Desnutrição – Como Prevenir, Sintomas e Principais causas

A desnutrição ainda é um problema mundial muito grave. Ela ocorre principalmente em crianças e idosos, significando uma carência de nutrientes que são considerados vitais para a saúde de uma pessoa. Conheça os sintomas, causas, prevenção e tratamento indicado para fortalecer o organismo nutricionalmente.

A desnutrição ainda é um problema mundial muito grave. Ela ocorre principalmente em crianças e idosos, significando uma carência de nutrientes que são considerados vitais para a saúde de uma pessoa.

Embora não seja listada como a principal causa de mortalidade no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde),ela contribui com mais de um terço das mortes. Infelizmente, a falta de alimentação adequada é um grande problema mundial, o que faz com que a desnutrição ainda seja uma grande causadora de mortes.

Embora possa confundir, a desnutrição não está obrigatoriamente relacionada com a falta de peso. Muitas vezes, pessoas obesas podem ser consideradas desnutridas, pois essa condição de saúde deve-se à falta de determinados nutrientes fundamentais ao organismo. Entre estes principais nutrientes, estão:

Causas da desnutrição

A desnutrição é causada pela falta de nutrientes, isso ocorre quando a pessoa possui uma dieta inadequada ou algum outro problema que afete a absorção de nutrientes.Entre as os problemas dessa absorção, pode-se citar:

  • Transtornos alimentares, como a anorexia;
  • Doença de Crohn ou colite ulcerativa, doenças estas que afetam a absorção de nutrientes;
  • Problemas de saúde mental, como a depressão ou a esquizofrenia;
  • Condições que causam a falta de apetite, por exemplo o câncer e as doenças hepáticas.

A doença apresenta-se com mais frequência em crianças provenientes de famílias de baixa renda e/ou que vivem em locais com condições sanitárias precárias.

Grávidas, também, podem apresentar casos de desnutrição, sendo muito prejudiciais para os bebes, podendo causar problemas de crescimento para a criança.

desnutrição causas

Os 13 sintomas da desnutrição

Tanto para adultos como para crianças, o principal sintoma da desnutrição é a perda de peso não planejada e sem uma aparente explicação. Outros sintomas podem manifestar-se, entre eles:

  1. Fraqueza;
  2. Irritabilidade;
  3. Falta de concentração;
  4. Desmaios;
  5. Emagrecimento acelerado;
  6. Pele grossa;
  7. Perda de massa muscular;
  8. Cicatrização lenta;
  9. Recuperação lentade infecções;
  10. Diarreia persistente;
  11. Dificuldade em aquecer-se;
  12. Letargia;
  13. Inchaços;

Além destes sintomas, no caso das crianças, outros poderão apresentar-se, como crescimento abaixo do esperado para a idade, mudanças no comportamento e alterações na cor da pele, cabelo e olhos.

Diagnóstico da desnutrição

sintomas da desnutriçãoA doença pode ser diagnosticada por meio da medição do IMC (índice de massa corporal), uma vez que um resultado baixo pode indicar desnutrição ou ainda, em casos mais extremos, uma desnutrição grave.

A desnutrição pode ser identificada, também,por meio do exame de sangue, no qual poderão ser identificados os nutrientes que estão faltando no corpo. Esse é um diagnóstico importante em casos graves, para que os nutrientes faltantes sejam repostos em uma quantidade correta.

No caso de crianças, o diagnóstico pode ser feito pela medição da altura e do peso e, embora a genética influencie, um crescimento desacelerado pode indicar desnutrição. A medição do braço da criança para medir o bíceps em repouso pode ser uma metodologia utilizada também.

Tipos de desnutrição

São dois os tipos de desnutrição que podem vir a surgir.  A desnutrição pode ser primária, quando a pessoa não tem acesso a uma alimentação adequada; ou secundária, quando alguma outra condição médica afeta a absorção dos nutrientes.

Na primaria, é a condição externa que causa a desnutrição, sendo um agente ativo. Já na secundária, a desnutrição é uma causa agravante de um outro problema já existente.

Tratamentos para a desnutrição

Para tratar a desnutrição é necessária uma dieta balanceada, para a reposição de nutrientes. Um acompanhamento com um profissional nutricionista é fundamental, pois ele indicará a dieta de acordo com as necessidades do paciente.

Os países mais afetados pela desnutrição não possuem condições para oferecer o tratamento necessário, o que faz com que a doença permaneça como uma grande, causadora de mortes em todo o mundo. Em alguns casos de desnutrição secundária, pode não haver uma cura para a desnutrição.

Em casos mais extremos, é indicado o tratamento hospitalar, no qual a pessoa será alimentada por meio de tubos ou ainda diretamente pelas veias.

A educação alimentar é muito importante para prevenir a doença. Nos casos de pessoas obesas desnutridas, por exemplo, essa necessidade de educação está fortemente atrelada.


Ajude a melhorar ainda mais o site, avalie:

Sua avaliação servirá para que tenhamos uma noção da qualidade dos nossos conteúdos. Além de marcar a quantidade de estrelas que esse conteúdo merece, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe um Comentário