Pré-menopausa – Sintomas e Quanto tempo dura?

Você está passando por alguns sintomas incômodos e acredita ser a pré-menopausa? Então, confira, aqui no Quero Viver Bem, informações completas sobre.

Menopausa pode até ser uma palavra que assusta muitas mulheres, mas é definitivo: todas irão passar por esse momento marcante e devem entender como ele afeta seu corpo e sua mente – são mudanças físicas e psicológicas que se direcionam a um fim específico: não mais engravidar.

A menopausa designa somente a última menstruação da mulher, enquanto outros termos, embora muitas coloquem como sinônimos, explicam os períodos posteriores disso.

Entenda o que é a pré-menopausa, quais os sintomas, quanto tempo dura e outras informações relevantes, só aqui no Quero Viver Bem.

Pré menopausa

O que é pré-menopausa?

A preocupação com palavras como menopausa, climatério e pré-menopausa só vem a partir dos 40 anos, mas muitas mulheres jovens já estão se preocupando precocemente quanto às alterações que as esperam.

A própria palavra “pré-menopausa” condiz com a preparação do corpo da mulher para a perda da fertilidade, ou seja, quando o organismo se prepara para não ser mais fértil.

É basicamente a fase do climatério.

A pré-menopausa se caracteriza pela redução da produção de hormônios.

[LEIA TAMBÉM: MENOPAUSA PRECOCE]

Quais são os sintomas da pré-menopausa?

Pré menopausa

Na realidade, a pré-menopausa é assintomática para algumas mulheres. Para muitos ginecologistas, quando os sintomas começam a aparecer, a fase seguinte da menopausa começaria.

No entanto, o climatério (ou a pré-menopausa) não é bem assim. Como poucas mulheres podem passar por esse momento sem sentir qualquer desconforto, ela é caracterizada por sintomas bem populares se você estiver em uma roda de amigas que já passaram por isso.

Confira quais são os sintomas mais frequentes:

  • Alterações na pele;
  • Aumento da gordura abdominal;
  • Diminuição da lubrificação vaginal;
  • Dores nas relações sexuais;
  • Dores articulares;
  • Fogachos (ondas de calor);
  • Formigamento nos membros;
  • Irregularidade menstrual;
  • Irritação;
  • Melancolia;
  • Osteoporose e osteopenia;
  • Redução do desejo sexual;
  • Risco no aumento de doenças cardiovasculares.

Na realidade, o sinal que indica que uma mulher está na pré-menopausa é a queda acentuada da fertilidade. Quando em período reprodutivo – no seu auge –, a mulher tem 75% de chances de engravidar em um tempo de seis meses.

Porém, a partir da idade em que começa a sentir (ou não) sinais de que o corpo está se preparando para o passo seguinte de seu desenvolvimento natural (menopausa), as chances caem e a probabilidade não passa dos 20%.

Qual é a duração da pré-menopausa?

Esse é um assunto bastante controverso, pois a própria hora de início da pré-menopausa é polêmica.

Para muitos médicos, a menopausa em si pode ocorrer em qualquer idade entre 40 e 56 anos (com uma média mais frequente ao redor dos 48 anos), por isso muitos consideram a pré-menopausa a partir dos 35 anos aos 40 anos.

A pré-menopausa é determinada geneticamente e, por ter relação com a falência ovariana, pode ocorrer até mesmo em pacientes ainda mais jovens.

Menopausa precoce

[CONFIRA TAMBÉM: MENOPAUSA ENGORDA?]

Existe tratamento para a pré-menopausa?

Nem sempre é necessário fazer algum tratamento para a pré-menopausa, justamente porque algumas mulheres não sentem absolutamente nada neste período.

É claro que se esse não for o seu caso, e alguns incômodos começarem a surgir, você deve procurar um médico ginecologista de sua confiança para que o diagnóstico certeiro de climatério seja feito. Só assim, o profissional poderá receitar uma pílula anticoncepcional para regular a menstruação até que ela finalize (menopausa) e para evitar gravidez, também.

Cada pessoa pode precisar de um tratamento diferente. As alterações, geralmente, são bastante controladas com a reposição hormonal, mas nem todas as mulheres irão precisar repor tais hormônios.

Certas mulheres poderão ter mais benefícios com medicamentos específicos, como antidepressivos e que tenham ação sobre os fogachos, por exemplo.

[CONFIRA TAMBÉM: ALIMENTAÇÃO PARA REDUZIR OS SINTOMAS DA MENOPAUSA]

Como se prevenir dos sintomas da pré-menopausa?

Os anos que precedem a menopausa, a pré-menopausa (ou climatério), são repletos de dúvidas e mudanças que podem deixar a cabeça da mulher a turbilhão.

A prevenção daqueles indesejáveis e desagradáveis sintomas nem sempre ajuda, afinal é o seu organismo que vai responder a eles de um jeito ou de outro.

Entretanto, existem dicas que podem amenizar esses incômodos e proporcionar uma vida mais saudável durante o período. Curiosa? Confira:

  • Cuide de sua alimentação;
  • Evite o sobrepeso ou a obesidade;
  • Fique longe do cigarro;
  • Procure não exagerar ou mesmo não consumir álcool;
  • Reduza os níveis de estresse do cotidiano;
  • Procure praticar alguma atividade física todos os dias.

Além dessas dicas, mantenha um acompanhamento ginecológico regular, assim como um auxílio psicológico para lidar com todos os sentimentos novos que lhe cercam!

Gostou do conteúdo? Então, confira, também, Como encarar a menopausa precoce? Veja, aqui, dicas!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário