Os melhores exercícios para os braços! Veja aqui.

Veja aqui quais são os exercícios mais indicados para os braços, como conseguir deixá-los perfeitos e muito mais. Clique e saiba.

Os nossos braços possuem mais de vinte músculos diferentes, porém quando pensamos em termos de musculação, fortalecimento e aumento de volume da musculatura, aqueles que mais se destacam são os bíceps, tríceps, deltoide e os músculos do antebraço.

Os exercícios para braços são um dos tipos mais populares entre os homens – já as mulheres sentem-se desconfiadas em praticar a região com medo da tonificação exagerada. Entretanto, frisa-se a importância de escolher os melhores exercícios para os braços e realiza-los por ambos os sexos.

Os melhores exercícios para o braço

Assim como para qualquer outra região do corpo humano, os braços contam com uma série de exercícios que visam objetivos diferentes – seja para emagrecimento, para hipertrofia, para aumentar a resistência ou para acabar com a flacidez.

Além da decisão de quais os melhores exercícios para braço conforme sua intenção, você deve prestar atenção nas repetições e intensidades. Por isso, sempre procure orientações de um profissional para que ele lhe dê dicas e recomendações para prosseguir com cautela e sem prejudicar a saúde dos braços.

Veja agora quais são os melhores exercícios para braço e qual a importância de cada um deles para você!

1 – Rosca martelo com halteres

Com o auxílio de dois halteres – um em cada mão – você estende os braços ao lado do corpo, com as palmas das mãos voltadas para as coxas. Sem mexer os antebraços, dobre os cotovelos e levante os halteres para cima, quanto mais próximo dos ombros melhor. Volte à posição original lentamente, endireitando corretamente os braços.

Importância desse exercício

É um dos mais indicados para o aumento do tamanho dos braços, principalmente pela forma que você segurar os halteres – a transferência do trabalho para o músculo poderá fazer com que os braços ganhem uma aparência mais grossa.

O esforço do antebraço pode ser aumentado ao longo do exercício se você quiser, basta trabalhar o pulso na vertical, empinando o polegar para cima quando elevar o haltere.

2 – Tríceps no banco

Sente-se na beira de um banco com as mãos abaixo dos ombros, mantendo as palmas firmes nas extremidades do banco e os joelhos flexionados em 90°. Segure-se firmemente no banco, mantenha o tronco firme e encaixado! Contraia os glúteos e dê uns passos para frente, ainda deixando os braços estendidos e sustentando o peso do corpo.

A seguir, flexione os cotovelos e abaixe o corpo em frente ao banco até que ele forme um ângulo de 90°. Permaneça nesta posição, mantendo os cotovelos grudados ao tronco. Retorne à posição original utilizando a força dos tríceps.

Importância desse exercício

A atividade não só trabalha os tríceps, como também melhora os glúteos, deltoides, abdominais, quadris e os músculos posteriores das coxas.

3 – Flexão de braços fechada

Fique de bruços no chão, em posição de prancha. O corpo precisa estar elevado, com as pontas dos pés no chão, além dos braços estendidos e as palmas das mãos no solo – a distância equivale-se à largura dos ombros.

Abaixe o corpo até que o peito esteja um pouco acima do chão. Dependendo do posicionamento das mãos, um certo grupo de músculos é mais trabalhado – quando na altura dos ombros, os tríceps terão maior acionamento, caso for mais abaixo dos ombros, na região inferior do peitoral, haverá maior trabalho para o deltoide anterior.

Importância desse exercício

Esta flexão é uma ótima alternativa que envolve a articulação do cotovelo e do ombro, alcançando diversas vantagens para determinado grupo de músculos, conforme a sua vontade.

4 – Mergulho

O mergulho lembra muito o exercício de tríceps no banco. Mesmo que você não tenha barras próprias para realizar o exercício, faça uso de um banco ou cadeira, por exemplo.

Posicione suas mãos no banco ou na cadeira, estendendo as pernas para a frente e coloque os calcanhares em cima de uma caixa ou outro acessório. Após, abaixe o corpo até que os antebraços estejam paralelos ao chão, mas não mais baixo do que isso.

Para voltar à posição original, estenda os cotovelos.

Importância desse exercício

O mergulho ajuda na definição dos tríceps, bem como para o ganho de massa muscular na parte superior do nosso corpo e ainda consegue trabalhar no levantamento do peso durante a execução do exercício.

5 – Rosca simultânea com halteres

Em pé e com os braços ao longo do corpo – um haltere em cada mão, com as palmas voltadas para fora –, flexione e estenda os cotovelos simultaneamente.

A série deste exercício pode ser variado com a execução em giros (Supinação e pronação dos antebraços) ou até mesmo subir menos o peso – conhecido como tensão contínua.

Importância desse exercício

A rosca simultânea com halteres promove fortalecimento e definição aos braços.

Há maior liberdade de movimento, mais conforto na prática e há a troca de peso igualmente dimensionado para ambos os braços, evitando qualquer problema de compensação.

Exercícios para braços: é bom lembrar…

Antes de começar a seguir sua série de exercícios para os braços – independentemente de ser em sua casa ou na academia –, você precisa fazer um check-up com seu médico, pois é preciso ter certeza que você está apto(a) para praticar estas atividades físicas.

É claro que, mesmo que você escolha fazer em casa estes exercícios para os membros superiores, é importante ter o auxílio de um profissional de educação física. O acompanhamento deste irá garantir que você está realizando as técnicas corretas.

Sozinho(a), preste atenção em seus movimentos e cuide-se. Caso sinta uma lesão ou se você se machucar, procure atendimento médico imediato!


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário