Hábitos alimentares: Como melhorá-los?

Veja aqui como conseguir ter hábitos alimentares melhores, quais deles são os mais indicados e mais feitos e muito mais informação.

A importância dos bons hábitos alimentares é um dos assuntos mais comentados atualmente. Seja na mídia ou no meio médico, essa é uma das condições essenciais para uma saúde plena e vida longa.

Diversos estudos mostram que o segredo da longevidade está atrelado à atividade física moderada e aos bons hábitos alimentares. O consumo de fast foods, industrializados e doces em excesso estão associados ao surgimento de inúmeras doenças, como pressão alta, diabetes e obesidade, que reduzem a expectativa de vida das pessoas.

De acordo com diversas entidades que tratam o câncer, os bons hábitos alimentares podem reduzir em 30% o risco de uma pessoa desenvolver o câncer – não podendo ignorar que isso deve estar atrelado ao controle de peso e à atividade física.

Hábitos alimentares: quais os melhores? Como adquiri-los?

Mesmo que sua vida seja uma correria e você não tenha tempo para organizar sua alimentação, é totalmente possível escolher entre os diversos tipos de hábitos alimentares, para direcionar suas refeições.

Quando falamos em mudanças de hábitos alimentares, não estamos nos referindo a uma dieta específica, mas à substituição de certos alimentos por outros que nutrem o organismo e trazem mais benefícios à saúde.

Benefícios dos bons hábitos alimentares

Embora existam muitos hábitos alimentares saudáveis, o ideal é que se comece aos poucos. Estudos indicam que os humanos levam cerca de 21 dias para se ”acostumar” com um novo hábito. Por isso, é preciso paciência e persistência!

Para o corpo funcionar de forma adequada, é essencial ter fibras, gorduras boas, proteínas, vitaminas e minerais na alimentação diária. Desse modo, os benefícios dos bons hábitos alimentares serão percebidos, com o passar dos anos, em especial para:

  • Prevenção de diversas doenças (pressão alta, diabetes, câncer, entre outros);
  • Equilíbrio hormonal;
  • Aumento da expectativa de vida;
  • Retardo do envelhecimento;
  • Aumento da energia e disposição;
  • Redução de dores corporais;
  • Melhoria do humor, ansiedade e estresse;
  • Melhoria da qualidade de vida.

Quem não quer ter uma vida longa e saudável? A maioria das pessoas busca a qualidade de vida, e a boa saúde é primordial para conseguir alcançar esse objetivo, sendo que os hábitos alimentares podem influenciar diretamente nesse aspecto.

Como adquirir bons hábitos alimentares?

Todos os dias, surgem guloseimas novas no mercado, sendo um fato que as padarias estejam recheadas de doces, pães e tortas. Com tantas opções e facilidades promovidas pela indústria alimentícia e pelos restaurantes fast foods, está cada vez mais tentador sair às ruas e permanecer com bons hábitos alimentares.

No entanto, é preciso lembrar que sua saúde depende dessa mudança, pois, atualmente, existem muitos nutricionistas informando às pessoas sobre a importância de resistir às tentações, com o intuito de se ter uma vida mais saudável. Mas não é preciso abrir mão de tudo: evite alimentos que não fazem bem sempre que possível, mas, de vez em quando, permita-se comer algo diferente. Equilíbrio é essencial para uma vida saudável.

Os bons hábitos alimentares nem sempre podem ser adquiridos do dia para a noite, mas é preciso começar devagar, fazendo algumas substituições. Aqui estão alguns passos que podem ser dados, confira:

  • Elimine os temperos prontos da sua cozinha e priorize os frescos, como salsinha, cebolinha, orégano, cebola, alho e outros naturais;
  • Opte por alimentos integrais, pois eles possuem mais fibras e promovem mais saciedade;
  • Troque salsichas, linguiças e outros embutidos por carne, frango, peixes e ovos – eles são mais naturais e não possuem sódio e conservantes como as opções processadas;
  • Consuma mais frutas, de preferência com casca e bagaço (é onde estará a maior parte dos nutrientes);
  • Introduza hortaliças e legumes em suas refeições;
  • Evite frituras – prefira grelhar, assar ou cozinhar;
  • Beba cerca de 8 copos de água diariamente;
  • Dê preferência ao leite e aos iogurtes desnatados;
  • Troque a sobremesa por chocolate amargo;
  • Consuma mais alimentos orgânicos;
  • Diminua aos poucos o consumo de refrigerantes até que consiga eliminá-lo de sua alimentação diária.

É possível melhorar os hábitos alimentares de diversas maneiras, o importante é adquirir aqueles que você conseguirá manter, ou seja, ter um estilo de vida saudável. Para isso, esqueça as dietas mirabolantes! Caso tenha dúvidas, procure um profissional para te auxiliar.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário