Quais os principais sintomas da hipertensão? Veja aqui

Ela também é conhecida como pressão alta e ocorre quando têm-se um aumento da força na parede dos vasos sanguíneo. Ao medi-la, caso o valor obtido seja de 14/9, têm-se a hipertensão; já acima de 18/8, ela é considerada grave.

Dados apresentados pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBS) mostraram que cerca de 25% dos brasileiros sofrem com este mal, sendo que, no caso da terceira idade, este número sobe para 50%.

O problema maior é que esta patologia é responsável por agravar os casos de infarto, derrame e insuficiência renal. Portanto, é preciso estar atento e conhecer um pouco mais sobre a doença. Confira:

Classificação

Quais os principais sintomas da hipertensão? Veja aqui

Especialistas encontraram um jeito de separar cada um dos tipos da doença já registrados, sendo que estes variam em pressão e gravidade.

Pressões iguais ou menores a 12/8 são os normotensos, ou seja, não apresentam nenhum problema e encontram-se em perfeito estado. De 12/8 a 13/9 têm-se os pré-hipertensos, sendo que, neste caso, é importante tomar bastante cuidado, para que o caso não evolua.

Variando de 14/9 a 15/9 é onde você encontra os hipertensos grau I, e maiores ou iguais a 16/10, os do grau II.

Causas

Histórico Familiar

Um dos motivos pode ser simplesmente genético, Caso haja algum histórico desta patologia em sua família, é importante sempre manter-se atento e fazer exames rotineiros – você pode simplesmente ainda não a ter desenvolvido o problema.

Obesidade

O excesso do peso é responsável, muitas vezes, por obstruir os vasos sanguíneos, e o excesso de gordura acaba diminuindo os diâmetros das veias e artérias. Isso faz com que o sangue precise ter uma pressão maior, para conseguir fazer o mesmo percurso.

Estresse

O estresse e o nervosismo também podem causar a enfermidade, sendo mais comuns do que muitas pessoas acreditam. Existe, inclusive, a chamada hipertensão do avental branco, que ocorre em pessoas que se sentem nervosas e ansiosas antes de consultar um médico ou mesmo fazer um exame, levando ao aumento da pressão sanguínea.

Sedentarismo

Não realizar atividade físicas também é um problema, pois dificulta a circulação do sangue, sendo necessário uma força ainda maior, quando ele é bombeando saindo do coração.

Tabagismo

A enorme quantidade de substâncias tóxicas são um perigo tanto para quem fuma, quanto para aqueles que estão por perto – fumantes passivos. A forma como elas agem no corpo é terrível, sendo um dos motivos que ocasionam a hipertensão.

Excesso de Sódio

Consumir muito sal também é perigoso, isso porque ele é uma das principais causas do problema, gerando muitos hipertensos.

Sintomas

Os sintomas mais comuns de que algo está errado com a sua pressão, provocando a hipertensão são:

  • Dor na nuca;
  • Problema de visão embaçada;
  • Cansaço;
  • Tontura;
  • Possíveis sangramentos no nariz;
  • Náuseas e vômitos – tais sintomas são presentes somente em casos mais avançados.

Prevenção

Quais os principais sintomas da hipertensão? Veja aqui

Para evitar o desenvolvimento da hipertensão, você deverá reduzir o consumo do sal e de alimentos industrializados, já que eles contêm muito sódio. Minimizar o consumo do álcool e a quantidade de cigarros fumados também deve ser adotado – se possível, parar de vez com tais hábitos.

Realizar exercícios de forma frequente e fazer um controle rigoroso da gordura corpórea, diminuindo o consumo de alimentos gordurosos, também é uma ação importante de prevenção.

Tratamentos

O tratamento consiste em modificar a dieta do paciente, visando minimizar o sódio e a gordura ingeridos. Preferem-se carnes magras, vegetais, frutas, derivados dos laticínios e outros. Além disso, faz-se necessário a ingestão de medicamentos, tais como:

  • Capitropil;
  • Enalapril;
  • Ramipril;
  • Losartana;
  • Valsartana;
  • Candesartana;
  • Telmisartana;
  • Atenolol;
  • Propanolol;
  • Metoprolol;
  • Nebivolol;
  • Anlodipino;
  • Diltiazem;
  • Hidrocloratiazida;
  • Indapamina.

Vale a pena ressaltar que os medicamentos devem ser consumidos todos os dias, seguindo a orientação médica, e não apenas quando o paciente apresenta os sintomas. Isso porque, muitas vezes, a sua pressão pode estar elevada, porém você não apresenta nenhum sinal.

Além disso, exercitar-se com frequência e manter um acompanhamento médico regular é fundamental, para manter a doença sob controle. Esta patologia é perigosa e é uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo, portanto, caso você desconfie que é hipertenso, procure um médico, a fim de que ele possa fazer o diagnóstico adequado e começar o tratamento.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um Comentário