O que Comer Antes do Treino – Não Erre Na Alimentação. Dicas Fantásticas!

A aparência corporal é uma das maiores preocupações das pessoas no mundo inteiro e isso é um aspecto que só tende a aumentar. Em conjunto, há grande busca sobre os cuidados na alimentação antes do treino, ou seja, o que comer antes de malhar.

Você sabe como a alimentação é essencial para quem treina – tanto para quem objetiva perder peso como para quem visa ganhar massa muscular.

Fique com os seguintes temas para conhecimento hoje:

  1. Importância da alimentação pré-treino,
  2. O que comer antes do treino: entenda,
  3. Dicas fantásticas de alimentação pré-treino.

Dessa maneira, a alimentação antes do treino deve ser muito bem conhecida para resultados e não afetar o seu organismo.

Importância da Alimentação Pré-Treino

Independentemente de sua intenção ser ganhar músculos ou eliminar aquelas gordurinhas desagradáveis, é importante saber que nem sempre a falta de resultados está relacionada com a rotina inadequada de exercícios, mas sim com sua própria alimentação.

E é por isso que existe as recomendações de uma alimentação antes do treino. Alimentar-se adequadamente irá interferir diretamente nos resultados, sejam eles positivos ou negativos. Mas é claro que não é esta apenas a importância de uma correta alimentação pré-treino.

Há muito mais. Observe:

  • Proporciona um desempenho muito superior,
  • Faz com que haja uma melhor recuperação muscular,
  • Garante que não haverá perda de massa magra,
  • Previne que ocorra hipoglicemia e/ou sintomas associados,
  • Previne lesões,
  • Garante equilíbrio hidroeletrolítico,
  • Auxilia na prevenção do catabolismo proteico acima dos níveis aceitáveis.

Antes de saber o que comer antes de malhar, é também importante saber que a composição da alimentação pré-treino depende de alguns fatores, tais como:

  • Horário de início da prática física,
  • Duração do exercício físico,
  • Intensidade do exercício físico,
  • Modalidade de exercício físico,
  • Questões e particularidades individuais,
  • Preferências de cada indivíduo.

Ou seja, entende-se que a alimentação antes do treino deve se adequar aos objetivos e necessidades energéticas e nutricionais de cada pessoa.

O que Comer Antes do Treino: Entenda

A alimentação pré-treino, basicamente, tem como objetivo prevenir a fadiga e melhorar o desempenho enquanto você está fazendo exercícios (tanto aeróbicos como anaeróbicos).

O importante é escolher alimentos que sejam fontes de carboidratos, principalmente os complexos, pois são ingeridos mais lentamente e fornecem energia certeira durante todo o treino. Quais são esses alimentos? Escolha seu favorito:

  • Frutas – são uma das melhores opções, pois fornecem ao organismo uma variedade de nutrientes,
  • Suco de frutas,
  • Frutas secas,
  • Pães integrais,
  • Massas integrais (torradinhas, por exemplo),
  • Barras de cereais,
  • Arroz,
  • Tapioca,
  • Mandioca,
  • Batata-doce.

Muitos discordam do consumo de alimentos que contenham fibras, pois estas podem atrapalhar a absorção dos carboidratos e provocar problemas gastrointestinais. Por outro lado, outros ingerem, sem problemas, farinhas integrais como complementos na alimentação pré-treino.

Assim como o pré-treino, a alimentação pós-treino também é essencial para os bons resultados, ok?

Dicas Fantásticas de Alimentação Pré-Treino

Embora pareça muito simples somente incluir alimentos que são fontes de carboidratos na alimentação pré-treino, você precisa estar atento(a) a alguns elementos que estão intimamente ligados com a sua hora de malhar e que também pode impactar seus objetivos.

Por isso, estas dicas abaixo têm como finalidade potencializar sua alimentação antes do treino, assim como garantir uma boa saúde ao organismo.

Veja só: em primeiro lugar, entenda que dependendo do horário que você pratica seu exercício físico a sua forma de alimentação pré-treino precisa ser adequada levando em conta sua rotina diária.

De todo modo, explica-se da seguinte forma que:

  • Se o seu treino é de manhã, é imprescindível que exista uma alimentação apropriada para evitar que a massa magra seja transformada em energia,
  • Se o seu treino é no horário do almoço, procure deixar a refeição para depois do treino, tenha um café da manhã reforçado e um lanche intermediário na metade da manhã. Lembre-se que o almoço precisa ser equilibrado (cardápio deve estar de acordo com as características do seu organismo),
  • Se o seu treino é à noite, é necessário um lanche na metade da tarde que seja composto de proteínas e carboidratos.

Com os treinos, o corpo perder água de maneira contínua. Antes e depois do treino, é necessário que o organismo permanece muito hidratado, evitando qualquer sensação de fadiga e redução da eficácia dos treinos – por isso aumente a hidratação, especialmente em dias muito quentes. É possível investir na água de coco, sucos de frutas, chás e bebidas esportivas.

Outras dicas também envolvem:

  • Não fazer treinos em jejum,
  • Não fazer treinos com intervalos superiores a 4 horas da última refeição,
  • Não iniciar treinos com a sensação de “estômago muito cheio”.

Lembre-se, conforme recomendação de nutricionistas deve-se existir uma hora de intervalo entre a refeição e o treinamento. Dependendo o caso, pode ser somente 30 minutos. Caso você tenha uma vida muito corrida e o horário de treino é bem apertado e a alimentação pré-treino também é afetada, opte por lanches mais leves.

Tenha bons treinos!


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário