L-carnitina – Benefícios, Como usar? Quantidade e Contraindicação

Está em busca do tão sonhado corpo escultural? Então, confira, aqui no Quero Viver bem, tudo a respeito da L-carnitina, um suplemento poderoso!

A L-carnitina é um composto semelhante a uma vitamina e um aminoácido. Essa substância é naturalmente produzida pelo organismo, no fígado e nos rins, a partir da lisina e metionina (aminoácidos).

Seu papel mais importante é o emagrecimento, pois faz com que a gordura seja utilizada como principal fonte de energia.

Benefícios da L-carnitina

Lcarcitina

A L-carnitina oferece benefícios específicos para a saúde e estética. Veja, abaixo, quais são os principais e como essa substância pode agir no seu organismo:

Emagrecimento e ganho de energia

A L-carnitina utiliza ácidos graxos para produção de energia, portanto, auxilia na queima de estoques de gordura corporal, levando ao emagrecimento de maneira saudável.

Inclusive, nesse processo, há um ganho significativo de energia e uma redução da fadiga, passando a ter mais disposição para realizar atividades básicas e treinos mais intensos na academia.

Suporte no ganho de massa magra

A L-carnitina dá suporte no ganho de massa magra, porque maximiza a resistência muscular e a força. Com isso, é possível aumentar a intensidade de treinos e atingir resultados de construção muscular/hipertrofia mais rapidamente.

Mais saúde ao coração

A função vasodilatadora da L-carnitina faz bem ao coração, garantindo-lhe mais saúde. Paralelamente, a substância evita a oxidação de gorduras e o entupimento das artérias, além de equilibrar o colesterol no organismo.

 

Como usar a L-carnitina

Lcarcitina

Devido aos seus benefícios, há pessoas que buscam formas de aumentar a quantidade de L-carnitina no organismo, já que naturalmente a taxa desse composto no corpo é baixa.

Há duas formas de atingir esse resultado. Uma delas é por meio do consumo de alimentos ricos em L-carnitina. O principal deles é a carne vermelha: uma porção de 100 gramas desse alimento tem 80 mg da substância.

Também dá para encontrar L-carnitina em leite desnatado, ricota, queijo cottage, pão integral, ovo, suco de laranja, bacalhau e aspargos, por exemplo, sempre em menor quantidade em comparação à carne vermelha.

A segunda forma de consumo é adotar um suplemento de L-carnitina, que pode ser em pó ou em cápsulas, porque o efeito é sempre o mesmo. A única diferença é que a cápsula pode ter absorção mais rápida pelo organismo.

Quantidade diária ideal de L-carnitina

O consumo ideal de L-carnitina varia de acordo com cada organismo, por isso o mais indicado é conversar com uma nutricionista para saber qual a melhor quantidade no seu caso.

No entanto, há uma indicação geral de ingestão: recomenda-se o consumo de 2 a 3 gramas de L-carnitina para quem faz treinos de musculação e deseja ganhar massa magra e emagrecer.

Se a intenção for somente ter mais energia, manter o peso e atingir uma rápida recuperação no pós-treino, a indicação é de 1 grama de L-carnitina, apenas.

 L-carnitina

Contraindicações

A L-carnitina não é indicada para pessoas que estejam muito abaixo do peso considerado saudável (basta fazer um cálculo de IMC para conferir), assim como quem foi diagnosticado com problemas intestinais e de tireoide.

 

Antes de consumir qualquer suplemento, indicamos que você consulte um especialista para maiores orientações. Na maioria dos casos, uma dieta equilibrada e práticas regulares de atividade física são suficientes.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário