Dor no calcanhar –  O que é? Causa, Diagnóstico e Tratamento

Você sabe o que é a dor nos rins? Sabia que ela pode ter várias causas, cada uma com tratamento específico? Descubra tudo, aqui no Quero Viver Bem!

A dor no calcanhar é bastante desconfortável e pode acometer pessoas de todas as idades, embora seja ainda mais comum na meia-idade. Os atletas também são alvos dessa temida dor, que pode ser a grande responsável pelo afastamento dos treinos.

Muitas vezes esquecido, o calcanhar atua como uma base estrutural para o corpo. É por ele que todo o peso é suportado diariamente. Nas mulheres, o uso de salto alto pode ser um agravante para a piora da dor.

dor no calcanhar

Possíveis causas da dor no calcanhar

Nem sempre essa dor significa uma lesão grave, pois existem muitas situações que podem ocasionar a condição, confira algumas delas, aqui no Quero Viver Bem:

  • Impacto ou lesão causado por alguma atividade física – corrida, dança, caminhada intensa;
  • Pisada mal dada – em alguma superfície dura como uma pedra;
  • Esporão Calcâneo – é uma saliência óssea que se forma pelo depósito anormal de cálcio;
  • Idade – é bastante comum entre 40 e 60 anos;
  • Obesidade – o excesso de peso sobrecarrega a parte óssea e muscular da região [já falamos sobre a obesidade, aqui no QVB];
  • Ficar muito tempo em pé – pessoas que trabalham por 8 horas diárias nessa posição têm bastante chance de adquirir o problema;
  • Doenças reumáticas – a artrite, por exemplo, pode colaborar para esses sintomas;
  • Diabetes – deixa a região do pé mais sensível;
  • Uso de calçado impróprio – especialmente os que não possuem nenhum tipo de amortecimento;
  • Bursite – é uma inflamação na parte superior do calcanhar;
  • Fascite plantar – inchaço da faixa larga na sola do pé;
  • Tendinite de Aquiles – inflamação no tendão que conecta o músculo que vai da panturrilha ao calcanhar;
  • Torção repentina do calcanhar;
  • Alterações biomecânicas – podem ser genéticas ou adquiridas ao longo da vida, caracterizam-se pela forma de caminhar na qual o apoio errado do pé no chão sobrecarrega a região;
  • Gota – doença inflamatória ocasionada pelo excesso de ácido úrico no sangue;
  • Doença de Sever – dor localizada bem na parte de crescimento do osso calcâneo;
  • Síndrome do Canal Társico – caracterizada por uma compressão no nervo tibial do tornozelo.

Um especialista pode diagnosticar a causa da dor no calcanhar, com base em outros sintomas associados de cada doença.

Tratamento para dor no calcanhar

calcanhar com dor

Na realidade, a dor no calcanhar é um sintoma e para ser tratada é preciso primeiramente que se descubra o motivo.

É necessário salientar que essa dor pode desaparecer dentro de alguns dias, especialmente se a causa for apenas uma torção momentânea. Caso os sintomas persistam depois de duas semanas, é indicado procurar um médico.

Mas, fique de olho, especialmente nos casos de:

  • Piora da dor com o passar dias, mesmo tendo os devidos cuidados e fazendo tratamentos caseiros;
  • Dor muito aguda e grave;
  • Região avermelhada e inchada;
  • Impossibilidade de andar, pois é impossível tocar o calcanhar no chão.

Caso isso ocorra, é imprescindível procurar ajuda de um especialista mais rapidamente. Os mais indicado são: ortopedista, traumatologista e clínico geral.

Além da consulta clínica, necessária para saber o histórico do paciente, o médico solicitará um exame de imagem, para determinar a extensão do problema. Dependendo do caso, pode ser indicado o uso de uma tala para alongar o pé.

Como a dor no calcanhar pode ter inúmeras causas, não existe um medicamento específico para trata-la antes de saber qual é o real problema. No geral, os especialistas costumam receitar remédios para minimizar o sofrimento do paciente. Assim que o diagnóstico é dado, então começa o tratamento com os medicamentos indicados para cada situação. E lembre-se: nunca automedique-se!

Como prevenir a dor no calcanhar?

dor calcanhar

A maioria das dores nessa região são causadas pelo uso incorreto do calçado, portanto, respeite a pisada em todas as esferas do pé, seja na frente, na zona posterior ou nas laterais.

Para quem pratica atividade física, use calçados com amortecedores de impacto. Fazer atividade física é importante para manter o corpo saudável, mas lembre-se que é necessário se preparar antes com alongamentos e aquecimento.

Mantenha o peso ideal e evite atividades com muito impacto. Cuide da região dos pés, eles são órgãos importantes na locomoção humana.

[CONFIRA TAMBÉM: DOR NA SOLA DO PÉ – O QUE É?]


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário