Quantos Minutos Você Deve Fazer de Esteira Por Dia?

Está procurando por exercícios físicos que te ajudem a manter uma rotina de treino? Descubra, aqui, quantos minutos você deve fazer de esteira por dia!

De acordo com os especialistas, andar de esteira 22 minutos por dia é o suficiente para o organismo sentir os efeitos positivos da atividade física.

Todavia, isso também vale para qualquer outro exercício, como: andar de bicicleta, dançar, caminhar ao ar livre e outros.

Para ser considerado um adulto ativo, é importante que a pessoa se exercite 150 minutos por semana com atividades moderadas, como caminhadas, tanto na esteira como ao ar livre, andar de bicicleta, etc.

Esteira

Esse número equivale a 22 minutos todos os dias, ou 30 minutos 5 vezes na semana, ou 1 hora 3 vezes na semana.

Essa marca é o bastante para que todos os benefícios à saúde sejam agregados, é o que já se confirmou em inúmeros estudos na área, inclusive segunda recomendação da OMS ( Organização Mundial da Saúde).

[VEJA TAMBÉM: ELÍPTICO OU ESTEIRA? QUAL O MELHOR?]

 

Brasileiros estão se exercitando mais

Conforme o Ministério da Saúde, houve um crescimento de 24% na busca por atividades físicas no Brasil, e a caminhada está no topo da lista, sendo realizada por cerca de 34% da população.

Depois dela vêm às modalidades de musculação, corrida, futebol, ciclismo e artes marciais.

Os pesquisadores ainda destacam que os homens até os 34 anos são os mais focados, pois 43% deles consegue manter esse hábito. Enquanto isso as mulheres até essa faixa etária somam apenas 33% das que se dizem praticar atividade física.

Esteira

Mediante isso, alguns psicólogos enfatizam que muitos hábitos da infância são levados para a vida adulta, e como o menino é incentivado desde cedo a correr atrás da bola e também a participar atividades mais pesadas do que as meninas, isso permaneceu na vida adulta.

A atividade física é fundamental para prevenir doenças crônicas, melhorar a qualidade de vida nos aspectos físicos, metais e emocionais, além de promover a longevidade.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário