Exercícios para grávidas – Para ajudar no parto ou emagrecer (os 5 melhores)

Mulheres grávidas tem o dobro de indicação para praticar atividades físicas, mas o que fazer? Confira aqui os 5 melhores exercícios e como fazê-los em cada trimestre da gravidez. Dicas de atividades para ajudar no parto e emagrecer!

A gravidez não pode ser confundida com o sedentarismo. Algumas mulheres até acreditam que se exercitar é prejudicial ao bebê. No entanto, esse mito não deve ser difundido, pois é justamente ao contrário.

Se a mulher não tiver nenhum problema de saúde que exija o repouso absoluto e incite a gravidez de risco, ela deve exercitar-se, para garantir o bem estar dela e do bebê. Além disso, a atividade física evita o aumento exagerado de peso e das dores pelo corpo.

Os benefícios do exercício físico ainda podem ser notados no parto, já que a musculatura fica mais flexível, melhorando o tônus, a força e a resistência. O bom condicionamento físico livra a mulher de sintomas desagradáveis, como inchaço, gases, fadiga, dores de cabeça e ainda pode melhorar o humor.

Aquelas que já ganharam o bebê também podem recorrer à atividade física para conseguir retomar a boa forma – já listamos os melhores exercícios para mães aqui.

Exercícios para fazer durante a gravidez

Antes de começar qualquer atividade física, é importante que a gestante peça liberação do obstetra.

Sugestão de exercícios para o primeiro trimestre:

  • Caminhada leve de 40 minutos pode ser feita 3 vezes na semana;
  • Localizada, 2 vezes na semana;
  • Ioga, 2 vezes na semana.

exercicios para depois da gravidez

Sugestão de exercícios para o segundo trimestre:

  • Caminhada 6 vezes na semana (se a gestante já se exercita);
  • Localizada, 2 vezes;
  • Ioga, 3 vezes.

Sugestão de exercícios para o terceiro trimestre:

  • Caminhada 3 vezes na semana;
  • Ioga, 3 vezes;
  • Localizada, 2 vezes.

exercicio para gravidas ioga

5 exercícios para grávidas – Como fazer passo a passo

1- Costas, abdômen e quadris

  1. Fique de joelhos (posição de gato) e mexa-se para frente e para trás 6 vezes;
  2. Volte para a posição inicial e erga as costas formando a letra C. Faça esse movimento 10 vezes.

exercicios para gravidas posicao de gato

2- Lombar, coxas e períneo

  1. Ajoelhe-se com as pernas afastadas;
  2. Apoie as mãos no chão e recue o tronco devagar, levando a cabeça em direção aos joelhos, sempre mantendo os braços esticados;
  3. Fique nessa posição e conte até 5, volte ao começo e repita esse processo 5 vezes.

exercicios para lombar gravidas

3- Músculos das costas

  1. Sente-se com as pernas cruzadas (como em posição de meditação);
  2. Apoie a mão direita no chão e rode o tronco para o lado. Repita por 8 vezes;
  3. Mude o lado, coloque a mão esquerda no chão e gire o troco. Repita 8 vezes.

exercicio para costas em gravidas

4- Músculos da coluna

  1. exercicio dorsal para gravidasEm pé, fique com os pés afastados e coloque as mãos na cintura;
  2. Mantenha as costas alinhadas e incline-se para a frente, até onde conseguir alcançar;
  3. Repita 10 vezes esse movimento.

5- Músculos dorsais

  1. Fique em pé e encoste suas costas na parede. Os pés devem ficar afastados 30cm;
  2. Empurre a lombar contra a parede e conte até 10, depois volte à posição inicial;
  3. Repita 10 vezes esse movimento.

Os exercícios para grávidas ajudam no parto, inclusive a ioga e o pilates são grandes aliados do parto tranquilo e saudável.

Cuidados durante a prática

A atividade física deve ser calma e prazerosa durante a gestação. Caso a mulher perceba algum desconforto, é indicado parar os treinos e informar ao médico. Tenha atenção se apresentar:

  • Contrações uterinas;
  • Fadiga intensa;
  • Falta de ar;
  • Sangramento vaginal;
  • Inchaço repentino nas mãos, nos pés e no rosto;
  • Dores fortes na região pélvica.

Quando não fazer exercícios

Mulheres grávidas devem evitar exercícios de alto impacto, como corridas, vôlei, basquete e modalidades que exigem confronto. Além disso, existem contra indicações da atividade física em alguns casos, como:

  • Mulheres que já tiveram alguma ameaça de aborto em outras gestações;
  • Mulheres com pressão alta;
  • Portadoras de problemas na lombar ou na coluna;
  • Grávidas com doenças pré-existentes.

Somente um médico pode avaliar a condição de saúde de cada grávida em específico – fique atenta às recomendações do profissional.

No geral, a atividade física só traz benefícios à gravidez, pois aumenta a capacidade respiratória, tonifica a musculatura, melhora a circulação sanguínea e ajuda a mulher a ter mais consciência postural.

As mulheres que fazem atividade física durante a gravidez têm um parto mais rápido, tranquilo e sem muitas dores.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário