Glutamina – Como tomar, Benefícios, Resultados e Efeitos Colaterais

A glutamina é um importante aminoácido,que ajuda a melhorar o funcionamento do intestino (para quem sofre com prisão de ventre) ou evitar o sofrimento com diarreias(seja por vírus ou intoxicação).

Além disso, a glutamina ajuda a estimular a memória e a concentração (foco no que está fazendo);a melhorar e a reforçar os músculos (e qualquer músculo);a melhorar e regular ometabolismo;e tirar a vontade de consumir açúcar ou álcool com frequência.

Dentro outras informações, ela ajuda, também, no combate ao câncer, na melhora dos sintomas da diabetes, no auxílio à desintoxicação e no reforço da imunidade contra vírus e bactérias.

Esses são alguns dos benefícios que a glutamina acrescenta ao nosso corpo e à nossa saúde. Por isso, ela é muito importante, sendo necessário, quando o nosso corpo não consegue produzir de forma natural, que você compre a glutamina para consumir e continuar adquirindo os benefícios que ela traz.

glutamina efeitos

Indicações

A glutamina é indicada para atletas e para pessoas que não conseguem produzi-la de forma natural. Normalmente, o consumo da glutamina é indicado por médicos especialistas ou nutricionistas.

Recomenda-se que a glutamina seja tomada em pequenas porções durante o dia, para que não haja efeitos colaterais instantaneamente. Ela deve ser consumida junto com refeições saudáveis, para estimular o organismo. A quantia necessária da substância varia de pessoa para pessoa, sendo que para atletas o recomendado é de 10 g(consumida com uma fruta ou antes de dormir),já que eles estão realizando uma constante prática de exercícios.

O consumo de glutamina também é indicado para pessoas que estão se recuperando de qualquer tipo de lesão, de queimaduras (em qualquer grau) e para o tratamento do câncer ou de cirurgias. Essa indicação ocorre para ajudar a acelerar a cicatrização e prevenir possíveis infecções.

A glutamina está presente, também, em vários alimentos, basta verificar a tabela nutricional, a seguir, e os seus valores.

Benefícios

A glutamina é o principal aminoácido dos músculos e de todo o corpo, por isso, é um componente de proteínas. Ela possui vários benefícios para qualquer pessoa, sendo importante, quando o seu corpo não está conseguindo produzir naturalmente, o consumo prescrito por um profissional.

Dentre os seus benefícios, a glutamina ajuda no funcionamento do intestino –para quem sofre de prisão de ventre-, a reforçar os músculos, a melhora e regular o metabolismo e a prevenir o câncer.

A desintoxicação e o combate contra vírus e bactérias, também, são uma das ações que a glutamina possui.

glutamina como tomar

Como tomar

A quantidade recomendada a se tomar diariamente, seja de L-glutamina ou de Glutamina Peptídeo, é de 10 a 15 g para os atletas – sempre repartido em 2 ou 3 doses – e de 20 a 40g para outras situações, que devem sempre serem recomendadas por um médico ou nutricionista. Lembrando que essas quantidades podem causar efeitos colaterais.

Normalmente, a glutamina é ingerida em cápsulas ou em sachês, ou ainda, podem ser encontradas em pó. Alguns exemplos são: L-glutamina da Prozis, Essential Nutrition ou Probiótica.

Resultados

Após o consumo da glutamina, você deve tomar alguns cuidados, para que o principal resultado dessa consumação não seja o ganho de peso. Não é natural da glutamina engordar, porém, se consumida em excesso e sem o acompanhamento de uma boa dieta saudável, o resultado pode ser sim o ganho de alguns quilinhos a mais.Isso porque, um dos efeitos da glutamina é estimular o aumento dos músculos.

Além disso, para que o resultado seja o seu esperado, o consumo de glutamina deve ser acompanhado de uma boa alimentação, devendo acompanhar a prática de exercícios físicos, regularmente.

A glutamina não é o único suplemento destinado ao aumento de massa muscular. Confira aqui a lista completa de suplementos para este fim. 

Efeitos Colaterais

Quando você consome mais de 40 g de glutamina diária, os efeitos colaterais estão bem propensos a acontecer, sendo eles: náuseas (e, em alguns casos, ânsias e vômitos) e fortes dores abdominais – isso para pessoas boas de saúde.

No caso dos diabéticos, não devem fazer o consumo da glutamina sem a autorização e a prescrição médica ou nutricionista. Isso pode causar sérios efeitos colaterais e consequências graves.

Preço e Onde encontrar

A glutamina, normalmente, é encontrada para vender em farmácia se lojas de suplementos alimentares. O preço varia em torno de R$40,00 a R$280,00, pois aí depende da marca e da quantidade que você pretende levar.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

2 Comentários

  1. Andreia
    • webgocontent

Deixe um Comentário