Gordofobia Preconceito – Definição, Significado e dados no Brasil

Confira aqui dados sobre a gordofobia no Brasil, entenda mais sobre o preconceito. Definição, significado e como é feito o tratamento com as vítimas.

O termo Gordofobia significa “aversão a pessoas gordas”. Nada mais é do que um tipo de preconceito. É difícil compreender porque uma característica física pode virar alvo de repugnância por parte de algumas pessoas, entretanto, o termo gordofobia nunca esteve tão presente na sociedade brasileira como nos últimos anos.

Mesmo com muitas campanhas de conscientização espalhadas pela mídia, os casos de Gordofobia não param de crescer. Seja no ônibus, onde uma pessoa com a circunferência maior não passa na catraca, ou em algumas lojas de roupas que criam um padrão extremamente pequeno, apontando que uma pessoa que veste acima de 44 veste um tamanho especial.

Algumas grifes categorizam o ” tamanho especial” acima de 42, sendo que as brasileiras não possuem um padrão pequeno. A Gordofobia está nos olhares na praça de alimentação de um shopping, na hostilidade das pessoas, nas piadas e o no desrespeito – inclusive de profissionais da saúde.

gordofobia

Preconceito

A gordofobia é o resultado de padrões de beleza que foram impostos pela própria sociedade em relação à mulher. O sexo feminino é alvo da mídia, que incita um modelo de corpo perfeito, no qual as mulheres devem ser altas, magras, cheias de curvas e sem nenhuma celulite.

Os protótipos que servem de exemplo, geralmente, são atrizes e modelos que também não são perfeitas, mas a mídia as torna, pois faz uma super produção na TV e nas revistas.

Inconscientemente, desde crianças, as meninas recebem essa informação das mães e dos familiares, aprendendo que não se pode comer muito para não engordar. Mostram para elas que ser ” gordo” é ser ” feio”.

É compreensível que o excesso de peso pode causar inúmeros males à saúde, mas, em poucos momentos, essa questão é mostrada para crianças e adolescentes como uma questão de aparência.

Pela sociedade, uma pessoa gorda está ligada a “falta de beleza”. Além de outras comparações desconfortáveis, que causam constrangimento no dia a dia, como aponta a frase: “seria tão linda se fosse magra”.

Causas e Consequências

gordofobia é crimeEm decorrência da cobrança da mídia e da sociedade, a pessoa que está acima do peso começa a se cobrar de uma forma nada saudável. É aí que começa a busca pelo emagrecimento, por meio de dietas malucas, remédios e, muitas vezes, cirurgias quando não há a necessidade.

A industria do emagrecimento está apelando com força, por isso, muitas pessoas, sejam homens ou mulheres, submetem-seà cirurgia bariátrica nos últimos anos, mesmo sem a necessidade, pois estão em uma faixa de obesidade que poderia ser tratada de outra forma.

É importante salientar que a pessoas que são vítimas de gordofobia podem desencadear transtornos alimentares muito graves, como:

  • Compulsão alimentar;
  • Bulimia;
  • Anorexia;
  • Depressão.

Já houve muitos casos de óbito de mulheres que entraram em regimes alimentares insanos para tentar alcançar o padrão de beleza imposto.

Tratamento

O primeiro passo para evitar a gordofobia é tendo respeito ao próximo. É preciso tentar compreender que aquela pessoa não está acima do peso simplesmente porque ela quer ou come muito.

Pessoas magras acreditam que a pessoa gorda come demais, mas nem sempre é assim. Existem muitos magros que comem mais do que uma pessoa acima do peso. Portanto, é necessário abrir a mente e entender que outros problemas podem ser o geradores dessas alterações no peso. Alguns fatores são:

  • Problemas genéticos: assim como característica quanto a cor do cabelo e dos olhos, ser gordo pode ter origem genética;
  • Problemas de saúde: desequilíbrio hormonal, hipotireoidismo, depressão, transtorno de ansiedade, diabetes, entre outros, podem ser grandes barreiras para uma pessoa emagrecer, mesmo fazendo dieta;
  • Problemas de sono: pessoas que não conseguem ter uma boa noite de sono sofrem com a queda de hormônios que regulam a saciedade, por isso, são alvos para o ganho de peso.

Esses itens citados são alguns fatores que podem levar uma pessoa à obesidade, portanto ser gordo não se trata somente da ingestão exagerada de comida e da falta de atividade física, como muitas pessoas pregam por aí.

A gordofobia, assim como outras formas de discriminação, torna o mundo de uma pessoa mais cinzento. Pense que muitas pessoas ao seu redor podem sofrer com esse problema e não conseguir tocar suas vidas por causa dos olhares e comentários maldosos que percebem todos os dias.

Respeito pelo próximo é a chave para mudar esse cenário de discriminação!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Um Comentário

  1. Roselíbie Bernardes Malta

Deixe um Comentário