Inhame engorda? Tabela nutricional

O inhame engorda somente quando você não souber dosar a quantidade ou prepará-lo com muito teor de gordura que acrescenta calorias. Caso contrário, é possível comer o tubérculo com tranquilidade, pois, além de saboroso, faz muito bem à saúde.

O carboidrato do inhame é complexo, digerido de forma lenta, fator que promove mais saciedade e evita picos de glicemia, favorecendo o emagrecimento.

O inhame conta com alguns benefícios que favorecem a saúde, tais como:

  • Melhora o sistema autoimune;
  • Auxilia na visão;
  • É rico em fibras;
  • Contribui com o sistema circulatório;
  • Ajuda na reposição hormonal;
  • Controla a pressão arterial e é rico em antioxidantes.

Este último é uma propriedade importante para eliminar os radiais livres responsáveis por inúmeras doenças.

Inhame

[VEJA TAMBÉM: CHÁ DE INHAME – BENEFÍCIOS]

Tabela Nutricional do inhame

Todo o alimento, quando consumido em excesso, pode engordar. Existe um grande mito sobre o inhame, devido ao fato de ele pertencer à família da “batata”, que também, se consumida moderadamente, não vai alterar o peso.

Abaixo, você confere a tabela nutricional referente a 1 xícara do tubérculo (136g):

[VEJA TAMBÉM: SUCO DE INHAME – BENEFÍCIOS]

Portanto, pode-se notar que o inhame engorda só em caso de consumo excessivo. Para não acrescer o seu valor calórico, é perfeitamente possível consumi-lo cozido, em forma de purê, na composição de sopas e caldos.

Além disso, o tubérculo pode ser usado cru no lugar de leite, vitaminas e smothies, batidos no liquidificador com frutas como a banana. A bebida fica nutritiva, saborosa e sem lactose.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário