Incontinência Urinária – O que Fazer? Causas, Sintomas e Tratamento

A incontinência urinária é mais comum em pessoas mais velhas, mas pode acontecer em qualquer idade. Veja aqui as causas, sintomas, tratamento e se tem cura!

A incontinência urinária é um problema de saúde que, apesar de não ser tão grave, pode causar extremo constrangimento a quem sofre com ela, já que a pessoa pode não conseguir chegar ao banheiro e acabar urinando em qualquer lugar.

O problema pode acontecer de maneira leve, moderada ou intensa. Para saber como ela se desenvolve, quais os sintomas, principais causas e tratamentos, leita o texto completo, abaixo.

O que é incontinência urinária?

A incontinência urinária se dá quando existe a perda do controle da vontade de urinar. Como resultado, a micção, que ocorre pela uretra, torna-se involuntária, atingindo tanto homens quanto mulheres de todas as idades, mas, frequentemente, durante a gestação ou na menopausa.

incontinência urinária tem cura

A incontinência é diagnosticada, normalmente, quando o paciente não consegue segurar nem pequenas, nem grandes quantidades de urina e acaba molhando as roupas íntimas. Em casos leves, a urina pode ocorrer somente quando a pessoa espirra ou tosse, em outros, a situação é tão grave que fica impossível chegar ao banheiro e a pessoa deixa escapar o xixi nela mesma.

Existem, ainda, alguns tipos diferentes do problema, que variam de acordo com a causa ou intensidade:

Incontinência Urinária por Transbordamento

Acontece apenas com pessoas que não têm condições de irem sozinhas ao banheiro por algum motivo, seja doença ou imobilidade. O paciente reconhece a vontade de urinar, mas chega uma hora que a bexiga está tão cheia que fica impossível segurar o xixi.

Incontinência Urinária de esforço

O indivíduo elimina a urina ao rir, tossir, subir escadas ou ao praticar algum esporte. Acontece quando há um esforço e a musculatura do assoalho pélvico não é firme o suficiente. Ao passar por um estresse ou um esforço maior, a bexiga não consegue reter o xixi.

Incontinência Urinária de Urgência

A principal causa dessa tipo de incontinência é a síndrome da bexiga hiperativa, que acontece quando a vontade de urinar é tão forte que a pessoa não consegue chegar até o banheiro, mesmo quando existe apenas uma pequena quantidade de urina na bexiga.

Incontinência Urinária Mista

Os sintomas podem misturar-se e o paciente sofrer de mais de um tipo de incontinência.

Causas

tratamento par aincontinência urinária

As causas podem envolver a uretra, sendo que, nas mulheres, é mais comum que haja alguma deficiência natural no assoalho pélvico, mais especificamente, no hiato vaginal e no hiato retal. Essas partes formam um anel ao redor da uretra, impedindo a urina de sair e dando ao indivíduo o controle para segurar o líquido na hora de ir ao banheiro. No entanto, por algum motivo, esses músculos são mais frágeis em algumas mulheres.

Os homens mais afetados são aqueles que possuem problemas na próstata ou ainda fazem a sua retirada. Quando o problema acomete pessoas mais jovens e crianças, geralmente, está associado ao stress ou a problemas nos nervos que controlam o xixi e ajudam a reter a urina na bexiga.

Entre as causas também estão gravidez, parto, tumores benignos e malignos, obesidade, bexigas hiperativas que contraem involuntariamente, tosse crônica, doenças que causam a perda do controle de urinar e doenças pulmonares que obstruem a bexiga. No cado dos homens, é também comum danos causados no esfíncter por cirurgias ou radiação.

Outras causas comuns são o consumo excessivo de:

  • Álcool;
  • Café;
  • Vitamina B ou C;
  • Xarope de milho;
  • Adoçantes sintéticos;
  • Alimentos com muito açúcar e especiarias;
  • Sedativos, relaxantes muscular, medicações para doenças cardíacas e para pressão arterial;
  • Chás que contêm cafeína;
  • Alimentos cítricos, como laranja, limão e outros.

Outras causas relacionadas são:

  • Estresse;
  • Infeção urinária;
  • Prisão de ventre;
  • Histerectomia;
  • Câncer de próstata;
  • Esclerose múltipla;
  • AVC;
  • lesões na coluna vertebral;
  • Parkinson;
  • Esclerose múltipla;
  • Envelhecimento;
  • Aumento da próstata e outros.

Tratamento

causas da incontinência urinária

O lado bom da incontinência urinária é que, na maioria dos casos, ela tem cura. São diversos os tratamentos, que variam de acordo com a intensidade. Por exemplo, fazer exercícios desenvolve e fortalece o assoalho pélvico, como é o caso do pompoarismo.

A fisioterapia e o uso de aparelhos, como Biofeedback e eletroestimulação, podem levar à cura do problema, mas, quando isso não ocorre, é necessária intervenção cirúrgica.

Os sintomas costumam melhorar significativamente em, pelo menos, 70% , permitindo que o paciente tenha uma vida mais estável e não tenha que se preocupar com a urina constante.

Caso note algum dos sintomas descritos acima, procure um clínico geral, ginecologista, urologista ou geriatra, para averiguar o motivo do problema e obter o melhor tratamento. Existem calcinhas e cuecas absorventes que conseguem disfarçar o odor e reter uma quantidade média de urina, o que dispensa o uso de fraldas ou absorventes.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário