Qual a quantidade ideal de água por dia? Entenda como funciona esse processo aqui!

Você já se perguntou quanto de água é necessário para o seu corpo de manter hidratado o dia todo? Confira, aqui no QVB, como saber a quantidade ideal.

Você já deve ter ouvido falar que devemos tomar cerca de 2 litros de água diariamente, certo? Mas, será que essa é a quantidade ideal para todos? É o que veremos a seguir.

Segundo especialistas, devemos ingerir, diariamente, 35ml de água por kg de peso corporal. Para saber quanto é isso, basta multiplicar seu peso por 35. Por exemplo, uma pessoa com 70kg deve tomar 2,45 litros de água por dia (70×35=2450 ml ou 2,45 L).

Quantidade de Água

Porém, há uma série de fatores que podem interferir nessa quantidade, como os listados abaixo:

  • Nível de atividade física: quanto mais atividade física a pessoa fizer, maior será a sudorese, necessitando tomar mais água para repor as perdas;
  • Sexo: homens precisam de mais água que as mulheres por possuírem maior quantidade de massa magra;
  • Clima da cidade onde mora: temperaturas muito elevadas fazem com que as pessoas suem, causando perda de água corporal;
  • Estado de saúde: alguns problemas de saúde necessitam de ajustes na dieta, afetando também a ingestão hídrica;
  • Alimentação: caso você consuma sódio em excesso, sentirá muito mais sede e, consequentemente, beberá mais água. Uma alimentação rica em fibras também necessita de um maior consumo de água.

A água é essencial à vida, participando de todos os processos químicos do nosso corpo, já que 60% dele é composto de água. Por isso, manter-se hidratado ajuda na regulação da temperatura corporal, na circulação sanguínea e no correto funcionamento de vários órgãos, como cérebro, rins, intestino, entre outros.

Durante um dia, perdemos água por meio de respiração, urina, fezes e suor, podendo variar de 1800 a 3450ml. Como o corpo só é capaz de produzir 250 a 350ml de água, é preciso ingerir essa diferença com o abastecimento hídrico e de alimentos, como frutas, vegetais, sopas e chás.

[VEJA TAMBÉM: QUAIS OS BENEFÍCIOS DE TOMAR ÁGUA REGULARMENTE?]

Quantidade de Água

Desidratação

Quando há uma redução da água corporal, o corpo fica desidratado. Isso pode acontecer quando há diminuição da ingestão, perda de água ou ambos.

O primeiro sinal que o corpo dá de que seu nível de água está diminuindo é a sede. Outros sintomas de desidratação são dores de cabeça, tontura, fraqueza, boca seca, indisposição e fadiga. Uma desidratação mais severa pode causar confusão mental, convulsões, coma e até mesmo morte.

Idosos, gestantes, lactantes e crianças estão mais propensos a terem desidratação do que o resto da população. Isso porque as pessoas mais velhas apresentam desregulação de hormônios que “ativam” a sede, não percebendo o sintoma e, consequentemente, diminuindo a ingestão de água. Além disso, alguns medicamentos comuns nessa idade são diuréticos, aumentando a perda de água.

Já as gestantes (principalmente no primeiro trimestre) sentem enjoo e acabam perdendo muito líquido no vômito.  As lactantes (mães que estão amamentando) perdem líquido constantemente pelo leite materno.

Por fim, crianças, muitas vezes, não conseguem perceber a sede e acabam ingerindo menos água que o necessário. Além disso, ao sentir sede, muitas delas optam por outras bebidas como sucos, refrigerantes e produtos lácteos.

Quantidade de Água

Excesso de água

Apesar de raro, o excesso de água no organismo acontece quando há uma maior ingestão de água do que o rim é capaz de filtrar e eliminar, ou seja, 700ml a 1 litro por hora, sobrecarregando o órgão.

Como aumentar o consumo de água?

Se você é daqueles que não tem o hábito de tomar água, separamos algumas dicas para você:

  1. Sempre tenha uma garrafinha cheia de água por perto. Vá tomando pequenos goles durante o dia e, quando acabar, encha novamente! Para atingir a recomendação média de consumo hídrico, ou seja, cerca de 2 litros, você precisa tomar 4 garrafas de 500ml por dia.
  2. Se você acha a água muito “sem graça”, experimente fazer a água saborizada. Basta colocar na água pedaços de frutas, gengibre, canela, hortelã, ou o que mais gostar. Só não vale colocar açúcar nem produtos artificias.
  3. Nos dias frios, beba também chás de ervas naturais e sem a adição de açúcar. Nesses dias, como dá “menos vontade” de tomar água, consuma preparações mais aquosas e quentes, como sopas e caldos.
  4. Se mesmo com uma garrafa ao lado você esquece de tomar água, coloque seu celular para despertar a cada uma hora. Cada vez que ele apitar, você deverá tomar um copo (ou mais, dependendo da sua necessidade) cheio de água. Há muitos aplicativos que ajudam nesse quesito, basta baixar e programar.
  5. Quando tiver fome fora de hora ou pouco tempo depois de ter comido, tome 2 copos cheios de água e espere uns minutos para ver se a fome passa. Muitas vezes, confundimos a fome com a sede. Além de aumentar a ingestão hídrica, isso evitará que você coma desnecessariamente.

Viu só como não é difícil criar o hábito de tomar água? Basta querer! A água é muito importante, portanto, vale a pena se esforçar para ingeri-la na quantidade correta.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário