Importância da rotina nos treinos – Por que devemos treinar?

O corpo humano é uma máquina prefeita, nas qual todos os sistemas são interligados e todo ele funciona como um organismo em movimento constante.

Essa máquina, como qualquer outra máquina criada pelo homem, necessita de manutenção e de estar em atividade constante, do contrário ela enferruja e para de funcionar.

O corpo humano, quando não exercitado ou mal movimentado, acaba atrofiando e perdendo algumas funções. Em relação ao treinamento, seja aeróbico, musculação, hit, ou qualquer outro tipo de atividade física, ocorre da mesma forma e os estímulos tendem a ser feitos diariamente para que o corpo venha a não atrofiar ou a não perder musculatura.

Neste artigo entenda melhor o porquê da importância da prática de atividades físicas, rotinas de treino e manutenção de treinamento.

Rotina nos treinos

Por que devemos treinar nosso corpo?

O corpo, com o passar dos anos, sofre degenerações articulares e musculares, como artrite e artrose. Quem nunca viu um senhor de idade andando curvado ou nem andando por estar debilitado? Ou, então, um senhor da mesma idade em plena forma física e melhor condicionado que pessoas mais jovens?

Esta última situação se chama rotina de treinamento. Pessoas, quando mantêm uma constância nos treinos, acabam melhorando suas articulações e sua flexibilidade e fortalecendo sua massa muscular, responsável por manter o corpo ativo e forte. Além disso, a pratica de atividades físicas contribui com a manutenção de células ativas e corpo em perfeito funcionamento.

Os exercícios físicos age no corpo como um sistema para manter a saúde, o bem-estar e as funcionalidades do organismo. Um corpo bem treinado aumenta a longevidade muscular e diminui significativamente os problemas de lesões.

Rotina nos treinos

O que é a rotina de treino?

Todo mundo já passou por aquele dia em que a dor do treino de um ou dois dias anteriores chega. Esse incômodo é forte, e aparenta ser de um órgão lesionado.

Na verdade, a dor é o corpo fazendo a regeneração das fibras, devido ao   estímulo feito no treinamento, porém com os treinos menos espaçados e mais rotinados, o corpo sofre menos e a dor acaba diminuindo.

Quando é feita a inflamação das fibras, é necessário que o corpo se recupere, para isso, ele leva, em média, 48 horas para finalizar esse processo. Porém, com o treino diário em musculaturas diferentes, o corpo recompõe uma musculatura e treina outra.

Essa rotina exige mais do organismo, e como somos uma máquina perfeita, mandamos uma mensagem ao cérebro de que é necessário um processo mais rápido de recuperação.

Agora, quando não se tem uma rotina de treino, o corpo não fica condicionado aos exercícios e isso irá apenas piorar os quadros de dores e, consequentemente, a recuperação. Imagina que seu músculo sofreu um estímulo do treino, recuperou e estimulou novamente. O organismo irá, automaticamente, condicionar-se e não irá sofrer mais com o tempo. Já no caso de um corpo treinado um dia e três ou quatro dias depois treinado novamente, não irá ter condicionamento de treino e não diminuirá as dores.

Rotina nos treinos

Benefícios da rotina de treino

A rotina de treino faz com que a musculatura desenvolva e aumente o volume muscular. Como explicado anteriormente, a ação das fibras em processo inflamatório cria uma inflamação em cima de outra inflamação. Ou seja, recupera e inflama, e é esse processo que faz com que o músculo desenvolva.

Além de desenvolvimento muscular outros processos que ocorrem são: a maior vasodilatação, o aumento de circulação sanguínea, o maior bombeamento de sangue e a melhora do sistema cardiovascular – exigindo mais do coração, pois ele também é um músculo que necessita de exercícios para se manter ativo.

Exercitar-se com frequência é importante não apenas para manter o corpo visivelmente bonito (estético), mas também para garantir que ele continue saudável e forte. Praticar atividades físicas ajuda a melhorar a circulação do sangue, oxigenando os tecidos e evitando desde gripes e resfriados até mesmo doenças mais graves, como (diabetes, hipertensão, osteoporose e a perda óssea). A obesidade também é controlada com uma rotina de treinos constante.

Ao praticar qualquer exercício físico, o corpo produz hormônios como ocitocina, serotonina e endorfina, conhecidos como hormônios do prazer. Além de proporcionar aquela sensação de bem-estar que sentimos depois de um treino intenso, tais substâncias são responsáveis por reduzir o estresse e ajuda a combater a depressão e a ansiedade.

Sendo assim, mantenha uma rotina de treinos que seu corpo agradecerá. Ela irá apenas te trazer benefícios e aumentará suas satisfações – satisfação com o seu corpo esteticamente, satisfação com o seu condicionamento sua forma física, emocional e espiritual, e satisfação com todos os seus órgãos que irão fortalecer e aumentar a longevidade.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário