Insônia – O que fazer? Saiba como agir de acordo com as causas e os sintomas

Insônia é um problema caracterizado pela dificuldade de dormir e manter o sono. Estima-se que esse problema acomete cerca de 45% das pessoas em todo o mundo, sendo que a situação piora quando atrelada ao estresse do dia a dia e a outras doenças que podem causar alterações fisiológicas.

O Instituto do Sono, que é a instituição especializada em assuntos relacionadas à insônia e a demais distúrbios do sono, aponta que mais de 60% dos brasileiros possui algum problema para dormir bem, sendo que, na maioria das vezes, não buscam orientação médica, o que pode acarretar em problemas mais graves à saúde.

insônia sintomas e causas

Causas da Insônia

Os problemas para dormir podem estar relacionados a diversos fatores, entretanto, as principais causas da insônia são:

  • Ansiedade – TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada);
  • Estresse– Problemas do dia a dia (financeiros, no trabalho, na vida pessoal);
  • Depressão – Pessoas com essa doença têm dificuldades para dormir – saiba mais no conteúdo sobre sintomas da depressão;
  • Problemas de saúde – Parkinson, Alzheimer, artrite, câncer, AVC, insuficiência cardíaca, problemas na tireoide, fibromialgia, asma, bronquite, síndrome das pernas inquietas, refluxo (já falamos sobre alguns desse problemas também em nosso site);
  • Uso de medicamentos estimulantes – Energéticos à base de cafeína;
  • Uso de Álcool e cigarros;
  • Não ter horário certo para dormir – Os maus hábitos culminam em insônia;
  • Alimentação inadequada no jantar;
  • Gravidez;
  • Menopausa e outras alterações hormonais;
  • Envelhecimento;
  • Uso de drogas.

Sintomas da Insônia

Os principais sintomas da insônia são:

  • Não conseguir pegar no sono facilmente, podendo levar horas pra isso;
  • Acordar com bastante frequência durante a noite;
  • Acordar cansado pela manhã, mesmo após ter dormido;
  • Sonolência e cansaço durante o dia;
  • Sentimento de ansiedade, irritabilidade e nervosismo;
  • Distúrbios de memória e concentração;
  • Dificuldades na coordenação motora;
  • Problemas de intestino (diarreia ou constipação) – já ensinamos no QueroViverBem como regular o intestino;
  • Dores de cabeça.

A dificuldade para dormir é a principal característica da insônia, mas a verdade é que, como mostra a lista acima, ela acompanha uma série de outros problemas. Na prática, quem sofre deste mal não passa somente as noites acordados, mas angustiado ou com dores.

Consequências da Insônia

Dormir é uma necessidade fisiológica que todo o ser humano precisa para manter o corpo e a mente em plena saúde.O repouso faz parte desse processo, sendo que, quando não conseguimos descansar, o organismo sofre com a redução de funcionalidades, como energia, criatividade, atenção, concentração e distúrbios de humor.

O sono é fundamental para fortalecer o sistema imunológico e, principalmente, proteger de complicações cardíacas e digestivas. Quando dormimos, o nosso corpo passa por um processo de desintoxicação, que elimina radicais livres, causadores de inúmeras doenças, inclusive do câncer.

Muitos mecanismos acontecem no organismo durante o sono, inclusive o emagrecimento, por isso, é preciso ficar atento se a insônia é passageira ou se é crônica, que perdura por mais de 3 semanas – se quiser saber mais sobre o assunto, veja o conteúdo sobre os  benefícios de dormir bem.

insônia o que fazer

Tratamento e Remédios para insônia

As especialidades médicas que podem ser procuradas para o tratamento da insônia são:

  • Medicina especializada do sono (Instituto do Sono);
  • Neurologista;
  • Clínico Geral;

O diagnóstico da insônia é feito pelos profissionais, mediante avaliação médica (perguntas feitas ao paciente), exame de sangue para descartar outras doenças e testes de monitoração do paciente enquanto dorme.

É importante que o paciente não se automedique – somente o médico pode orientar o uso de algum remédio para combater a insônia -, sendo os principais medicamentos o  Rivotril e a Fluoxetina.

Outros tratamentos envolvem as mudanças de hábitos no horário de dormir, na alimentação e na atividade física.  Caso o paciente apresente outros problemas de saúde, como apneia do sono, outras medidas serão acrescentadas, a fim de tratar esses problemas e as possíveis causas da insônia.

Prevenção da insônia

Quando outros problemas de saúde são descartados, é preciso mudar o estilo de vida, para garantir um sono de qualidade. Entre as medidas mais comuns estão:

  • Fazer atividades físicas diariamente;
  • Ter horários para dormir e levantar;
  • Não jantar muito tarde, pelo menos, 3 horas antes de ir se deitar;
  • Manter o quarto bem escuro para dormir, colocar cortinas ou máscaras nos olhos;
  • Não ingerir cafeína e bebidas alcoólicas antes de ir dormir;
  • Evitar luzes brancas no quarto;
  • Desligar televisão e aparelhos eletrônicos no quarto;
  • Fazer atividades suaves antes de ir dormir, como a meditação;
  • Evitar pensar em problemas antes de ir dormir, afinal, você não vai conseguir resolvê-los a essa hora;

Muitos dos remédios para tratar essa mal podem ser feitos em casa, sendo um dos mais populares o suco de maracujá calmante.

Ter episódios de insônia uma noite ou outra pode ser totalmente normal, no entanto, se perceber que isso é corriqueiro, é essencial buscar ajuda médica, para um diagnóstico preciso.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário