Produtos de beleza fazem mal à saúde?

Você constuma usar muitos produtos de beleza, mas não se ateta à embalagem? Pois fique atenta às dicas do Quero Viver Bem para não sofrem com alergias!

O uso constante e indiscriminado de alguns produtos de beleza pode trazer riscos à saúde. Por isso que, aqui no Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) exige que os fabricantes apresentem alguns desses efeitos adversos, ou as substâncias que podem provocar contraindicações.

O debate sobre o uso de alguns produtos de beleza tem servido para alertar pessoas e órgãos fiscalizadores. Isso força as marcas que fabricam itens, como xampus, cremes, maquiagens, etc., a serem mais transparentes quando o assunto é a superexposição de seus produtos.

Produtos de beleza fazem mal2

Riscos que os cuidados com a beleza podem causar

A hipersensibilidade a determinadas substâncias provoca desde a queda do cabelo até queimaduras na pele. Então, é fundamental que os produtos que você escolher para realizar tratamentos de beleza apresentem dados de sua fórmula.

Veja uma lista com alguns dos elementos que oferecem risco à saúde, e como os sintomas podem se manifestar:

  • Amônia – comum em alisantes e cremes para cabelo, a amônia atinge o couro cabeludo, causando a queda;
  • Laurel – é usado em xampus. Além de reações alérgicas, pode comprometer o sistema imunológico;
  • Parabenos – é um elemento usado para aumentar o tempo de validade. É nocivo para mulheres, pois pode provocar alterações nos níveis de hormônios;
  • Formol – alguns produtos para cabelo contêm a substância que pode provocar vermelhidão e queimaduras na pele;
  • Corantes – em quase todos os produtos esse ingrediente aparece. Quando é composto por metais pesados, é bastante nocivo;
  • Toluenos – elemento que é absorvido rapidamente pela pele, está presente em esmaltes e delineadores para os olhos. Em contato com o organismo, leva a coceiras e tonturas;
  • Chumbo – presente nas maquiagens, pode causar irritações na pele e, em alguns casos, diarreias.

É preciso saber o quanto seu organismo é tolerável a alguns desses ingredientes. Além disso, é fundamental conhecer quais são os efeitos da utilização a longo prazo dos produtos de beleza que contêm elementos como os mencionados acima.


Referências utilizadas neste conteúdo:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/241_salao_de_beleza.html


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário