Dicas de alimentação na gravidez – O que comer em cada trimestre?

Descubra aqui quais são os alimentos ideias para incluir no cardápio em cada etapa da gestação e entenda o porquê de comer certas comidas indicadas com frequência pelo obstetra. Com essas dicas vai ficar muito mais fácil montar o cardápio sem medo.

A alimentação saudável é essencial durante toda a vida, sendo ainda mais importante em algumas fases como na gravidez, visto que o bebê precisará de diversos nutrientes oriundos da alimentação materna para se desenvolver.

Quanto mais saudável for a alimentação na gravidez, com a ingestão de vitaminas, proteínas e ferro, melhor será o crescimento do bebê e mais tranquila será a gravidez, evitando problemas comuns, como a diabetes gestacional ou a hipertensão.

De quanto em quanto tempo se deve comer?

O recomendado é se alimentar a cada 3-4 horas em quantidades pequenas, para garantir que todos os nutrientes sejam ingeridos. Recomenda-se fazer 3 refeições principais e 2 ou 3 lanches intermediários, visando sempre uma alimentação mais natural e equilibrada.

Na verdade, manter o estômago sempre saciado é um truque para auxiliar na diminuição dos enjoos, da azia e da má-digestão tão comuns no início da gestação. Já divulgamos aqui como montar um cardápio na gravidez.

Primeiro trimestre da gravidez

Mudanças importantes acontecem nessa fase: o fluxo de sangue e os batimentos cardíacos aumentam e o tubo neural do bebê é formado. As estrelas desse trimestre são o ácido fólico e o ferro:

  • O ácido fólico presente em folhas escuras, como espinafre, couve e brócolis, leguminosas e castanhas, ajuda na formação do tubo neural do bebê. É aconselhável que os alimentos sejam cozidos à vapor, para que a concentração de ácido fólico não seja perdida;
  • o ferro evita o surgimento de anemia e previne as dores de cabeça na gravidez, ele pode ser encontrado também em folhas escuras, leguminosas e carnes vermelhas.

alimentação na gravidez

Segundo trimestre da gravidez

No Segundo trimestre, o mal-estar começa a amenizar e o apetite volta ao normal, surgindo novas necessidades: cálcio, fibras e proteínas:

  • O cálcio é importante para a formação óssea e pode ser encontrado em leites e derivados, ovos e cereais;
  • As fibras irão evitar que o intestino fique preso, o que é bastante comum na gestação. Estão presentes em pães e arroz integrais, cereais, verduras e frutas;
  • As proteínas são obtidas ingerindo carnes, ovos, leite e seus derivados.

alimentação na gravidez dicas

Terceiro trimestre da gravidez

No terceiro trimestre, o desconforto pode retornar em razão do peso da barriga. O ferro continua sendo essencial, mas podem ser incluídos nas refeições alimentos ricos em vitamina C e carboidratos:

  • A vitamina C pode ser encontrada em tomate, kiwi, laranja, morango, melão e couve-flor. Ela ajuda a potencializar a absorção do ferro;
  • Os carboidratos são encontrados em macarrão, arroz, pães e frutas. São boas fontes de energia para o parto que se aproxima. Os integrais são melhores opções por conterem mais fibras e nutrientes.

Quais os alimentos liberados?

  • Carnes, peixes e ovos (bem passados), por serem uma boa fonte de proteína;
  • Batatas, cenouras, feijão e folhas escuras contêm sais minerais, incluindo o ferro;
  • Cereais, arroz e pães, de preferência integrais, são uma boa fonte de fibras e carboidratos;
  • Frutas garantem a ingestão de vitaminas variadas, incluindo a vitamina C;
  • Castanhas e peixes são ricos em Ômega 3;
  • Leites e seus derivados são uma ótima fonte de cálcio.

alimentos proibidos na gravidez

E os alimentos proibidos?

A alimentação na gravidez deve ser restrita quanto à alguns alimentos:

  • Carnes vermelhas, aves, peixes e frutos do mar devem ser muito bem cozidos antes de serem ingeridos. Carnes malpassadas ou cruas, como o sushi, devem ser evitadas em razão do risco de se contrair toxoplasmose, doença que provoca má-formação no feto;
  • Peixes que contenham níveis elevados de mercúrio, como atum, cação, tubarão e peixe-espada, devem ser evitados;
  • Queijos brancos e frescos feitos com leite não pasteurizado e queijos com fungo, como gorgonzola, não devem ser ingeridos, já que podem conter a bactéria listeriose;
  • Alimentos e suplementos vitamínicos que contenham a vitamina A em sua forma retinoica, como bife de fígado e miúdos. Essa vitamina é tóxica ao feto, se ingerida em grandes quantidades;
  • Evite bebidas e alimentos cafeinados, como café, refrigerantes a base de coca e chocolate, por aumentarem o risco de aborto e provocarem baixo peso no bebê;
  • Não consumir bebidas alcoólicas, já que o álcool leva à má-formação do feto.

É possível fazer regime estando grávida?

O regime não é recomendado para gestantes. Dietas muito restritivas prejudicam o desenvolvimento da placenta, o fluxo sanguíneo e a troca de nutrientes entre mamãe e bebê.

Em determinadas situações, haverá a necessidade de um acompanhamento nutricional, com algumas restrições alimentares. São os casos de diabete gestacional e hipertensão, por exemplo.

Posso usar suplementos?

É realmente difícil manter a ingestão de todos os nutrientes necessários para manter uma alimentação saudável na gravidez. Então é comum que sejam receitados suplementos vitamínicos.

Antes mesmo antes da gravidez, a mulher costuma iniciar a ingestão do ácido fólico, essencial para o desenvolvimento do tubo neural do feto.

Mas, atenção! É importante que o suplemento seja indicado pelo seu médico. Como vimos, a ingestão de vitamina A em excesso é tóxica ao bebê. Então, não são todos os suplementos que podem ser ingeridos nessa fase.

 

A gravidez sem dúvida é uma das fases mais importante da vida de uma mulher. Por isso, é importante que ela se sinta bem para aproveitar essa fase tão maravilhosa e que tenha saúde para que seu bebê se desenvolva da melhor forma possível.


Este texto foi revisado pelo Profissional: Thais Karpowiski (conheça mais sobre ele(a) clicando no link)

Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário