Pilates em casa – Benefícios, Como fazer, Modalidades e Contraindicações

Os dias estão cada vez mais corridos e, muitas vezes, falta tempo para ir à academia. No entanto, saiba que há uma maneira fácil de contornar esse problema. O segredo é fazer pilates em casa!

Mas, o que é pilates? Trata-se de um tipo de atividade física idealizado no século passado, por Joseph Pilates. A finalidade dessa técnica é aumentar o controle sobre os músculos e fortalecê-los, além de maximizar a flexibilidade do corpo como um todo.

A seguir, confira mais detalhes sobre esse tipo de atividade física, além de dicas especiais para praticar pilates em casa de forma segura e adequada, só aqui no Quero Viver Bem!

Benefícios do pilates

Pilates em casa

Fortalecimento muscular

O pilates trabalha os músculos do corpo todo, melhorando a capacidade de contração e força, bem como de flexibilidade. Como resultado, há uma redução drástica da possibilidade de fratura óssea.

Paralelamente, esse fortalecimento muscular contribui para a queima de estoques de gordura corporal, ajudando a eliminá-los, reduzir medidas e ter mais massa magra.

Correção de má postura

O pilates aumenta a consciência corporal e o fortalece dos músculos do centro do corpo, o que faz com que haja uma correção da má postura e, até mesmo, redução de dores nas costas.

Melhora da respiração e concentração

O pilates trabalha e melhora a respiração e a capacidade de concentração a cada execução dos movimentos, o que faz com que haja um alívio de tensões e redução do estresse.

Aumento da mobilidade

Além de exercitar a musculatura, o pilates também trabalha as articulações, o que acaba por tornar o corpo mais móvel, flexível e com melhor poder de realizar movimentos difíceis.

Melhora da marcha e corrida

Como o corpo é totalmente estimulado durante os exercícios do pilates, realizar movimentos comuns do dia a dia, como caminhada e corrida, é mais fácil e prazeroso, com melhor equilíbrio.

Como praticar pilates em casa?

Pilates em casa

A modalidade mais segura de se praticar em casa é a mat pilates. Mesmo assim, é preciso tomar alguns cuidados, como:

  • Escolha um ambiente adequado, com espaço suficiente para um tapete de exercícios e para realizar os movimentos do pilates;
  • Utilize roupas confortáveis e que não limitem movimentos;
  • Faça três sessões de 30 minutos semanais, pelo menos.

No que se refere aos exercícios, é possível realizar alguns simples, porém altamente eficazes, como:

Bridge

Consiste em erguer o corpo de barriga para cima, com as mãos e os pés apoiados no chão, formando uma espécie de ponte, que deve ser mantida reta de 10 a 20 segundos.

Deslizamento com elevação de braços

O corpo é mantido na posição fetal, sentando sobre os calcanhares e com os braços esticados, que serão elevados de maneira alternada e sustentados no ar durante 10 segundos.

Hip twist

Sente-se sobre o tapete, eleve as pernas e apoie as mãos atrás do corpo, no solo. Inspire e faça um movimento de círculo com os pés, expire e faça o círculo novamente para o lado oposto.

[LEIA TAMBÉM: PILATES EMAGRECE?]

Modalidades de pilates

Pilates em casa

Mat Pilates

É o pilates clássico, realizado no solo, como idealizado por Joseph Pilates. Neste método, há um preparo para que o aluno consiga utilizar equipamentos e acessórios, como bola e faixa elástica.

Pilates acrobático

O pilates acrobático é uma modalidade realizada em equipamentos, usando a suspensão do corpo para ganho de força e estímulo de todos os músculos.

Pilates suspenso

É uma modalidade semelhante ao pilates acrobático, no entanto, com uso de fita para suspensão e não de equipamentos. O diferencial é que a fita é menos estável e treina mais a força.

Hot pilates

Modalidade na qual os exercícios são realizados numa sala aquecida a 35 graus, o que faz com que o corpo atinja a mesma temperatura e os músculos e as articulações fiquem mais flexíveis, facilitando a realização dos movimentos.

Contraindicações

De modo geral, o pilates é uma prática sem restrições rígidas, mas algumas pessoas devem evitar ou só fazer essa técnica se o médico liberar. São os seguintes casos:

  • Indivíduos que têm inflamação não tratada em músculos e articulações;
  • Pessoas no pós-cirúrgico;
  • Quem possui hérnia de disco;
  • Pacientes com diagnóstico de osteoporose;
  • Quem tem labirintite.

Pilates emagrece?

O pilates ajuda a emagrecer porque contribui para a queima calórica e o ganho de massa muscular. Os resultados de perda de peso serão mais expressivos se a prática desta técnica for alinhada à adoção de uma dieta ou reeducação alimentar.


Referências utilizadas neste conteúdo:

http://www.institutopilates.com.br/tudo-sobre-pilates/


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário