Para que serve Glutamina?

Confira aqui a lista completa das funções da glutamina no organismo, como e quando tomar o suplemento.

A glutamina é o aminoácido mais abundante no corpo humano, sendo classificada como “não essencial”, já que pode ser sintetizada pelo organismo a partir de outros aminoácidos.

A Glutamina é uma estrutura corporal, que serve para transportar as moléculas de nitrogênio e amônia na corrente sanguínea, de modo a nutrir as demais células do corpo, principalmente as do tecido muscular – o qual faz uso deste nutriente para construir as proteínas. Entende-se que cerca de 60% da composição dos músculos seja de glutamina.

Apesar de ser comumente suplementada para fortalecer os músculos, a glutamina tem uma série de funções no organismo, como:

  • Manter a atividade cerebral;
  • Servir de fonte energética para o sistema imunológico;
  • Prevenir a fadiga muscular;
  • Regular os níveis de cortisol;
  • Controlar o nível de açúcar na corrente sanguínea;
  • Prevenir a oscilação do humor;
  • Reduz danos causados pelo estresse;
  • Regularizar a função intestinal;
  • Manutenção do pH no organismo;
  • Agir como antioxidante.

Para que serve a suplementação de glutamina?

A suplementação de glutamina serve para dois benefícios. O primeiro deles é para facilitar o aumento de massa muscular e diminuir os sintomas do overtraining, prevenindo infecções – o uso é muito comum entre atletas. O segundo benefício é para ajudar na recuperação de lesões, queimaduras, no tratamento de câncer ou na aceleração da cicatrização de infecções.

Já mostramos, aqui, como fazer a suplementação para aumentar a massa muscular.

glutamina como tomar

Como tomar glutamina?

Antes de tomar qualquer suplemento ou medicamento, consulte um médico ou especialista. Eles verificarão se a suplementação é realmente necessária e a quantidade e horário correto para usar.

A glutamina pode ser usada em sachês, em cápsulas ou em shakes. Para atletas, as melhores opções são de 10 a 15 gramas, de duas a 3 doses. Já para quem faz treinos de hipertrofia, a recomendação é de 8 a 15 gramas, sendo que a posologia deve ser avaliada por um profissional, de acordo com os rendimentos e as especificidades de cada um.

Se a glutamina for tomada de acordo com a orientação profissional e estiver com dosagem adequada, dificilmente haverá efeitos colaterais. No entanto, quando a dosagem ultrapassa o necessário, pode ocorrer o acúmulo de gordura corporal.

Se tiver alguma dúvida, confira mais detalhes no conteúdo completo sobre glutamina. 


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário