Gases – O que são? Como surgem? Como diminuir e prevenção

Você sabe o que são os gases e como eles surgem? Confira, aqui no Quero Viver Bem, informações completas sobre o assunto e como tratá-lo!

Todos nós temos gases, porém algumas pessoas são propensas a sofrerem mais com o problema e de uma forma mais dolorida, o que gera muito desconforto e insegurança. Nesta matéria, você saberá mais a respeito desse problema e o que fazer para evitar e ter uma qualidade de vida melhor.

O que são gases e de onde eles vêm?

Os gases são compostos de alguns elementos químicos, como metano, hidrogênio, gás carbônico e enxofre. Ao ingerirmos alguns alimentos, esses entram em contato com os gases e sofrem o processo de fermentação, fazendo com que esses elementos químicos sejam liberados pelo intestino, provocando dores abdominais, muitas vezes, bem fortes.

A predisposição para a formação de gases, na maioria das vezes, é de cunho genético, e em outras é por alimentação inadequada. Recém-nascidos e idosos têm maior propensão a sofrerem com os gases.

Gases4

No caso de bebes, o intestino ainda está se acostumando a receber alguns tipos de alimentação. Já em idosos, o intestino, com o passar da idade, fica mais lento, fazendo com que o bolo fecal demore mais para ser impulsionado e expelido, aumentando, dessa forma, o tempo de fermentação.

Não é lenda o fato de que os gases mais barulhentos são menos fedidos que os silenciosos, isso porque os silenciosos têm maior concentração o de enxofre e os barulhentos têm maior concentração de metano, que é inodoro.

Em casos mais graves, que causam dores abdominais, e em pessoas que têm ou tiveram casos de câncer intestinal, é importante que não segurem os gases, a eliminação deles é uma necessidade fisiológica.

Como diminuir a incidência de gases

  • Ir ao banheiro regularmente ajuda a aliviar o problema, pois elimina o bolo fecal, diminuindo o tempo de fermentação no intestino;
  • Evitar a ingestão de alguns alimentos que acabam por agravar o problema, como brócolis, repolho, refrigerantes, feijões, leite in natura, cebola, macarrão, pães,peras e doces;
  • Aumentar o consumo de cereais, algumas verduras, como cenoura, couve e alface, e algumas frutas, como laranja, manga e tomate;
  • Fazer agachamento, que ajuda a eliminar os gases rapidamente;
  • Comer alimentos com muita fibra, além de acelerar o metabolismo, ajuda a eliminar os gases de forma mais rápida;
  • Beber chás que ajudam a melhorar a flora intestinal, prevenindo ou eliminando os gases, como os de erva-doce, cardamomo, folhas de abacateiro e genciana;
  • Ingerir tintura de coentro, que consiste na maceração das sementes de coentro em álcool, por 5 dias, devendo ser tomado 10 gotas com 100ml de água pela manhã e 10 gotas com 10ml de agua à noite;
  • Tomar bastante água durante o dia todo, hidratando, assim, o bolo fecal, favorecendo a eliminação pelo intestino;
  • Praticar exercícios físicos, como caminhadas e ciclismo (ainda que em academias), ajudam a eliminar os gases e acelerar o metabolismo.

Gases

Como prevenir os gases?

Como dito acima, deixar de ingerir alguns alimentos, ou controlar a ingestão deles ajuda a diminuir a incidência de gases no intestino. Mas, além disso, há outros fatores que podem ser incluídos na rotina, que podem ajudar a prevenir esse problema, como:

  • Mastigar muito bem os alimentos, principalmente os mais duros, de forma que o aparelho digestivo não encontre muita resistência em sua decomposição;
  • Evitar beber líquidos durante as refeições, principalmente refrigerantes, que além da flatulência ainda provocam alguns problemas estomacais, visto que algumas enzimas presentes do estômago são diluídas e não cumprem suas funções adequadamente no trato intestinal;
  • Fazer pequenas refeições durante o dia, que, além de acelerar o metabolismo, ajuda na prevenção de gases, uma vez que o intestino não fica muito tempo ocupado;
  • Diminuir o consumo de bebidas alcoólicas, principalmente as fermentadas, como a cerveja, que tem levedo e outros causadores de gases naturais;
  • Praticar exercícios físicos – além da função eliminatória de gases, eles ajudam na prevenção, uma vez que andar de bicicleta, por exemplo, movimenta todo o trato intestinal.

Gases3

Na maioria dos casos, o excesso de gases não é nada preocupante, a não ser quando acompanhados de muita dor, diarreia e perda de peso, anorexia ou sangramentos intestinais.

Nesses casos, é necessário a busca por um medico gastroenterologista, para que ele, por meio de exames físicos e complementares, possa avaliar a melhor forma de tratar o problema.

Gostou? Confira, também, o conteúdo completo sobre Dor de barriga –  O que é? Causa, Diagnóstico e Tratamento! 


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário