

Prisão de ventre é o nome popular para constipação do intestino. Esse é um distúrbio caracterizado pela dificuldade em eliminar as fezes.

Como a evacuação pode variar entre 3 a 12 vezes na semana, é difícil diagnosticar um quadro como realmente de constipação. No entanto, uma diminuição na frequência de idas ao banheiro ou dificuldades em evacuar já podem ser consideradas como prisão de ventre.

Este problema pode afetar qualquer pessoa e em qualquer idade, desde bebês até idosos, pois as causas mais comuns são a falta de ingestão de fibra ou líquido, sedentarismo e excesso de consumo de açúcares e proteína animal.

prisão de ventre

Além disso, o problema pode ocorrer quando as pessoas não se sentem confortáveis para evacuar, como durante viagens ou em locais públicos. Casos mais graves podem estar associados a doenças de colo e reto, como hemorroidas, fissuras anais e câncer, ou reação a algum medicamento.

Confira, abaixo, algumas dicas de remédios e tratamentos caseiros para que seu intestino volte ano normal.

Muita água

A principal coisa a se fazer quando estiver com prisão de ventre é beber muita água, cerca de 2L ou mais por dia, para evitar o ressecamento do intestino.

Chá de sene

O chá de sene tem um forte poder laxativo, podendo ser utilizado quando o intestino estiver preso há vários dias. Contudo, não deve ser tomado todos os dias como forma de tratamento! Ele é apenas um laxante natural para ser usado em casos em que a prisão de ventre não for eliminada com alimentação adequada.

Mamão

Resultado de imagem para mamaõ

O mamão, além de ser rico em fibras que melhoram o funcionamento intestinal, possui uma enzima chamada de papaína que auxilia no processo digestivo, intensificando os movimentos peristálticos (contrações que  intestino faz para eliminar as fezes).

Chia e linhaça

Essas duas sementes, além de serem riquíssimas em fibras, ao entrar em contato com a água incham e aumentam de tamanho, formando uma espécie de gel. Quando esse mecanismo acontece dentro do nosso estômago, o bolo fecal fica mais volumoso e macio, o que facilita – e muito – a evacuação.

Por isso é tão importante beber bastante água, para que ela hidrate o bolo fecal e para que as fibras possam absorve-la.

Resultado de imagem para chia e linhaça

Iogurte

 

 

 

iogurte para crianças

Os leites fermentados, como o iogurte, são bons para quadros de prisão de ventre, pois possuem probióticos , bactérias boas que “matam” as bactérias ruins do intestino, deixando a flora intestinal mais saudável, o que é ideal para o bom funcionamento do intestino, ajudando a promover a evacuação.

Mas é necessário que seja um iogurte de boa qualidade, ou seja, que contenham apenas leite e fermento lácteo, sem açúcares, corantes, espessantes e outros aditivos. Outra boa opção é o kefir, ainda mais rico em probióticos que o iogurte.

Alimentos com alto teor de fibra

Opte por adicionar alimentos fibrosos às suas refeições, como aveia, grãos integrais, legumes, verduras, frutas com casca. É possível também consumir pães e bolachas integrais que também possuem mais fibras que os normais, ou ainda tomar suplementos de fibra juntamente com sucos ou em forma de comprimido.

As fibras auxiliam no funcionamento intestinal por aumentarem o volume do bolo fecal e por deixa-lo com uma consistência mais fácil de ser eliminado.

[PARA MAIS INFORMAÇÕES, LEIA O CONTEÚDO DE ALIMENTAÇÃO RICA EM FIBRAS!]

alimentos ricos em fibras

Prevenção

Siga as dicas, abaixo, para prevenir o problema:

  • Vá ao banheiro sempre que sentir vontade, não segure!
  • Beba muito líquido, de preferência água e chás sem açúcar;
  • Consuma mais alimentos com fibras, como frutas e verduras, principalmente com a casca;
  • Sempre que possível, substitua um alimento “normal” pelo integral, como arroz, pão, macarrão, biscoitos;
  • Pratique exercícios aeróbicos, como caminhadas e yoga, pois estimulam o sistema digestivo.

Cuidados médicos

Se não ocorrerem mudanças no funcionamento do intestino após a adoção das medidas acima, procure por um médico. Se as fezes estiverem muito secas ou finas, e com sangramento ou perda de peso, também procure por um especialista, e com urgência!

Alguns casos mais graves podem necessitar uso de supositórios ou enemas (fazer uma lavagem intestinal) para facilitar a evacuação. O uso de medicamentos laxativos só deve ser feito se prescrito por um médico.

Por fim, apenas situações extremas necessitam de cirurgia para retirada do fecaloma endurecido.

 


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário