Dieta HCG – Funciona? Efeitos Colaterais e Lista de alimentos para o consumo

Um dos métodos de emagrecimento mais comentados nos últimos tempos é a dieta do HCG. Inúmeras pessoas a defendem na busca pela perda de peso, inclusive especialistas garantem que a estratégia é segura.

O HCG é um hormônio presente no organismo feminino, que fica extremamente elevado durante a gravidez. Ele auxilia na produção da progesterona e do estrogênio, hormônios importantes para o desenvolvimento do bebê.

De acordo com os especialistas, o HCG também pode ser benéfico para o aumento do metabolismo, bem como a queima da gordura corporal. Ocorre que, para poder fazer a dieta do HCG, é preciso aliar a alimentação com a injeção desse hormônio. No entanto, essa prática recebe muita divergência de opiniões entre os especialistas, por apresentar alguns efeitos colaterais.

Efeitos Colaterais da Dieta do HCG

dieta HCG funciona

Usar o hormônio para o emagrecimento é totalmente fora das especificações de recomendações da bula, por isso, existe polêmica nessa estratégia para perder peso. Alguns profissionais afirmam que a pessoa não emagrece por causa do HCG, mas sim devido à dieta baixa em calorias, que deve ser feita concomitantemente.

Os defensores da dieta reiteram que o hormônio auxilia no processo, pois tira a fome do indivíduo que está tentando emagrecer. Todavia, ainda não existe comprovação disso. Fato é que a dieta do HGC conta com efeitos colaterais, que, inclusive, são bastante graves, pois aumenta o risco de inúmeros problemas de saúde, como:

  • Infarto;
  • AVC;
  • Trombose;
  • Embolia Pulmonar.

Além disso, pode ocorrer dores de cabeça, náuseas, vômitos e cansaço.

O uso do HCG é contraindicado para mulheres que estão na menopausa, possuem tumores na hipófise e ovários policísticos.

A FDA (Food & Drug Administration) posicionou-se negativamente sobre esse método de emagrecimento, pois afirma ser uma fraude, um risco desnecessário à saúde, tendo em vista que existem outras formas mais saudáveis de perder peso.

O que pode e o que não pode comer nessa dieta

dieta HCG benefícios

Em suma, a pessoa que resolve fazer a Dieta do HCG emagrecerá, pois terá que reduzir drasticamente o seu gasto calórico. Para essa prática, só é possível ingerir 500 calorias por dia, durante todo o processo.

A dieta do HCG é divida em 4 frases:

1º  Fase –  A pessoa deve ingerir suplementos de HCG, que podem ser por meio de injeções, gotas ou sprays, juntamente com alimentos ricos em gorduras do bem, como: abacate, nozes, castanhas, creme de leite, carnes e outros.

Essa fase leva 48 horas.

2ª Fase – A aplicação do hormônio continua e, depois de ficar 2 dias comendo muito, enfim, começa a fase de redução da ingestão calórica. É fundamental consumir somente 500 calorias por dia dos alimentos permitidos, até atingir o peso desejado.

O período máximo da dieta é de 40 dias.

3º Fase – Depois de atingir o peso esperado, é necessário suspender o HCG e continuar com a alimentação de 500 calorias, durante 3 dias.

4ª Fase – Aqui, é uma das partes mais importantes para não voltar a engordar tudo o que emagreceu. Essa fase tem duração de 21 dias e, para evitar o sobrepeso, é essencial aumentar a ingestão calórica gradualmente, sempre com foco nas gorduras e proteínas e deixando de lado os carboidratos.

Não existe uma quantidade indicada de calorias, cada pessoa tem um metabolismo basal diferente para manter o peso, por isso, é importante policiar-se e saber qual é o máximo que pode ser ingerido, para não engordar mais.

O ideal é fazer um exame de bioimpedância, já que nele são calculados o quanto seu corpo gasta, em repouso, desse modo, é possível saber a quantidade de calorias que podem ser ingeridas, para manter o peso conquistado.

dieta HCG

Alimentos indicados durante a dieta do HCG

Alimentos que devem ser evitados

  • Vegetais ricos em amido (mandioca, batata, mandioquinha);
  • Massas (pães, bolos e biscoitos);
  • Refrigerantes e sucos adoçados;
  • Todo tipo de doce;
  • Bebidas alcoólicas.

Uma dieta muito restritiva pode ocasionar déficit de nutrientes, portanto, busque orientação médica, a fim de emagrecer com mais saúde e sem riscos.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário