Polichinelo – Conheça os benefícios e como executar essa prática

Você sabia que além de exercício de aquecimento e alongamento os polichinelos trazem muitos benefícios ao corpo? Confira, aqui, quais são eles!

O polichinelo é um exercício muito utilizado para aquecer e alongar a musculatura dos membros inferiores e superiores, além de alongar. Essa atividade física é muito utilizada em treinamentos de alta intensidade, como o funcional ou os hits, pois se trata de um exercício de fácil execução e que qualquer pessoa pode fazer, mesmo tendo movimentos que exigem coordenação motora.

Antes de começar a fazer o polichinelo, é necessário estar com um tênis apropriado para absorver o impacto dos saltos e vestido com roupas confortáveis que não prendem os movimentos.

Confira, a seguir no Quero Viver Bem, quais os benefícios dessa prática e como executar os movimentos adequadamente!

[VEJA TAMBÉM: 10 EXERCÍCIOS QUE DEVEM SER FEITOS TODOS OS DIAS]

10 benefícios do polichinelo

Polichinelo

Aumenta a frequência cardíaca

Por ser um exercício aeróbico, a frequência cardíaca sofre alterações e o batimento cardíaco sobe. Conforme o exercício se torna rotineiro, melhora o sistema cardíaco. Ou seja, você usa oxigênio para atender às demandas de energia e estimular os músculos do coração, fazendo este membro trabalhar mais para fazer o bombeamento do sangue oxigenado e trazendo de volta o dióxido de carbono ao sangue carregado a partir das células.

Melhora o condicionamento físico

A intensidade do exercício faz com que o corpo, depois de um certo período, crie uma residência e fique condicionado, podendo, assim, aumentar a intensidade de treinamento.

Potencializa a coordenação motora

Como é um exercício executado utilizando membros superiores e inferiores e os movimentos tendem a ser sincronizados, é normal que se desenvolva a coordenação motor.

Dá flexibilidade

Os movimentos utilizados na execução (abre e fecha perna, abaixa e levanta braço) tendem a exigir um pouco de amplitude. Essa só é adquirida com o tempo, por isso o correto é começar com amplitudes menores e menos repetições, aumentando gradativamente – isso irá melhorar sua flexibilidade.

Polichinelo

Aquece a musculatura

O polichinelo é bom para aquecimento por se tratar de um exercício que trabalha o corpo todo ao mesmo tempo, além de ser de rápida ativação, agindo de forma eficiente no aquecimento do corpo como um todo.

Trabalha o corpo todo

De forma eficiente e prática, trabalha o corpo de uma forma geral.  São empregados movimentos com uma certa amplitude que, se executados corretamente, atingem toda a musculatura, desde as mais pequenas e de difícil trabalho.

Pode ser feito em qualquer lugar

A eficiência é dada devido a não precisar de aparelhos, equipamentos, basta apenas um espaço que seja suficiente para a excursão, onde o praticante não bata em nada e que tenha um piso plano.

É multifuncional

Exercícios multiarticulares tendem a ser mais eficientes na queima de calorias, exatamente por se tratarem de atividades que utilizam uma gama maior de musculatura.

Alivia o estresse

Devido à liberação de serotonina e endorfina, a atividade alivia os níveis de tensão e estresse, sendo ideal para ativar a circulação sanguínea e fazer o corpo sentir a sensação de felicidade e prazer da execução, além de liberar adrenalina, que dá a sensação de excitação.

Evita lesões

Conforme a musculatura e a flexibilidade se desenvolvem, o risco de uma lesão diminui significativamente, pois seu corpo está mais preparado, suas articulações estão mais fortes e protegidas pelos músculos.

[VEJA TAMBÉM: QUAL EXERCÍCIO É IDEAL PARA EMAGRECER?]

Como executar?

polichinelo

Durante a execução dos movimentos, procure uma superfície plana e mantenha braços e pés juntos ao corpo.  Comece dobrando um pouco os joelhos e salte. Enquanto estiver no ar, abra as pernas com uma amplitude um pouco maior que a largura dos ombros e acompanhe o movimento levantando os braços acima da cabeça.

Durante o movimento, mantenha os braços e as pernas ligeiramente flexionados.  O importante nesse movimento é sincronizar membros inferiores e superiores, retornando à posição inicial rapidamente e repetindo o movimento de modo contínuo.

[VEJA TAMBÉM: 12 EXERCÍCIOS AERÓBICOS PARA EMAGRECER]

Quem pode praticar?

O polichinelo pode ser praticado por qualquer pessoa, desde que essa não tenha problema nas articulações do joelho, como condromalacia patelar, artrite e inflamação de menisco, devido ao impacto que os saltos proporcionam.

No caso dos iniciantes, é indicado não fazer o exercício de forma descontrolada. Procure um educador físico e crie um plano de treino.

Comece a fazer o polichinelo em uma amplitude menor e em uma quantidade que consiga executar de forma confortável. Conforme for evoluindo e sentindo que a quantidade feita anteriormente já não é suficiente, vá aumentando a dificuldade do treino aos poucos.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário