Dores Musculares no Pós Treino – Como Evitá-las com práticas simples

Depois de um longo e esforçado treino pode ser comum sentir dores musculares que, de alguma maneira, as incomodam durante boa parte do dia. Essas dores se tornam “recorrentes” principalmente quando a sua musculatura não está adaptada aquele esforço, seja por ter iniciado a prática de atividades físicas, ou então, por ter elevado a intensidade e o peso das mesmas.

Felizmente estas dores musculares no pós treino podem ser evitadas, mas para isso deve-se atentar a diferentes sinais que o seu corpo tende a dar conforme desenvolve os exercícios do treino. Segundo os médicos, o ideal é reduzir a intensidade dos exercícios executados, para que não eleve o risco de desenvolver uma lesão ou até mesmo dar mais intervalos entre suas execuções.

Mas claro, parar o treino de uma vez não é a solução para o problema, afinal, ao voltar a fazê-lo é provável que as dores retornem, por isso, a solução encontra-se a partir da redução da intensidade e outras dicas. Confira os detalhes no artigo.

dores pos treino

Como as dores pós-treino são causadas

Segundo os especialistas, a dor muscular tardia costuma ocorrer devido ao fato do corpo sofrer micro lesões que, a princípio, iniciam um quadro inflamatório, podendo classificar essas dores como “pequenas lesões naturais nos músculos” e que de certa forma, podem ser rapidamente eliminadas conforme ocorre uma evolução nos treinos e devido os músculos se adaptarem ao ritmo de exigência.

As dores podem passar naturalmente, sem qualquer necessidade de buscar por medicamentos, como algumas pessoas fazem. Contudo, para que isso ocorre há necessidade da pessoa reduzir o ritmo de execução do treino, não exigindo dos músculos com tanta intensidade, ou ao menos, começar a treinar outros grupos musculares até que finalmente recupere o músculo em questão, livre das dores.

Maneiras eficientes de evitar Dores Musculares no Pós Treino

Na busca por uma maneira eficiente de evitar os micro lesões  nos músculos ,há a necessidade de desenvolver um treino que seja coerente não apenas com sua realidade atual (em relação a força que possui), como também a criação de algo que tenha o princípio de ser progressivo. Ou seja, a ideia é que o treino o ajude a evoluir, podendo aumentar a intensidade, desde que seja aos poucos.

Além disso, há a possibilidade de diminuir suas dores musculares no pós treino a partir da execução de alongamentos pontuais, onde o intuito é preparar parte do corpo para passar por movimentos mais intensos, sem que isso cause amplo impacto no mesmo e o faça sofrer os micro lesões que desencadeiam dores e, em alguns casos, até o impedem que volte a treinar em um intervalo de tempo.

dor pré treino

A progressividade e consciência são os dois fatores mais eficientes na busca por evitar as dores, por isso que ao iniciar a prática de alguma atividade física passa a ser recomendado ter o acompanhamento de um preparador físico com ampla experiência e qualificação. Dessa forma, o mesmo tende a desenvolver treinos a qual elevem as exigências com o tempo e não “de início”, prejudicando o corpo.

Há também quem indique o uso de suplementações para aliviar as dores diante do pós treino, contudo, o uso desse tipo de produto não pode ser feito sem um acompanhamento médico e principalmente sem indicação de um médico que é responsável por analisar os seus exames. Se deseja usar suplementos, consulte o seu médico é só depois pode ter a certeza de que eles farão bem a seu corpo.

Resumindo, você evitará dores musculares no pós treino da seguinte maneira:

  • Com treinos progressivos, que visam a sua evolução, assim o músculo vai se acostumar com a intensidade aos poucos, sem sofrer “sustos” rápidos;
  • Com alongamentos que visam preparar o seu corpo para começar fazer a movimentação do seu treino, assim você deixa seu corpo de fato pronto;
  • Com o uso das suplementações que visam diminuir dores ou outros tipos de incômodos, mas antes tenha o acompanhamento e indicação médico;

Seguindo essas dicas você vai reduzir ao extremo dores musculares pós treino.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Eduardo Lembi (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário