Exercícios para combater o bruxismo: os melhores

Veja aqui quais são os melhores exercícios para combater o bruxismo, quais são os mais indicados, como fazer em casa e muito mais. Clique e tenha informações completas.

Não é incomum as pessoas sofrerem com os problemas que o bruxismo causa, entre alguns deles tem-se a forte dor de cabeça, além de uma deformação dos dentes, que é ocasionada pelo desgaste deles.

As dores causadas pelo bruxismos são fortes e a péssima aparência que acomete os dentes acaba ocasionando problemas mentais para as pessoas, fazendo com que tenham pensamentos depreciativos em relação a si mesmas, causando um sentimento de inferioridade.

O que é bruxismo?

Exercícios para combater o bruxismo: os melhores

Você pode ter bruxismo e nem saber que o tem, isso porque, diferentemente de outros problemas bucais, como caries, gengivite e afins, o bruxismo acaba sendo uma doença mais discreta e facilmente confundida com outros problemas.

Esse é um problema que acomete cerca de 15% das crianças e dos adolescentes, enquanto que não se tem estatísticas exatas sobre o número de adultos que são afetados. O bruxismo nada mais é do que o ranger ou o apertar dos dentes, de uma forma muito intensa, durante o sono. Isso faz com que os dentes acabem ficando bastante doloridos, soltos e, até mesmo, desgastados, sem mencionar na possível destruição e no desgaste do tecido gengivar.

Existem vários motivos pelos quais esse mal pode aparecer em uma pessoa, sendo os mais comuns ligados à genética, além de questões emocionais, como: estresse, tensão, ansiedade, além de problemas bucais, como oclusão e, até mesmo, o fechamento errado da mandíbula.

Os sintomas que o bruxismo promove na pessoa são cruéis e dolorosos, sendo eles: dor de cabeça, dor de ouvido ou zumbido, dores no pescoço, dores nos músculos faciais e na mandíbula, estalos ao abrir ou fechar a boca, além de alterações no ciclo do sono.

O diagnóstico é, normalmente, feito por pessoas que presenciaram a pessoa acometida pela doença enquanto dormia, ou quando se consulta um odontologista.

Dicas de exercícios para bruxismo

Como o bruxismo causa problemas nas articulações da mandíbula, os exercícios comumente procuram exercitar tanto os músculos quanto as articulações.

1 – Abre e fecha

O primeiro exercício funciona a partir do abrir e fechar da boca, um exercício simples e que garante bons resultados. A execução dele tende a ser bem simples:

1° Sente-se em uma cadeira – é fundamental que se mantenha a postura totalmente reta;

2° Coloque a língua no céu da boa;

3° Procure abrir a boca, mas lembre-se de manter a língua no céu da boca;

4° Fique alguns segundos assim e respire profundamente;

5° Feche a boca. Se nenhuma dor for sentida, você pode repetir o mesmo exercícios cerca de 10 vezes.

2 – Massagem

Os locais onde se sente uma dor mais intensa devem ser massageados, procurando realizar movimentos circulares com as pontas dos dedos. Em seguida, você deve beliscar a pele no local e esticá-la levemente e, depois, soltá-la – pode-se repetir esse procedimento algumas vezes.

O último passo é abrir e fechar a boca com o auxílio da mão, fazendo isso de forma lenta.

3 – Bochechas

A bochecha é um músculo que serve para muita coisa e deve ser exercitado – o que não é nada muito difícil de se fazer.

Preencha a boca com algum líquido e, então, faça movimentos de bochecho, movimentando o líquido dentro da boca.

4 – Falar lentamente

O simples ato de falar é capaz de exercitar mais de 70 músculos da face. Falar lentamente irá estimular a movimentação de todos esses músculos – o que permitirá que você sinta menos dor.

Quais os medicamentos indicados

Exercícios para combater o bruxismo: os melhores

Os medicamentos, normalmente, são indicados apenas para aliviar os sintomas ocasionados pelo bruxismo, não “curando” o distúrbio. A prescrição de um médico e o acompanhamento frequente deve ocorrer, sendo que os anti-inflamatórios e os medicamentos não opioides são os mais indicados.

Geralmente, o uso de medicamentos acontece por 4 dias, sempre no momento de maior intensidade do distúrbio. Algumas vezes, usando um dispositivo para dormir, ele impede que os dentes acabem sendo desgastados, sendo a melhor opção para aqueles que procuram amenizar os sintomas do distúrbio.

Remédios caseiros

1 – Alimentos fáceis de mastigar

Comer alimentos mais fáceis de mastigar é fundamental, já que assim você acaba forçando menos os dentes.

2 – Compressas de água quente

Essa compressa é fundamental para que se possa aliviar a tensão da região e relaxar os músculos da mandíbula.

3 – Mastigar antes de dormir

Isso acaba prevenindo que durante o sono você acabe forçando os seus dentes ou mantendo eles em contato.

4 – Banho

Assim como a compressa de água quente, o banho ajuda a relaxar e diminui consideravelmente a tensão.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário