Dieta Dukan – Informações Completas aqui. Guia completo!

A Dieta Dukan é uma nova moda do emagrecimento. Quem quer perder peso não descarta a possibilidade de adequar o regime para conseguir resultados rápidos, e é justamente isso que o método promete – menos 2,5 a 3 quilos em seis dias. Em troca, é preciso sacrificar uma série de alimentos e até refeições da sua rotina. O regime dukan mostra resultados eficazes, mas deve ser seguido com rigor. Só se deve comer alimentos ricos em nutriente e com baixo teor calórico.

Apesar da popularidade e relatos que juram que a dieta seja capaz de te fazer perder mais de 1kg por semana, o regime não é muito bem visto por nutricionistas. Apesar de realmente ajudar no processo de emagrecimento, traz consequências negativas para a saúde. Ele pode ajudar a atingir seu peso ideal, mas é preciso antes entender como funciona a dieta dukan e o que comer na dieta dukan para não por em risco a sua saúde.

dieta dukan como funciona

Emagrece mesmo?

Os nutricionistas confirmam a característica de emagrecimento rápido do regime, apesar de garantir que os resultados não são o problema, pois realmente aparecem. O que faz com que os médicos torçam o nariz para Dieta Dukan – assim como muitas que popularizam na internet – são os riscos de saúde que carregam. Há na dieta dukan alimentos permitidos e proibidos, que podem não suprir a necessidade nutricional do corpo.

No caso da dieta Dukan o fato de ficar muito tempo sem comer, pular refeições, minimizar muito a quantidade de carboidratos (como a dieta low carb – veja aqui) pode te deixar mais fraco, suscetível à infecções e até atrasar os resultados por provocar efeitos de descontrole emocional. O primeiro dia da dieta Dukan já traz uma mudança brusca no modo de se alimentar que afeta o corpo. Para fazê-la é preciso que você conheça a dieta Dukan e o passo a passo para não exagerar e prejudicar seu organismo,

Para quem precisa emagrecer rápido para uma festa de casamento, evento especial ou viagem essa pode ser sim uma técnica. Estes são exemplos de casos em que você até aceita colocar a sua saúde em risco para não passar vexame, mas nada de usar isso como uma técnica frequente para emagrecer toda vez que o efeito sanfona voltar. A dieta dukan tem uma lista de alimentos permitidos e proibidos que deve ser seguida à risca. Veja abaixo mais sobre a dieta dukan e como fazer.

Passo a Passo da Dieta Dukan

Se você decidiu se arriscar para conseguir alguns quilos a menos saiba que a Dieta Dukan é dividida em 4 passos: Ataque, Transição, Consolidação e Estabilização. A técnica é retirar os alimentos que te fazem engordar e aos poucos reeducar o seu cardápio. As duas primeiras são as fases de ataque e cruzeiro que perdem mais peso, a última apenas mantém os resultados.

O tempo de duração de cada fase depende de organismo para organismo, por isso é essencial que você procure um nutricionista para te aconselhar no que é melhor para o seu caso e de que maneira realizar, o mais aconselhado é que essa fase seja realizada durante 5 dias. Na primeira semana você começa com a primeira fase e depois vai mudando de acordo com o tempo que passa. É uma dieta fácil de fazer, mas bastante restritiva no início. Cada fase de alimentação é fundamental de ser seguida na dieta dukan e emagrecer. Na dieta Dukan o cálculo de calorias não é considerado e não é tão relevante.

Veja como o Dr. Pierre Dukan da dieta indica que ela seja feita de acordo com sua intenção de perda de peso;

  • Para quem quer perder 5kg: 1 dia na 1ª fase;
  • Para quem quer perder de 6 a 10 kg: 3 dias na 1ª fase;
  • Para quem quer perder de 11 a 20 kg: 7 dias na 1ª fase.

Para conferir informações completas do estudo feito pelo Doutor Pierre Dukam – criador do método de emagrecimento – consulte o livro do autor, na versão em português “Eu não consigo emagrecer”.

fases da dieta dukan

1. Fase de Ataque

Duração: 2 a 7 dias

Como fazer: Esta parte é a mais restritiva, por conta disso é que dizem que as primeiras semanas são as mais difíceis.  A alimentação deve ser focada em carnes magras (exceto costela), aves (exceto pato e ganso), peixes, frutos do mar, laticínios com 0% de gordura e ovos. Na Dieta Dukan os alimentos permitidos contém até 66 alimentos que você poderá ingerir, todos ricos em proteína.

Lembre-se que na hora de preparar a sua carne você não deve fazer grelhadas ou assadas que vão óleo, somente azeite de oliva.

Este é o divisor de águas inicial e onde você vai sentir mais falta das coisas que costumava comer, porém, é preciso ter foco e força para prosseguir para conseguir o emagrecimento rápido em pelo menos uma semana.

Alimentos permitidos

  • Carnes Magras: é permitido qualquer tipo de carne magra de maneira grelhada, cozida ou assada, elas não devem ser consumidas com o uso de gorduras, óleos, azeites, creme de leite, manteigas. O aconselhável é que você coma aquela carne que gosta, porém na hora do preparo, dispense os complementos gordurosos. A mais indicada é o frango grelhado, que ajuda em uma alimentação saudável para quem precisa perder peso e gordura corporal.
  • Peixes: esse alimento está liberado em todas as formas e tipos encontrados. Ele pode ser consumido de forma fresca, congelado, em conserva – mas não conservados em óleo, defumado ou seco. Porém, é preciso que seja seguido a mesma regra das carnes, na hora da preparação é preciso que não exista a adição de gordura, ele pode ser feito de maneira cozida, assado e grelhado.
  • Frutos do Mar: todos os tipos estão liberados sem a adição de gordura.
  • Aves: a maioria das aves estão liberadas, as únicas que não são permitidas são a carne de pato e de ganso. As carnes brancas devem ser consumidas sem pele e gordura, seu preparo não deve ser feito de maneira frita ou que envolva itens gordurosos.
  • Presuntos: todos que são feitos a base de peito de peru ou de frango estão liberados, desde que não contenham a capa de gordura.
  • Ovos: estão liberados na primeira fase, porém, priorize a clara. Coma o ovo inteiro no máximo 4 vezes por semana. Eles podem ser feitos na forma de omeletes, mexidos e cozidos.
  • Proteínas Vegetais: o tofu e a carne vegetal estão liberadas, a única restrição é a forma de preparo que não pode ser gordurosa.
  • Laticínios Magros: itens como iogurte, queijo branco, queijo minas, cottage e requeijão estão liberados, desde que tenham 0% de gordura. Aconselha-se a não consumir iogurtes com sabores de frutas, caso não haja opção, são permitidos somente 2 por semana, o mais indicado é o iogurte desnatado. Leite em pó desnatado pode servir no preparo de receitas de pães e massas.
  • Bebidas: a ingestão de muita água, água com gás, refrigerante zero, chás, cafés, águas aromatizadas, café e sucos em pó com fórmula zero açúcar, tem carta verde na dieta. Lembre-se que o mais indicado é o consumo da maior quantidade de litros de água não somente durante a fase da dieta, mas sim para toda a vida.
  • Adoçantes: o açúcar de qualquer maneira está devidamente proibido, mesmo que seja o light ou feito de frutas. Substitua ele por adoçantes com fórmula aspartame ou stevia, adoçante de forno ou fogão estão permitidos também.
  • Temperos e Especiarias: itens usados no nosso dia a dia que precisam de uma atenção especial:
  • Sal: deve ser usado moderadamente, apenas em casos em que seu uso é inevitável, existem alguns sais no mercado com menos sódio, iodo e até na forma light.
  • Óleo: ele deve ser usado apenas em casos extremos e não deve ser levado ao fogo. Caso precise, use o óleo mineral, que pode ser usado para complementar saladas, com apenas 1 colher.
  • Vinagres: estão liberados, procure usar os de gosto forte, conhecidos como balsâmico ou xerez, eles costumam dar mais sabor aos alimentos na hora de consumi-los.
  • Limão: seu consumo em forma de tempero está liberado, porém na forma de suco, mesmo que sem açúcar, não deve ser consumida.
  • Mostarda: deve ser consumida moderadamente.
  • Cebola e Picles: seu uso está permitido apenas como forma de tempero ou condimento, sem abuso.
  • Ervas e especiarias: itens como manjericão, canela, açafrão, cebolinha e orégano, estão permitidos, assim como aromas artificiais e essências que não contenham óleos ou açúcares estão permitidos também. Alguns itens que podem ser usado apenas na hora de temperar a salada ou as carnes como: cebola, creme de leite light, gergelim, limão, shoyu light e extrato de tomate, não devem ser consumidos em excesso.

Cardápio

Café da manhã
Refeição super importante e que você não pode abrir mão! Veja 3 opções para você variar os sabores do seu café da manhã da Dieta Dukan

Cardápio 1: 1 pote de iogurte natural 0% de gordura + 1 xíc. de chá verde com canela e gengibre
Cardápio 2: 2 fatias de queijo branco 0% gordura + omelete (1 gema e 2 claras) + 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado (adoçante, opcional)
Cardápio 3: 3 fatias de presunto magro + 1 taça de gelatina diet + 1 xíc. (chá) de leite desnatado batido com 1 col. (sopa) de farelo de aveia

Atenção! Café sem açúcar sempre e isso também vale para sucos e outras bebidas que acompanham todas as outras refeições por todo o regime.

Lanche da manhã
Evite longos intervalos sem comer, assim, você nunca terá uma “fome de leão”

Cardápio 1: 2 fatias de queijo branco 0% gordura
Cardápio 2: 3 fatias de peito de peru light (ou blanquet de peru)
Cardápio 3: 2 enroladinhos (2 fatias de presunto magro enroladas com 2 col./chá de queijo cottage 0% de gordura)

Almoço 

Cardápio 1: Suflê de frango (bata 1 ovo e misture 1/3 de copo/150 ml de leite desnatado, 1 peito de frango cozido e desfiado, salsa, cebolinha, sal e pimenta. Asse em um pirex fundo) + 3 fatias de queijo branco 0% gordura

Cardápio 2: 1 filé (150 g) de carne (picanha sem gordura ou contrafilé) grelhado (tempere com salsinha, pimenta-do-reino e pouco sal) + omelete (1 gema e 2 claras)

Cardápio 3: 2 postas (240 g) de peixe (namorado, badejo) assado com ervas (alecrim, salsinha) + 2 col. (sopa) de lula cozida e temperada com vinagrete (molho de vinagre e sal)

Lanche da tarde 

Cardápio 1: 1 fatia média de queijo branco 0% gordura + 2 fatias de presunto magro + 1 xíc. (café) de café preto (use adoçante)
Cardápio 2: 2 col. (sopa) de pasta de queijo cottage 0% gordura (amasse o cottage com orégano e pimenta-do-reino) + 2 fatias de peito de peru light (ou presunto magro) + 1 xíc. de chá mate batido com leite desnatado
Cardápio 3: 1 pote de iogurte natural 0% gordura (ou iogurte light de fruta) + 1 taça de gelatina diet

Jantar 

Cardápio 1: 3 espetinhos de peru em cubos grelhados com molho de iogurte (iogurte natural 0% gordura temperado com cebola e alho picados e hortelã) + 6 cubos médios de tofu (ou ricota) temperados e grelhados
Cardápio 2: 1 medalhão de alcatra (150 g) temperado com ervas e grelhado + 2 fatias de queijo branco 0% gordura
Cardápio 3: 3 postas médias de peixe (badejo, namorado) temperadas com açafrão, assadas ou grelhadas + 4 kanis kama

Ceia 

Cardápio 1: 2 ovos de codorna cozidos (ou 1 ovo)
Cardápio 2: 1 copo (250 ml) de leite desnatado batido com 1 col. (sopa) de farelo de aveia
Cardápio 3: 1 queijinho fundido (tipo Polenguinho Light)

2. Fase Cruzeiro

Duração: A segunda fase possui um emagrecimento mais lento em comparação com a anterior. Aqui é possível perder até 1kg por semana. A duração dessa fase é proporcional a quantidade de peso que você deseja perder.

Como funciona: Nessa segunda fase Cruzeiro da dieta, são acrescentados alguns alimentos, no total 34 legumes e verduras. Nessa parte, a perda de peso fica menor e mais lenta, porém você irá perder em média 1 quilo por semana, ou seja, em um mês você vai perder o total de 4 quilos.

Nesse momento da dieta, você já estará acostumado a comer itens mais saudáveis, então, serão adicionados alguns outros alimentos que te ajudarão na reeducação alimentar. Veja quais são os alimentos permitidos adicionados e que você pode variar mais ainda e comer à vontade:

  • Tomate;
  • Pepino;
  • Rabanete;
  • Espinafre;
  • Espargos;
  • Alho-poró;
  • Feijões verdes;
  • Couve;
  • Cogumelos;
  • Aipo;
  • Erva-Doce;
  • Berinjela;
  • Abobrinha;
  • Pimentas.

Essa fase deve ser feita durante 7 dias, porém, consulte seu nutricionista. Nesta fase você também vai continuar emagrecendo com saúde, porém com o acréscimo de outros alimentos necessários para se ter uma alimentação balanceada.

Cardápios

Café da manhã

Cardápio 1: Ovo mexido (1 gema e 2 claras) com ricota, presunto magro e tomate + 1 copo (250 ml) de suco de cenoura batida com salsão, água e 2 col. (sopa) de farelo de aveia (adoçante, opcional)
Cardápio 2: 1 pote de iogurte light de fruta + 1 ovo cozido + 1 xíc. (chá) de café preto sem açúcar (ou chá de erva-cidreira e hortelã)
Cardápio 3: 1 potinho de leite fermentado zero (tipo Actimel) + 2 fatias de peito de peru light e 1 fatia de queijo branco 0% de gordura + 1 xíc. (chá) de leite desnatado com 1 col. (chá) de cacau em pó sem açúcar

Lanche da manhã

Cardápio 1: 5 minicenouras
Cardápio 2: 2 fatias de rosbife
Cardápio 3: 4 tomates-cereja + 2 fatias médias de queijo branco 0% gordura

Almoço

Cardápio 1: 1 prato (raso) de salada de rúcula e tomate (tempere com sal e vinagre) + 3 col. (sopa) de carne moída cozida com vagem e cenoura em cubos
Cardápio 2: 1 prato (raso) de salada de alface e cogumelo (tempere com sal e vinagre) + 2 sardinhas frescas assadas com alecrim + 3 col. (sopa) de espinafre refogado com alho
Cardápio 3: 1 prato (raso) de salada de agrião e abobrinha ralada (tempere com sal e vinagre) + 3 espetinhos de frango, pimentão e cebola grelhados + 3 col. (sopa) de couve-flor e vagem cozidos no vapor

Lanche da tarde

Cardápio 1: 1 queijinho fundido (tipo Polenguinho Light) + 1 pote de iogurte natural 0% de gordura + 3 palitos de salsão
Cardápio 2: 1 copo (300 ml) de suco desintoxicante (chá branco gelado batido com couve, cenoura, beterraba e gengibre) + 1/2 lata de atum light com 2 col. (sopa) de queijo cottage 0% de gordura
Cardápio 3: 3 fatias médias de tofu (ou ricota) grelhadas com salsinha + 4 kanis kama

Jantar

Cardápio 1: 1 prato (raso) de broto de feijão com vinagrete (sem óleo) + 2 fatias de peito de peru assado com hortelã + 3 col. (sopa) de berinjela refogada com cebola
Cardápio 2: 1 prato (raso) de salada de escarola, pepino e talos de erva-doce (tempere com sal e vinagre) + 1 prato de shirataki de konhaku (macarrão japonês) com molho à bolonhesa
Cardápio 3: 1 prato (raso) de salada de chuchu cozido e palmito (tempere com sal e vinagre) + 1 filé de pescada assada com alecrim

Ceia

Cardápio 1: 1 taça de gelatina diet
Cardápio 2: 1 pote iogurte natural 0% de gordura (ou iogurte light de fruta) com 2 col. (sopa) de farelo de aveia
Cardápio 3: 2 fatias de presunto de frango (ou presunto magro)

3. Fase de Consolidação

Dieta Dukan Como funcionaDuração: A terceira fase é a da “Consolidação”. A duração dela deve ser de 10 dias para cada quilo perdido. É aqui que você deverá manter o peso conquistado durante as fases anteriores.

É medido o tempo de duração para perder um quilo, um total de 10 dias, ou seja, se você quer perder 5 quilos, é preciso que fique 50 dias seguindo a dieta a risca, nesta fase a perda de peso é mais lenta, porém mais seletiva.

Como funciona: Aqui temos a introdução de carboidratos e lipídeos de maneira moderada. Duas frutas ao dia, duas fatias de pão integral ao dia, 40g de queijo ao dia, duas porções de feculentos por semana e duas refeições de gala por semana (que consiste em comer o que desejar, mas sem repetir o prato: uma entrada, prato principal, sobremesa e uma taça de vinho).

Nesse momento, itens como pães integrais, frutas, queijos, carboidratos e uma refeição completa, são permitidos, o que pode se considerar um avanço do que comer na dieta, além de alimentos permitidos na fase de consolidação.

Essa fase existe para que seu organismo se adapte a nova maneira de consumir alimentos, pois caso contrário, todo seu resultado será perdido, engordando tudo de novo e causando o temido efeito sanfona, é recomendado que esses alimentos sejam consumidos com sabedoria e dentro da quantidade permitida diariamente.

Cardápio

Café da manhã

Cardápio 1: 1 copo de leite desnatado com café (adoçante opcional) + 1 fatia de pão integral com 1 colher (sopa) de requeijão cremoso 0% de gordura + 1 maçã
Cardápio 2: 1 copo de mingau (leite desnatado com 2,5 colheres de sopa de farelo de aveia) + 3 enroladinhos de frios (3 fatias de peito de peru com 2 colheres de sopa de ricota light temperada com orégano)
Cardápio 3: 1 copo de leite desnatado com 1 colher (chá) de cacau em pó sem açúcar + 1 pote de iogurte natural 0% de gordura + 3 fatias de presunto magro

Lanchinho da manhã

Cardápio 1: 1 xícara (café) de café preto (adoçante opcional)
Cardápio 2: 1 colher (sopa) de goji berries
Cardápio 3: 3 ovos de codorna

Almoço

Cardápio 1: 1 prato (raso) de salada de camarão com kani + 2 Tomates recheados com atum e cobertos com parmesão light + 3 colheres (sopa) de abobrinha refogada
Cardápio 2: 1 prato (raso) de salada de endívia e beterraba + 2 fatias médias de lombo de porco assado com limão + 3 colheres (sopa) de couve refogada com alho
Cardápio 3: 1 prato (raso) de de salada de acelga com tomate + 3 pedaços médios de peito de frango com leite de coco light e tofu + 2 colheres (sopa) de couve-flor no vapor

Lanchinho da tarde

Cardápio 1: 4 palitos de kani
Cardápio 2: 1 fatia de pão integral com 1 colher (sopa) de pasta de cottage 0% de gordura
Cardápio 3: 1 xícara (chá) de chá mate gelado com limão

Jantar

Cardápio 1: 1 prato (raso) de salada de alface, couve de bruxelas e palmito + 1 pedaço médio de lasanha de beringela com tofu + 150g de batata cozida com casca
Cardápio 2: 1 prato (raso) de salada de rúcula com aspargos + 200g de arroz integral à grega
+ 1 filé de frango com mostarda
Cardápio 3: 200g de salada de grão de bico com vinagrete + 1 prato (raso) de shirataki de konhaku (macarrão milagroso) com 1 colher de chá de shoyu + 1 filé de merluza assado

Ceia

Cardápio 1: 1 copo de suco de abacaxi com hortelã + 1 xícara de chá de gengibre e canela + 1 unidade de queijinho fundido light
Cardápio 2: 3 fatias de presunto de frango + 1 copo de mingau (leite desnatado com 1 colher de sopa de amido de milho) + 2 ovos de codorna
Cardápio 3: 1 pote de iogurte de frutas 0% de gordura + 2 fatias médias de queijo frescal 0% de gordura + 1
unidade de actimel (leite fermentado) zero

Dieta Dukan Como funciona

4. Fase de Estabilização

Duração: Aqui a alimentação é livre e é preciso seguir apenas três regras: um dia fixo só de proteína, três colheres de sopa de aveia todos os dias e 30 minutos de caminhada por dia – durante a dieta (e após ela) os exercícios físicos diários são fundamentais para o sucesso e para sua qualidade de vida. Essa fase deve ser levada como um novo estilo de vida, para sempre.

Como funciona: Nessa fase, seu corpo já estará acostumado com uma alimentação mais balanceada, não sendo restringida a nenhum alimento, pois entende-se que seu corpo já estará adaptado para uma ingestão de alimentos mais saudáveis e equilibrados, ou seja, você já pode começar a comer à vontade a maioria das comidas, tudo isso tomando o mínimo de 2 litros de água diariamente.

Existem algumas regras que devem ser seguidas com regularidade, caso contrário, de nada terá servido todas as fases anteriores:

  • O hábito de fazer exercícios diariamente, no mínimo 20 minutos.
  • Quinta-Feira Proteica, onde apenas proteínas serão ingeridas.
  • 3 colheres de farelo de farinha durante o dia, principalmente antes das refeições.

 

Cardápios

Na última fase, que agora é a definitiva, o cardápio fica por sua conta. Isso mesmo! Agora você está liberada para comer, porém, com muita cautela e lembrando que você está entrando numa nova fase de hábitos saudáveis de alimentação. A recomendação dada para que a Dieta Dukan continue acompanhando sua vida é que você siga, pelo menos uma vez por semana, o cardápio da Fase 1 (“Ataque”).

Até aqui você terá consolidado o seu processo de reeducação alimentar. A ideia é que os homens hábitos permaneçam para evitar o efeito sanfona volte e estrague seus resultados. Lembre-se que as primeiras semanas são as mais difíceis, já que a alteração é maior.

Lá, no entanto, você terá grandes resultados – o que deverá te motivar para continuar o processo de emagrecimento até o final. No seu dia a dia não tem problema cometer alguns pequenos deslizes, desde que façam parte da sua rotina.

O segredo é sempre apostar nos alimentos magros e, depois de concluir o processo, não ver mais alimentos proibidos – mas que não te fazem bem. Aos poucos o seu novo cardápio irá parecer como uma alimentação normal, habituado a esta nova técnica  muito mais saudável e estimulante.

História da Dieta Dukan

Desenvolvida pelo nutricionista francês Pierre Dukan, ou como é conhecido comumente como Dr. Dukan, a dieta foi criada por meio de muitos estudos e por meio do desenvolvimento de diversos livros sobre alimentação e receitas para perda de peso drástica, ou seja, se você quer fazer a dieta vai precisar se empenhar. Existem legumes permitidos na dieta e outros alimentos. Ela leva à reeducação alimentar e é preciso de disciplina. A nova dieta Dukan já existe há algum tempo e recebe vários outros nomes.

O médico franco-argelino Pierre Dukan identificou cem alimentos que contêm nutrientes para nossos corpos que possuem ótimos benefícios para quem deseja emagrecer e que são ricos em proteínas, com níveis baixos de carboidratos e gorduras.

doutor dukan

Seus trabalhos e pesquisas em nutrição levaram vinte anos para se consolidarem em um primeiro livro, que ele lançou em 2004.

De 35 anos de atuação no ramo médico, 20 deles foram usado para desenvolver a Dieta Dukan, que hoje é um sucesso por entre aqueles que querem emagrecer, porém não sabem por onde começar.

Rapidamente, a dieta instituída por Dukan se tornou a favorita das mulheres francesas, e em pouco tempo, a técnica já havia se espalhado para outros países e sido adotada por mulheres famosas e influentes como a duquesa Kate Middleton e a cantora Beyoncé.

O sucesso da dieta está na sua prerrogativa muito atrativa: Segundo Pierre Dukan, você não consegue perder peso se estiver com fome. A dieta dukan, então, permite que você coma o quanto quiser da lista indicada de alimentos propostos, durante as quatro fases.

Benefícios da dieta

3 ótimos benefícios que você conseguirá ao longo da Dieta Dukan e que vão acompanhar sua vida de agora em diante.

  • Viver de bem com o seu corpo
  • Longe dos quilinhos extras
  • Te cria um processo de reeducação alimentar
  • Qualidade de vida

A Dieta Dukan está aí para ajudar na conquista dos seus objetivos com o seu corpo, além de proporcionar uma nova realidade em sua vida. Comece agora mesmo a Dieta Dukan e dê um passo decisivo para a mudança tão desejada!

Malefícios

A Dieta Dukan pode acompanhar diversos efeitos colaterais, entre eles:

  • Falta de energia
  • Aumento do risco cardíaco
  • Aumento do nível de colesterol
  • Sobrecarga renal
  • Desconforto gástrico
  • Desestabilização emocional

Para quem quer arriscar, o processo vale a pena – principalmente se superar a barreira e conseguir minimizar bastante a quantidade de carboidratos (veja lista de alimentos que contém).

O segredo é conseguir tornar um hábito e fazer com que não seja somente para um processo de emagrecimento, mas sim sua vida toda adaptada a um novo cardápio de reeducação alimentar. Eai, acha que vale a pena?

 


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

1 Estrela2  Estrelas3  Estrelas4  Estrelas5  Estrelas (Ainda sem avaliações)
Loading...

Quem Leu Este Artigo também costuma ler:

Deixe um Comentário