Dor na lombar – O que pode ser? Causas, Prevenção e Tratamento

A dor na lombar também é conhecida como ” lombalgia” e fica localizada próxima da bacia, por isso, muitas vezes, pode ser confundida com dor nos rins. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os incômodos nessa região não atingem somente os mais velhos, mas, também, os jovens e as crianças.

É preciso compreender que nem toda a dor na lombar é grave, entretanto, ela precisa de um cuidado correto, para não prejudicar a locomoção. Além disso, é necessário ser investigada, para descartar outras doenças que podem apresentar sintomas parecidos.

dor na lombar causas

Especialidade Médica da Área

Pesquisas mostram que 90% das pessoas vai apresentar pelo menos um episódio de dor na lombar na vida (a dor ao final das costas) – isso demonstra que o problema é recorrente em muitas pessoas e, nem sempre, elas buscam ajuda adequada.

É preciso ressaltar a necessidade de buscar uma especialidade médica da área, para tratar o problema e reverter o quadro clínico, para que o paciente ganhe qualidade de vida.

O diagnóstico da dor na lombar pode ser dado por:

  • Clínico Geral;

Nesses casos, serão passados medicamentos via oral ou injetável para, aliviar a dor. Entretanto, os meios de tratamentos mais eficientes para a dor na lombar são exercícios específicos e individualizados para cada paciente.

Outra forma de ajudar a aliviar a dor na lombar são massagens, portanto as especialidades médicas que também devem ser procuradas são:

  • Fisioterapeuta;

Causas da dor na lombar

No geral, as maiores causas da dor na lombar são o sedentarismo e as questões posturais, em que uma pessoa passa muito tempo em uma mesma posição (sentada, em pé ou deitada).

Entretanto, outras causas importantes são apontadas, como:

  • Levantar ou carregar muito peso;
  • Osteoporose;
  • Hérnia de disco;
  • Traumas decorrentes de quedas;
  • Doença degenerativa do disco;
  • Problema na articulação;
  • Deformidade;
  • Questões emocionais;
  • Câncer;
  • Compressão das raízes nervosas;

Sintomas da dor na lombar

Existem dois tipos de dor na lombar, elas são caracterizadas pela duração das crises e também pelos sintomas, confira:

  • Dor na lombar aguda: quando aparece de repente e tem uma duração de 4 a 6 semanas. Geralmente, acomete uma pessoa mais jovem, sem nenhum problema aparente;
  • Dor na lombar crônica: nesse caso, a crise pode durar até 12 semanas e se torna mais recorrente em pessoas acima de 35 anos.

Os principais sintomas sentidos pelos pacientes com dor na lombar são:

  • Muitas dores fortes na parte baixa da coluna (bacia);
  • Dores que podem migrar para nádegas, coxas e virilha;
  • Dores são constantes e, muitas vezes, podem causar dificuldades para andar;
  • O local acometido fica sensível ao toque;
  • Algumas posições podem ser incômodas.

Formas de Prevenção

Algumas medidas podem ser tomadas para prevenir a dor na lombar, especialmente quando ocasionada pelos problemas posturais, veja:

  • Não fique muitas horas em uma posição só. Seja sentado, em pé ou deitado, é preciso encontrar uma forma de não cansar muito a coluna;
  • Aprender a sentar, levantar e pegar coisas no chão são as formas de corrigir a postura;
  • Cuidado ao levantar objetos pesados, é necessário sempre proteger a coluna de grandes impactos;
  • Evitar curvar-se, não dobrar a coluna ao se abaixar e dobrar o joelho;
  • O colchão não pode ser muito mole e nem muito duro.

As pessoas que fazem parte do grupo de risco para a dor na lombar, geralmente, são: trabalhadores que carregam muito peso ou atuam muitas horas em um posição só, pessoas com baixa imunidade, idosos, atletas e pessoas acima do peso.

Tratamento para dor lombar

A lombalgia possui várias formas de tratamento, o primeiro passo é identificar a razão do problema, por isso, um médico deve ser procurado.

Além do tratamento medicamentoso, o profissional da saúde pode indicar outras alternativas, como:

  • Fisioterapia: recuperar a força muscular e melhorar a postura, é uma das formas mais eficazes para tratar e prevenir novas crises.Já falamos aqui sobre como escolher um bom fisioterapeuta;
  • Massoterapia: promove alívio imediato, pois aumenta o fluxo sanguíneo na região afetada;
  • Exercícios de alongamento: aumentoda flexibilidade do corpo;
  • RPG: estratégias para melhorar a postura;
  • Acupuntura: o uso das agulhas trata o problema e alivia as dores;
  • Meditação: melhora os sintomas da ansiedade e estresse, que podem originar o problema.

Nenhum desses tratamentos para a dor na lombar devem ser feito sem o conhecimento do seu médico, especialmente na fase aguda do problema. Para aliviar as dores fortes temporariamente, você pode usar bolsas de água quente na região.Cuide-se!


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe um Comentário