Imunidade baixa – Como aumentar?  Alimentos e Receitas mais recomendadas

Confira aqui como identificar se a imunidade está baixa (causas e sintomas) e o passo a passo completo de como aumentá-la.

A imunidade é a capacidade que o corpo tem de defender-se contra microorganismos estranhos. Quem está com ela em baixa, fica mais vulnerável às doenças de todos os tipos, principalmente a quadros de gripe, resfriado e infecções urinárias.

Conforme a recomendação dos médicos, ao notar mais de dois sintomas dos descritos abaixo, deve-se verificar o estado de saúde, pois agir de antemão é fundamental para resgatar o estado normal de imunidade e evitar o acometimento por doenças.

15 Sintomas mais comuns

  1. Infecções urinárias recorrentes;
  2. Infecções constantes das amígdalas;
  3. Gripe ou resfriados frequentes;
  4. Aparecimento da herpes;
  5. Secura nos olhos;
  6. Aparecimento de aftas;
  7. Irritabilidade;
  8. Diarreia;
  9. Manchas brancas na pele;
  10. Queda de cabelo;
  11. Unhas quebradiças;
  12. Manchas brancas nas unhas;
  13. Febre;
  14. Calafrios;
  15. Indisposição.

imunidade baixa sintomas

Níveis de referência – Como saber se a imunidade está baixa no hemograma

A imunidade é medida por meio de hemograma (exame de sangue tradicional), o qual verifica sinais de infecções e se a quantidade de células de defesa do organismo (leucócitos, anticorpos e células-tronco) batem com os valores adequados para uma boa defesa corporal.

A principal forma de saber se a imunidade está baixa é analisando o número de leucócitos (glóbulos brancos), células destinadas a defender o organismo contra qualquer tipo de infecção.

Abaixo, seguem os valores de referência e o que cada resultado significa na saúde do corpo:

  • Normal: 4500 a 11000 leucócitos/mm³;
  • Leucopenia: menos de 4500 leucócitos/ mm³;
  • Leucocitose: acima de 11000/mm³.

Se houver leucócitos demais é sinal de que a pessoa está com alguma doença ou infecção. Já se a imunidade estiver baixa pode significar doenças como anemia, leucemia, lúpus, entre outras causas.

Causas

Há uma série de fatores desencadeadores da baixa imunidade, entre eles incluem-se:

  • TPM;
  • Má alimentação;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Exercício físico excessivo;
  • Insônia;
  • Depressão;
  • Estresse prolongado;
  • Tratamentos medicamentosos;
  • Exposição à radiação.

É claro que bons hábitos de saúde influem diretamente em quão forte o organismo é. Por isso, andar sempre bem agasalhado, não usar drogas psicoativas e manter bons hábitos de higiene são fundamentais.

O que fazer para aumentar a imunidade? – Passo a Passo completo

Há várias atividades cotidianas que ajudam a melhorar a imunidade sem necessidade do uso de remédios. Abaixo, você pode conferir os três principais passos para conseguir manter a imunidade regulada e o corpo saudável:

1 – Pratique atividades físicas intensas

Conforme um estudo recente publicado pela Universidade de Bath, no Reino Unido, durante a prática de exercícios físicos de alta intensidade tem-se um aumento de até 10 vezes na quantidade de células de defesa do organismo em diferentes partes do corpo, até duas horas após o término da atividade.  Sendo assim, esta modalidade apresenta-se como um excelente fortalecedor da saúde corporal.

No estudo, o pesquisador John Campbell posicionou-se sobre o assunto: “claramente, os benefícios do exercício, incluindo esportes de resistência, superam qualquer efeito negativo”, disse na ocasião.

2 – Controle o estresse

Sabe-se que o estado emocional pode impactar na saúde geral do organismo e estudos médicos já comprovaram que pessoas estressadas e ansiosas são mais acometidas por doenças de todos os tipos, principalmente por pequenas infecções. Desse modo, manter uma rotina saudável e controlada é um tópico importante para aqueles que querem fortalecer o sistema imunológico.

3 – Mantenha uma alimentação saudável

De acordo com Mauro Fantini,  professor de imunologia do Cetro Universitário São Camilo, o consumo de probióticos e alimentos específicos não são suficientes para a melhoria do sistema geral de defesa, uma vez que este é altamente complexo. No entanto, é comprovado que a manutenção da quantidade ideal de vitaminas e minerais no corpo tem impacto direto na imunidade.

Para manter o sistema imunológico em dia, os médicos recomendam o consumo de três porções diárias de frutas e vegetais, bem como a manutenção de um cardápio saudável e adequado à necessidade de calorias de cada indivíduo.

Alimentos que aumentam a imunidade

Para te ajudar nesta função, segue uma lista completa dos alimentos que aumentam a imunidade. Na maior parte das vezes, eles são boas opções porque contêm grandes quantidades de vitamina C, propriedades antioxidantes e/ou ácido fólico. Confira os exemplos:

alimentos para aumentar a imunidade

Suco fortalecedor

Os sucos cítricos são os mais relevantes para o aumento da imunidade, já que frutas deste tipo possuem grande quantidade de vitamina C e ação antioxidante. Os mais potentes são os sucos de laranja, limão e kiwi (também pode ser feito com tangerina).

O modo de preparo consiste somente em bater uma unidade de cada ingrediente em um litro de água, podendo-se acrescentar gelo e adoçantes naturais ou mel, para adoçar.

Mas, cuidado com os alimentos termogênicos no inverno. Afinal, uma pesquisa da Unicamp demonstrou que gastar muita energia quando o clima está frio pode enfraquecer o sistema imunológico. A professora da Faculdade de Engenharia de Alimentos de Campinas, Gláucia Pastore explica o porquê do acontecimento: ” O frio faz com que o nosso corpo precise queimar mais calorias para equilibrar a temperatura corporal. Você faz isso digerindo mais alimentos. […] É uma estação muito curiosa porque a comida que você come vai ser metabolizada mais depressa. Precisa gerar mais energia do que o corpo humano está acostumado”, diz.

Vitamina para fortalecer o sistema imunológico

Vitaminas não são as melhores alternativas para aumentar a imunidade, pois o leite pode desencadear pequenas inflamações no trato digestivo, já que não é um alimento de fácil digestão. No entanto, para os adeptos das vitaminas diárias, as melhores opções são aquelas que levam oleaginosas e frutas antioxidantes, como a manga, a maçã, entre outros.


Referências utilizadas neste conteúdo:

UNIVERSIDADE DE BATH. Research debunks ‘myth’ that strenuous exercise suppresses the immune system. 2018. Disponível em <https://www.bath.ac.uk/announcements/research-debunks-myth-that-strenuous-exercise-suppresses-the-immune-system/>

UNICAMP. Pesquisa avalia ação de raiz andina no sistema imunológico. 2012. Disponível em <http://www.unicamp.br/unicamp/ju/530/pesquisa-avalia-acao-de-raiz-andina-no-sistema-imunologico>

FOLHA DE SÃO PAULO. Como melhorar a imunidade? Disponível em <https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2018/04/como-melhorar-a-imunidade.shtml>


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário