Remédio caseiro para colesterol – 7 tratamentos naturais!

Está sofrendo com colesterol? Confira, aqui no Quero Viver Bem, 7 opções naturais de tratamento para aliviar e até tratar os incômodos!

Colesterol é uma substância lipídica produzida pelas células dos vertebrados e, portanto, presente naturalmente no nosso organismo e no de outros animais.

Há dois tipos de colesterol, o bom (HDL) e o ruim (LDL). Apesar do LDL ser necessário para a síntese de gorduras no organismo humano, bem como na produção de alguns hormônios, como a vitamina D, seu excesso é estocado na parede de artérias e pode levar a graves problemas de saúde.

Além de estar associado a uma alimentação ruim, fatores genéticos e diabetes também contribuem para que o nível de colesterol aumente. Portanto, é necessário a realização de exames médicos para um diagnóstico correto.

[VEJA TAMBÉM: COMO SABER MEU NÍVEL DE COLESTEROL?]

Colesterol

Apesar de não terem sido clinicamente provados, felizmente, existem alguns tratamentos caseiros que podem amenizar o quadro, pois alguns pacientes demonstraram melhora com a adoção das práticas abaixo citadas.

Confira, só aqui no Quero Viver Bem, 7 remédios caseiros para colesterol, a seguir!

Chia

Chia

Tanto a semente quanto o óleo de chia contêm níveis elevados de ácido alfa linoleico (ALA), um tipo de ômega 3 que contribui com a diminuição dos riscos de doenças cardíacas.

Embora não haja um consenso na comunidade cientifica, acredita-se que o consumo destas sementes diminui os níveis de colesterol ruim no sangue.

É possível consumi-la juntamente com as refeições, como sobre arroz, saladas, iogurtes e frutas, ou ainda como um pudim.

Para a sobremesa, basta bater ½ banana com 1 xícara de chá de leite (animal ou vegetal), depois misturar 4 colheres de sopa de chia com este creme. É possível adicionar mel, granola ou outras frutas sobre o pudim, ou intercalando. Deixe na geladeira e consuma no dia seguinte.

[VEJA TAMBÉM: COLESTEROL VALORES DE REFERÊNCIAS]

Peixe

peixes omega3

O ômega 3 também está presente na carne e no óleo de peixes como salmão, atum, truta, sardinha e outros. A combinação dessa substância com outros nutrientes do peixe ajuda a proteger o coração de doenças cardíacas e, consequentemente, de ataques cardíacos.

É recomendável comer uma ou duas porções dessas espécies por semana para se obter os benefícios. Porém, evite comer o peixe frito ou com muito óleo, optando por opções grelhadas e assadas.

Outra forma é ingerir suplementação de ômega 3.

Alho

alho

Apesar de ter resultados contraditórios, com algumas pessoas sendo beneficiadas e outras não, o alho é outro alimento que pode ser utilizado para diminuir os níveis de colesterol total por certo tempo.

Ele pode ser consumido cru ou cozido, utilizado no preparo de pratos ou como cápsula.

Vegetais

Existem duas substâncias chamadas de esterol e estanol que são encontrados em frutas, vegetais e sementes. Estas substâncias previnem que o intestino delgado absorva o colesterol, diminuindo, assim, os níveis de colesterol ruim e protegendo o coração.

Os esteróis e estanóis são conhecidos por reduzirem os níveis séricos de LDL e colesterol total, sendo usados como opção dietética para reduzir o risco aterosclerótico e o nível plasmático de colesterol.

Gorduras polinsaturadas e monoinsaturadas

Estas gorduras ajudam a diminuir os níveis de colesterol ruim no sangue. Elas são encontradas no azeite de oliva, abacate, peixes, sementes, oleaginosas como amêndoas, castanhas, nozes, entre outros.

Eles podem ser utilizados no preparo das refeições, consumidos in natura, para temperar saladas ou ainda no preparo de molhos, patês e outros pratos. Mas, lembre-se que seu consumo deve ser moderado.

[VEJA TAMBÉM: DIETA PARA COLESTEROL ALTO]

Frutas e vegetais

Frutas cítricas

O nível de fibra presente em frutas e vegetais ajuda a diminuir os níveis de colesterol, juntamente com os esteróis e estanóis. As fibras agem como uma esponja, absorvendo o excesso de colesterol e eliminado-o nas fezes.

Por isso, inclua estes alimentos no seu dia a dia para ter resultados eficazes. Quando possível, consuma a fruta inteira, com casca e bagaço, pois é neles que está a maior parte das fibras.

Vinagre de maçã

O uso de vinagre de maça mostrou-se eficiente no controle do colesterol, com redução de 13%, em média. Além disso, os níveis de triglicerídeos também diminuiu consideravelmente.

Para se ter resultados eficientes, tome uma colher de vinagre de maçã em um copo de água, pela manhã ou à noite antes de dormir. Além disso, ele pode ser utilizado para temperar saladas.

Prevenção

Para prevenir o aumento do nível de colesterol ruim no sangue, evite:

  • Gordura saturada: frituras, margarina, sorvete, chocolate, maionese;
  • Alimentos industrializados: salgadinhos, bolachas, biscoitos, pratos prontos;
  • Carboidratos simples: açúcar, farinha branca, pão, massas, doces, refrigerantes;

Cuidados médicos

Para estar sempre atento aos níveis de colesterol, pessoas sadias que não tenham precedentes familiares desta doença ou que não tenham sofrido infarto devem realizar os exames clínicos entre 35 e 40 anos.

Já pessoas que têm histórico familiar devem começar a acompanhar a situação entre os 15 e 20 anos.

Consulte um nutricionista para ajustar sua dieta e um médico para avaliar sua saúde. Em alguns casos, medicamentos serão necessários. Porém, uma alimentação adequada e prática de atividades físicas regulares podem ajudar – e muito – a melhorar a saúde e qualidade de vida.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário